Fale com a gente

Como funciona
  1. Busque sua bolsa

    Escolha um curso e encontre a melhor opção pra você.


  2. Garanta sua bolsa

    Faça a sua adesão e siga os passos para o processo seletivo.


  3. Estude pagando menos

    Aí é só realizar a matrícula e mandar ver nos estudos.


Olá! Quer uma ajudinha para descobrir seu curso ou faculdade ideal?

Segurança da Informação

Saiba tudo sobre o curso de Segurança da Informação e comece a estudar com ajuda da Quero Bolsa

Ilustração de uma garota fazendo uma pesquisa do curso de Segurança da Informação no notebook
Duração: Em geral, entre 4 e 5 semestes
Bolsas: a partir de R$ 56,00
Ver bolsas de até 92%

Sobre o curso de Segurança da Informação

Última atualização: 21/07/2022

O curso de Segurança da Informação é um curso superior disponibilizado como graduação, pós-graduação e na opção de cursos livres do site da Quero Bolsa. O curso é ofertado nas modalidades presencial, semipresencial e a distância (EaD) e, em geral, as opções na graduação possuem período de formação entre quatro e cinco semestres - 2 ou 2 anos e meio - aos estudantes.

Na pós-graduação, o curso de Segurança da Informação também é disponibilizado nas três modalidades (presencial, semipresencial e a distância) e com múltiplas possibilidades de período de formação aos estudantes. A pessoa interessada poderá optar por cursos de curta duração, entre seis meses e um ano (12 meses), assim como cursos mais extensos, superando os dois anos de formação.

Além disso, o aluno poderá optar pelo curso livre, formação que aperfeiçoa os conhecimentos em determinada área, e apresenta duração mais enxuta em comparação aos cursos superiores.

Em linhas gerais, o curso de Segurança da Informação é um segmento da área de Tecnologia da Informação (TI) e, após a conclusão do curso, o estudante poderá atuar nas seguintes áreas, de acordo com a Classificação Brasileira de Ocupações (CBO).

Administrador em segurança da informação, Administrador de banco de dados Administrador de redes Administrador de sistemas operacionais

Os cursos desta área de conhecimento estão espalhados pelas regiões do Brasil. De acordo com o Guia da Faculdade, avaliação de instituições de ensino superior realizada pela Quero Educação em parceria com o Estadão, 25 cursos de Segurança da Informação foram cadastrados na pesquisa anual. Você poderá ver a lista de instituições cadastradas no Guia 2021 aqui:.

Os tipos de formação para o curso de Segurança da Informação são: tecnólogo , pós-graduação e profissionalizante .

Como é o curso de Segurança da Informação?

O curso de Segurança da Informação apresenta disciplinas que habilitam a atuação do futuro profissional com redes de computadores e buscando soluções para o cenário de dados, informações, arquivos e registros de importância aos ambientes corporativos, empresariais, governamentais e demais setores.

Durante o curso de Segurança da Informação, o estudante deverá ser apresentado aos conteúdos e disciplinas que pautam os pilares da Segurança da Informação. Existe uma abrangência sobre a quantidade de pilares, mas portais especializados e órgãos que trabalham na área apontam, em geral, entre 3 e 7 pilares: confidencialidade, integridade, disponibilidade, autenticidade, irretratabilidade, conformidade e privacidade.

  • A confidencialidade visa a proteção de informações e o sigilo dos registros;

  • A integridade promove a segurança e a manutenção dos arquivos em seu estado original. Em outras palavras, os dados/registros não sofrerão alterações durante o seu tráfego;

  • A disponibilidade, que aponta a necessidade do arquivo/documento ser acessível e as ferramentas (softwares/hardwares) precisam conceder esse acesso, respeitando os demais pilares da Segurança da Informação;

  • A autenticidade também é um dos pilares de Segurança da Informação e diz respeito à garantia da veracidade de determinada informação e a confirmação dos dados serem referentes a alguma instituição ou sobre alguma pessoa;

  • Andando de mãos dadas com a autenticidade está o pilar da irretratabilidade, responsável por confirmar que com toda a estrutura colocada em prática pela Segurança da Informação, uma pessoa/uma instituição não poderá negar a autoria das informações. As duas vias, tanto um que compartilha as informações quanto a pessoa que recebe/acessa, serão contempladas com o presente pilar.

