Concorra a Bolsas de Estudo 100%
logo
Lista de faculdades Lista de cursos Lista de profissões Revista Quero Central de ajuda

banner image banner image
Vestibular e Enem

Como são as provas específicas da Unicamp?

por Thales Valeriani em 12/01/22

As provas de conhecimentos gerais e específicos da segunda fase do vestibular 2022 da Universidade de Campinas (Unicamp) foram aplicadas no domingo (09) e na segunda-feira (10). Já as provas de habilidades específicas serão aplicadas nos dias 13, 14 e 15 de janeiro.

Encontre bolsas de estudo de até 80% para graduação

Segundo a Comvest, responsável por organizar o processo seletivo, o resultado final será divulgado dia 14 de fevereiro. Veja como são as provas de habilidades específicas da Unicamp!


Unicamp: como são as provas de habilidades específicas?

As provas seletivas de Música são realizadas antes da primeira fase do vestibular e são divididas em duas etapas, são elas: envio de arquivo audiovisual para a banca julgadora e avaliações presenciais. Já nos cursos de Arquitetura e UrbanismoArtes CênicasArtes Visuais e Dança, cada graduação possui prova própria de habilidades específicas. 

Quais cursos exigem prova de habilidades específicas?

Na Unicamp, os cursos que exigem provas específicas para os ingressantes, são:

  • Arquitetura e Urbanismo — FEC/Campinas;
  • Artes Cênicas — IA/Campinas;
  • Artes Visuais — IA/Campinas;
  • Dança — IA/Campinas;
  • Cursos de Música — IA/Campinas.

Como são as provas de habilidades específicas da Unicamp?

As provas de habilidades específicas variam de acordo com o curso. Isso porque, como o nome sugere, são avaliadas habilidades que serão necessárias ao longo do curso.

Prova específica de Arquitetura e Urbanismo 

Segundo o edital, três itens são avaliados nessa etapa:

  • Domínio espacial e abstrato;

  • Observação da paisagem e seus elementos, por meio da análise, da crítica e da síntese;

  • Linguagem não-verbal: desenho e expressão gráfica.

A prova é dividida em 3 partes, que valem 16 pontos cada. Todas as etapas são aplicadas em um mesmo dia, no período da manhã e da tarde. Além disso, há uma lista de materiais que devem ser levados pelo candidatos. Caso algum material fora da lista seja exigido, a Comvest o fornecerá.

  • lápis ou lapiseira com grafites macias: B, 2B, 6B; 

  • canetas hidrográficas coloridas; 

  • caixa de lápis de cor; 

  • compasso;

  • fita adesiva;

  • borracha.

Prova específica de Artes Cênicas

De acordo com o edital, a prova específica da Artes Cênicas analisa quatro critérios a partir de três avaliações distintas. São eles:

  • como o candidato articula o que conhece sobre as Artes Cênicas (Prova Teórica);
  • como o candidato se relaciona com a expressão e o aprendizado em si (Prova de Sala de Aula);
  • como o candidato aborda e executa uma cena teatral (Prova de Palco);
  • como o candidato relaciona seus conhecimentos culturais e artísticos com a formação profissional visada (perspectiva de avaliação geral).

Assim como na prova de Arquitetura, a prova contém 3 etapas, com 16 pontos cada. Em relação aos materiais, a Comvest exige que o candidato leve um comprovante de preenchimento, fornecido pelo sistema do vestibular, além de uma foto 3×4. Além disso, é recomendado o uso de roupas que permitam a movimentação corporal.

Prova específica de Artes Visuais

A prova específica de Artes Visuais é composta por três avaliações, são elas: história da arte, expressão plástica e entrevista com apresentação de portfólio. O candidato deve levar os seguintes materiais para poder realizar a prova de admissão: 

  • lápis preto ou lapiseira/grafites HB, 2B, 4B e 6B; 

  • lápis de cor (12 cores); 

  • estilete; régua e esquadros;

  • compasso; 

  • tesoura e cola bastão.

Além disso, há a a seguinte bibliografia sugerida para a prova:


  • Aracy Amaral: Artes plásticas na Semana de 22;
  • Giulio Carlo Argan: A Arte Moderna, Do Iluminismo aos movimentos contemporâneos;
  • Lígia Canongia: O Legado dos Anos 60 e 70;
  • Herschel B Chipp: Teorias da Arte Moderna;
  • Jorge Coli: Como estudar a arte brasileira do século XIX?;
  • Fernando Cocchiarale: Quem tem medo da arte contemporânea?;
  • Donis A Dondis: Sintaxe da Linguagem Visual;
  • Glória Ferreira: Escritos de artistas. Anos 60/70;
  • Cristina Freire: Arte Conceitual;
  • Ernst Gombrich: A História da Arte;
  • Charles Harrison: Modernismo;
  • Eleanor Heartney: Pós-Modernismo;
  • Wassily Kandinsky: Ponto e Linha Sobre o Plano;
  • Mário Pedrosa: Dos murais de Portinari aos espaços de Brasília;
  • Paulo Reis: Arte de Vanguarda no Brasil;
  • Julian Bell: Uma nova história da arte.

Prova específica de Dança

A prova específica de Dança é dividida em duas etapas: técnica de dança e improvisação. Sendo que essa última é realizada sem música, calçado, adereço e maquiagem. A nota final é posta por três diferentes avaliações:

  • 18 pontos para a prova técnica

  • 18 pontos para a improvisação

  • 12 pontos globais, resultado de uma visão geral do candidato ao longo das 2 provas.

Prova específica de Música

A prova específica de Música está entre as mais complexa, já que há diferentes processos, que analisam do instrumento, em específico, até a regência e a composição de uma música.

Por isso, essa é a única prova de habilidade específica que é realizada antes da 1º fase do vestibular. No caso do processo seletivo de 2022, a prova de Música foi aplicada dos dias 15 a 24 de setembro de 2021.

Já a segunda etapa, consiste no envio de um vídeo, que aconteceu entre 22 e 28 de outubro. Na primeira etapa, o candidato deve tocar um instrumento; na segunda, ele deve fazer um vídeo de solfejo e outro com o conteúdo adequado ao curso e à modalidade selecionados.

Como é a seleção do vestibular Enem-Unicamp?

Considerado um edital a parte de vestibular tradicional, essa alternativa seleciona candidatos que estudaram integralmente o Ensino Médio em escolas da rede pública de ensino e realizarão o Enem do ano vigente para ingressar nos cursos oferecidos pela universidade.

Para isso, o candidato que tiver interesse deve realizar a inscrição no edital Enem-Unicamp, no período escolhido pela universidade, e informar duas opções de cursos para ingresso.

O candidato poderá concorrer simultaneamente no Vestibular Unicamp e pelo edital Enem-Unicamp, desde que tenha realizado o cadastro nos dois processos seletivos.

Mostrando cursos em Veja mais vagas

  • Mensalidades a partir de

    R$ 270,00
    Ver Bolsas

  • {course} {university}

    Mensalidades a partir de R$ 2400/mês

Veja mais cursos

Tags relacionadas:

banner image banner image

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2022 CNPJ: 10.542.212/0001-54