Sobre
Sobre
Como funciona
Como funciona o Quero Bolsa?
Ligue grátis
0800
0800 941 3000
Seg - Sex 8h-22h
Sábado 9h-13h
Aceitamos ligação de celular
banner image banner image
Cursos Técnicos

Existe curso técnico agrícola a distância?

*Texto escrito pela colaboradora Raíssa Albernoz

O ensino a distância (EaD) é uma modalidade que veio para simplificar o dia a dia dos estudantes. Com preços, em geral, mais baixos que os dos cursos Presenciais e a facilidade de estudar em qualquer lugar, muita gente tem optado por essa modalidade.

Diversos cursos técnicos já foram credenciados pelo Ministério da Educação (MEC) para atuarem no modelo EaD, mas será que o Técnico Agrícola é um desses? A resposta é sim! Já existe regulamentação para que o curso Técnico Agrícola a distância possa ser ministrado por instituições de ensino, o que aumenta a possibilidade de mais estudantes ingressarem na carreira.

técnico agrícola durante o trabalho

O agronegócio é um dos principais motores da economia brasileira e representa 21,4% do PIB nacional, de acordo com um levantamento realizado pela CNA (Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil).

Apesar dos cursos da área não serem os mais concorridos nas universidades e escolas técnicas do país, o mercado de trabalho tende a ser bastante receptivo para esses profissionais, com um grande número de vagas disponíveis, principalmente devido à importância do setor.

Saiba mais:
+O que é um curso técnico?
+Curso técnico EaD: tudo o que você precisa saber (e mais um pouco)

O que faz um Técnico Agrícola?

Para quem não está por dentro sobre quais são as atividades exercidas pelo Técnico Agrícola, saiba que ele é o responsável por cuidar do sucesso das safras. Em seu dia a dia, o profissional planeja, organiza, dirige e controla a produção vegetal, projeta sistemas de irrigação e drenagem, supervisiona a colheita e a pós-colheita, cuida da distribuição e da comercialização de produtos e opera máquinas agrícolas.

Mas não confunda o Técnico em Agricultura com o Técnico em Agronegócio, afinal, enquanto o primeiro cuida do planejamento e cultivo das plantações de plantas e hortaliças, o segundo foca na gestão do negócio.

Ao pensar em um profissional da área de agricultura, é comum imaginá-lo dentro de propriedades rurais, cuidando da plantação. O que muita gente não imagina é que o Técnico Agrícola tem muitas possibilidades de atuação, podendo trabalhar, além das lavouras, em empresas de consultoria, indústrias onde são produzidos e comercializados materiais necessários para a produção agrícola, órgãos de pesquisa - que podem ser públicos ou privados - e comércios do agronegócio. Em geral, suas atividades são voltadas para questões técnicas, onde ele pode aplicar seu conhecimento de modo prático, seja na manutenção de maquinários, na organização da propriedade ou no desenvolvimento da produção agrícola.

Como funciona o curso Técnico Agrícola a distância?

Não tem segredo: o grande diferencial do curso EaD e do presencial, na verdade, é a flexibilidade de estudo, já que o aluno pode adequar melhor sua rotina aos estudos. Apesar do ensino ser a distância, a base do curso é a mesma da modalidade presencial, e ele permite, inclusive, a realização de aulas práticas - elas são atreladas às disciplinas e podem contar com atividades de pesquisa e extensão em comunidades regionais. A vantagem das aulas práticas é que ali o aluno consegue executar o que aprendeu, dentro ainda de um ambiente seguro, onde tem orientação de um professor.

O formando do curso EaD, assim como o da modalidade mais tradicional, precisa solicitar o registro de Técnico em Agricultura para poder exercer a profissão. Antes emitido pelo Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA), desde o início de 2020 o documento é entregue pelo Conselho Federal dos Técnicos Agrícolas, o CFTA.

Por que fazer um curso Técnico em Agricultura a distância?

O curso Técnico em Agricultura tem duração de dois anos e é ideal para quem quer entrar logo no mercado de trabalho nessa área, principalmente quando o comparamos à graduação em Engenharia Agrícola, que leva cinco anos para que o aluno seja graduado e possa exercer a profissão. Por esse motivo, se você não tem disponibilidade para frequentar aulas de forma presencial no momento mas quer começar logo a trabalhar na área, a modalidade EaD pode ser uma ótima opção para você.

Outra vantagem de fazer um curso técnico em agricultura a distância é o valor, afinal, eles costumam ser mais baixos do que os praticados nos cursos presenciais ou mesmo no Ensino Superior.

O curso técnico também costuma atrair muitos estudantes por terem disciplinas voltadas para a prática e não só teoria, já que o Ensino Superior não costuma preparar seus alunos diretamente para a execução de tarefas. E, com um grande mercado de trabalho, os técnicos qualificados costumam ter boas oportunidades.

Como é a remuneração do Técnico em Agricultura?

Independente de o profissional ter estudado no ensino presencial ou a distância, seu salário não costuma sofrer impacto. Segundo o site Vagas, a média salarial do técnico em agricultura é de R$ 2.226,00, podendo chegar a até R$ 2.966,00. Os valores tendem a variar de acordo com o tamanho da empresa e também entre as regiões onde elas estão localizadas.

Saiba mais:
+Quanto custa um curso técnico?

Já pensou em fazer um curso técnico a distância com uma bolsa de estudos?

Assim como nos cursos presenciais, também é possível obter bolsas de estudos para a modalidade a distância. O Quero Bolsa é uma plataforma digital onde é possível encontrar cursos com bolsas de até 80%.

É a oportunidade para você se tornar um profissional de forma rápida, na área que você gosta e sem pesar no seu bolso.

E aí, que tal garantir sua bolsa de estudos em um curso técnico? Conheça os cursos disponíveis na plataforma e aproveite essa chance!

Bolsas para cursos técnicos

banner image banner image

O que você achou deste artigo?

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2021 CNPJ: 10.542.212/0001-54