  • A conformidade diz respeito às leis e ao cumprimento das mesmas por uma empresa ou pessoa física. A Lei 13.709, também conhecida como Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD), tem conexão com todos os pilares e, em especial, com a conformidade perante a legislação.

  • Por fim, o pilar de privacidade também é vital dentro das estratégias de Segurança da Informação. Afinal, as pessoas realizam cadastros para diversas ações na internet e em portais de serviços (clientes, usuários, pacientes, consumidores). A privacidade é a garantia que os dados da pessoa física não serão violados ou utilizados de formas indevidas por outras pessoas.

Por fim, confira a publicação da Revista Quero sobre as diferenças entre os cursos de Tecnologia da Informação (TI), área do curso de Segurança da Informação.

Qual a grade curricular de Segurança da Informação?

Grade Curricular é o conjunto de matérias que o aluno estudará durante o curso. Veja abaixo um exemplo de grade curricular para o curso de Segurança da Informação em uma de nossas faculdades parceiras:

  • Atividades Complementares

  • Auditoria de Sistemas (conceito / Aplicação)

  • Banco de Dados

Ver a grade curricular

O que se aprende na faculdade de Segurança da Informação?

De acordo com as ofertas das instituições parceiras da Quero Bolsa, o curso de graduação em Segurança da Informação poderá apresentar as seguintes disciplinas em sua grade curricular.

  • Algoritmos e Lógica de Programação;
  • Gestão de Riscos;
  • Cibersegurança;
  • Computação Forense e Perícia Digital;
  • Defesa Cibernética;
  • Ambientes computacionais e conectividade;
  • Comunicação de dados e protocolos;
  • Direito Digital;
  • Gerência e Segurança de Redes;
  • Segurança da informação aplicada;

Por outro lado, os cursos de pós-graduação em Segurança da Informação podem apresentar as disciplinas de:

  • Sistemas e Tecnologia da Informação;
  • Segurança de Sistemas;
  • Infraestrutura de Redes;
  • Segurança de Redes sem Fio;
  • Segurança de Aplicativos Móveis;
  • Algoritmo, Programação e Estruturas de Dados;
  • Análise e Engenharia de Software;
  • Arquitetura de Computadores;
  • Modelagem e Banco de Dados;
  • Empreendedorismo e Modelagem de Negócio;

Quanto custa uma faculdade de Segurança da Informação?

A Quero Bolsa disponibiliza oportunidades em Segurança da Informação em diversas regiões e as bolsas oferecem descontos de até 89% às pessoas interessadas em iniciar um curso superior nesta área. Ainda no site, você encontrará ofertas com variações de preços para cursos de graduação, além de opções de cursos de pós-graduação em Segurança da Informação.

Os preços das bolsas de estudo podem variar de acordo com as características da oferta realizada pela instituição de ensino. Em geral, as modalidades de ensino (presencial, semipresencial e a distância (EaD) e a duração do curso podem ser fatores impactantes na escolha da oportunidade de estudo.

Por isso, você poderá filtrar a bolsa de estudo em Segurança de Informação que atende suas necessidades pessoais, como o tempo para concluir a formação e a modalidade de ensino. Basta acessar o site da Quero Bolsa e selecionar as perguntas:

Que tipo de curso quer fazer? Qual curso quer estudar? Em que cidade quer estudar?

Você ainda poderá refinar a pesquisa para outros itens, por exemplo, Modalidade, Preço, Proximidade, Avaliação e outros itens disponibilizados pela QB.

Procure o curso de Segurança da Informação ideal para você!

Com mensalidades a partir de R$ 56,00 entre as 1.418 instituições parceiras do Quero Bolsa.

Veja como é simples começar a estudar

  1. Encontre seu curso
  2. Garanta sua bolsa
  3. Economize até se formar

Sobre a carreira de Segurança da Informação

Onde o profissional de Segurança da Informação pode trabalhar?

A área de segurança da informação possui o objetivo de proteger os dados e as informações que estão presentes nas redes de computadores. A atuação deste profissional poderá beneficiar as pessoas e seus dados de contas bancárias, além das informações de empresas, pessoas jurídicas e documentos sigilosos de órgãos governamentais ou quaisquer tipos de instituições.

