Sobre
Sobre
Como funciona
Como funciona o Quero Bolsa?
Ligue grátis
0800
0800 941 3000
Seg - Sex 8h-22h
Sábado 9h-13h
Aceitamos ligação de celular
banner image banner image
Idiomas

Inglês Britânico ou Americano: Qual você deve aprender?

 * Texto escrito pela colaboradora Fernanda Silva


ATER. BUTTER. 

Escutar as pronúncias dessas duas palavras (em português, água e manteiga, respectivamente) é uma forma simples de identificar se o inglês que você está escutando ou falando é americano ou britânico. No americano, ‘water’ vai soar como “uórêr”, enquanto ‘buttter’ será “búrêr”. Já no britânico, o som será como “úotêr” e “bútêr”. Apesar de serem ambos “inglês”, a escolha entre aprender o inglês britânico ou americano nem sempre é pensada.

Saiba qual inglês escolher na hora de estudar

Em uma comparação rasa, é mais ou menos um brasileiro falando com um português de Portugal: as palavras são praticamente as mesmas, algumas gírias mudam, mas é possível um compreender ao outro.

Assim como acontece com o nosso idioma, o inglês que vem da Europa parece “mais clássico” e elegante na sua pronúncia, enquanto o vindo dos Estados Unidos é um pouco mais “descolado” e soa mais natural.

No geral,  às vezes, sem saber, o brasileiro aprende o inglês vindo da América do Norte. Isso porque, consumimos muitos filmes, músicas e conteúdos vindos dos EUA. Logo, é natural que haja uma maior familiaridade com o sotaque.

QUEM FALA UM, ENTENDE O OUTRO?

A resposta é sim, mas, provavelmente, quem aprendeu o inglês britânico vai ter mais facilidade de compreender o americano do que vice-versa. O motivo é o mesmo pelo qual um brasileiro tem mais facilidade com o sotaque dos EUA. “A maioria dos filmes são em inglês americano, então, mesmo quem fala inglês britânico assiste filmes em inglês americano”, explica Junior Oliveira, professor de inglês por 11 anos. “O Inglês britânico é mais restrito, não é todo filme que tem inglês britânico. Você tem que procurar, selecionar alguns filmes, séries, correr atrás, assistir vídeos no Youtube”, analisa.

QUAL A MAIOR DIFERENÇA ENTRE OS DOIS?

Segundo Junior, que por anos lecionou inglês em escola que ensina o sotaque americano e, hoje, mora em Londres, a maior dificuldade para se aprender o inglês britânico é o ritmo. 

“Em uma frase, o tom da sua voz pode mudar em até quatro níveis, no inglês britânico. Isso acaba se tornando mais difícil. Você parece que está cantando quando fala neste sotaque. Sua voz sobe e desce o tempo todo”, analisa.

Já no inglês americano, a maior dificuldade são as palavras que se conectam. “O americano gosta muito de ligar uma palavra na outra e isso faz com que eles nem abram muito a boca pra falar”, ressalta o professor.

Quer uma bolsa para estudar inglês?

O Quero Bolsa, em parceria com escolas de idiomas, oferece desconto nas mensalidades de cursos de inglês e outros idiomas. Para ver todas as bolsas de estudo disponíveis, basta clicar no botão abaixo.


Bolsas para idiomas

Onde estudar inglês?

Veja a seguir uma lista com algumas opções de instituições parceiras do Quero Bolsa que oferecem cursos de inglês:


banner image banner image

O que você achou deste artigo?

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2021 CNPJ: 10.542.212/0001-54