Sobre
Sobre
Como funciona
Como funciona o Quero Bolsa?
Ligue grátis
0800
0800 941 3000
Seg - Sex 8h-22h
Sábado 9h-13h
Aceitamos ligação de celular
banner image banner image
Profissões

Como é ser um médico plantonista?

por Patrícia Carvalho em 18/10/19 270 visualizações

medico

Você sabia que hoje (18) é comemorado o Dia do Médico no Brasil? A data possui origem religiosa, pois foi escolhida em homenagem ao Dia de São Lucas, santo considerado padroeiro da Medicina.

Os profissionais responsáveis por prevenir e tratar de doenças, após a conclusão do curso, podem seguir diversas áreas. Dentre elas, o plantão.

Veja também: Você sabe quais são as especialidades da Medicina?

O médico plantonista realiza atendimentos emergenciais e prescreve medicamentos em hospitais em turnos que podem durar até 12 horas. Mas, afinal, como é ser um plantonista?

De acordo com a médica formada pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e residente no Hospital Santa Marcelina de São Paulo, Erika Plascak, 31, existem basicamente três tipos de plantão no hospital: Pronto Socorro, UTI e enfermaria. O PS e UTI possuem turnos de 12h.  Já o de enfermaria possui uma carga horária menor e geralmente é disponibilizado em hospitais que não têm residentes.

A UTI é um ambiente mais controlado apesar de serem pacientes mais graves, então não é aquela caixinha de surpresas do PS que você nunca sabe quantos pacientes vai atender. No PS a gente tem no geral três ambientes: a sala de emergência, para onde vão os pacientes que precisam de atendimento imediato, a "porta", onde são atendidas as outras pessoas que chegam no hospital, e a observação, que são pessoas que já estão internadas mas aguardam uma vaga de enfermaria ou de UTI.  No geral cada um desses setores do PS têm seus plantonistas específicos.  A enfermaria são os quartos, quando a pessoa está internada e estável o suficiente pra não ficar em uma UTI, explica.

Segundo a médica, os plantões são uma oportunidade de aprendizado, pois o volume de pessoas atendidas possibilita um ganho de experiência maior. Além disso, é uma alternativa para obter renda extra, motivo pelo qual Erika decidiu exercer a função de plantonista. 

"Logo que eu me formei trabalhava em uma Unidade Básica de Saúde (UBS) e como o salário era bom não precisava ficar fazendo plantão, mas, agora, durante a residência, o cenário é outro. E tenho alguns colegas ainda que ajudam suas famílias financeiramente, aí são mais plantões que têm que ser dados", desabafa.

Veja também: Residência médica X especialização: qual é a diferença?

A profissão também possui seus desafios como, por exemplo, "quando aparecem casos muito específicos de uma determinada especialidade, que há retaguarda estando em um hospital universitário como eu estou, mas não é uma realidade por aí", conta a médica.

Como conciliar plantão e vida pessoal?

Para Erika, que faz residência e plantão no Pronto Socorro e em ambulância nas horas em que deveria descansar da residência, é um desafio. "A vida pessoal fica espremidinha aí para quando dá tempo", brinca.

E para quem pensa que a vida de médico é só glamour, Erika destaca o desafio de permanecer por tantas horas acordada. "Pode parecer besteira mas dormir faz muita diferença", conta. 

Além disso, a organização também é uma saída para manter a vida pessoal e a profissional em ordem. Uma alternativa é preparar listas com tudo o que precisa ser feito - até mesmo coisas simples - em uma escala de prioridade.

Como conseguir um emprego como plantonista?

Para se tornar um plantonista é preciso ser formado no curso de Medicina, que possui duração média de seis anos. Após a formação, o médico deve tirar o CRM para exercer a profissão. A partir de então ele está apto para atuar como clínico, ou seguir para residência e especialização durante mais dois anos.

Veja também: Tecnologia na Medicina: o que muda no ensino e na prática

De acordo com a médica e residente, a grande maioria das contratações de plantonistas são feitas de maneira informal com médicos que sejam Pessoa Jurídica, e as documentações são enviadas por e-mail. No entanto, alguns hospitais contratam médicos CLT por meio de concursos. 

Veja também: Áreas da Medicina em alta: quais são as grandes oportunidades

Gostou do conteúdo? Deixe sua opinião nos comentários. ;)

Tags relacionadas:

banner image banner image

O que você achou deste artigo?

ALERTA DE VAGAS i-close
Você pretende trabalhar e estudar ao mesmo tempo?
ALERTA DE VAGAS i-close
Para se dedicar integralmente aos estudos é sempre bom economizar.Money c94fde8014ac9b0d5ad05d244e1821fb246018cdc3570b09f72c25fde99f7b1a

Gostaria de ser avisado sempre que uma vaga estiver disponível aqui no site Quero Bolsa?

ALERTA DE VAGAS i-close
Nós podemos te ajudar Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

Aqui no Quero Bolsa você encontra as melhores vagas em diversos turnos, até mesmo ensino a distância.

Preencha os campos abaixo para receber avisos de vagas disponíveis em nosso site de acordo com seus interesses.

ALERTA DE VAGAS i-close
Deixe seus contatos Mailbox 3aaacb172f1a1e1ba19b2e93f60f637592c84194967e63e952c08d3cb04fa7a8
ALERTA DE VAGAS i-close
Falta só mais um passo! Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

As nossas melhores vagas chegam de surpresa. Por isso fique ligado.

Com a sua confirmação enviaremos ofertas exclusivas diretamente no seu Whatsapp. Rápido, fácil, prático e na tela do seu celular.

CENTRAL DE AJUDA i-close
Como podemos te ajudar?

Gostaria de saber como o Quero Bolsa funciona e se o site é confiável.

Veja as perguntas frequentes

Quero receber vagas de acordo com meus interesses diretamente em meu e-mail e WhatsApp.

Você pretende trabalhar e estudar ao mesmo tempo?
i-close

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2020 CNPJ: 10.542.212/0001-54