Além das pessoas físicas, este profissional poderá atuar com documentos e ambientes, dentro de instituições e empresas, que possuem informações sobre clientes - sejam pessoas físicas ou pessoas jurídicas. Em todos os cenários descritos, o profissional atua para o acesso (limitação e permissão) e as medidas de segurança sobre o acesso das informações.

De acordo com a Classificação Brasileira de Ocupações (CBO), um Administrador de Segurança da Informação está apto ao trabalho com:

  • Administração de ambientes computacionais;
  • Implantação e documentação de rotinas e projetos;
  • Controle dos níveis de serviço de sistemas operacionais - banco de dados e redes;
  • Fornecimento de suporte técnico no uso de equipamentos e programas computacionais e no apoio a usuários;
  • Configuração e instalação de recursos e sistemas computacionais;
  • Controle da segurança do ambiente computacional;

Vale destacar que a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), através da norma NBR ISO/IEC 17799:2005, definiu 11 seções de controles que dizem respeito às ações de Gestão da Segurança da Informação. As ações relacionadas às áreas profissionais abaixo melhoram a segurança nos diversos setores profissionais. A lista da ABNT é constituída por:

  • Política de Segurança da Informação;
  • Organização da Segurança da Informação;
  • Gestão de Ativos;
  • Segurança em Recursos Humanos;
  • Segurança Física e do Ambiente;
  • Gestão das Operações e Comunicações;
  • Controle de Acesso;
  • Aquisição, Desenvolvimento e Manutenção dos Sistemas de Informação;
  • Gestão de Incidentes da Segurança da Informação;
  • Gestão da Continuidade do Negócio e Conformidade.

O profissional poderá trabalhar em instituições financeiras, bancárias, jurídicas, governamentais (municipal, estadual e federal), do setor público e privado. Vale destacar que também há opção de trabalho nas indústrias químicas e empresas de telecomunicações.

Há possobilidade de atuação no setor da educação, por exemplo, com a atribuição de aulas e a realização de pesquisas sobre a sua área de formação. Ainda sobre pesquisas, há possibilidade de serem realizadas para o desenvolvimento tecnológico de empresas de médio/grande porte.

Além disso, o trabalhador poderá atuar como contratado por alguma empresa, funcionário público ou autônomo. O profissional poderá conduzir suas atividades individualmente ou com o trabalho em equipes. Por fim, há possibilidade de atuação presencial ou à distância, dependendo das suas obrigações e da política da empresa.

Confira também, as profissões que o graduado em Segurança da Informação poderá atuar:

  • Administrador de Sistemas;
  • Coordenador de Segurança da Informação;
  • Analista de Segurança da Informação;
  • Engenheiro de Segurança cibernética;
  • Perícia Digital / Perito Digital forense;

De acordo com o portal de recrutamento Glassdoor, um Analista de Segurança da Informação recebe o salário médio de R$5.643,00 no país. Ainda sobre remuneração do profissional, o mesmo site afirma que o salário médio nacional do Gerente de Segurança da Informação é de R$19.834 no Brasil.

Para mais informações sobre carreiras e áreas de atuação em Tecnologia da Informação (TI), não deixe de conferir o Guia de Profissões da Quero Bolsa. A QB disponibiliza mais de 300 páginas, sobre todas as áreas profissionais, para você conferir todas as informações sobre possibilidades de atuação e como ingressar na área que você tanto deseja.

Sino de ofertas
Receba um alerta quando a vaga ideal chegar!

Como ingressar na profissão de Segurança da Informação?

Quais são as exigências do mercado de trabalho para o profissional de Segurança da Informação?

Como diferencial desta área, o profissional desta área deverá concluir o curso superior com nível de bacharelado ou superior de tecnologia. Além disso, o profissional poderá obter formação específica por meio de cursos de qualificação, em geral, com carga horária entre duzentas e quatrocentas horas aos estudantes.

Sobre os conhecimentos para a atuação profissional, a pessoa formada em Segurança da Informação deverá ter domínio de tópicos como, Redes de Computadores, Sistemas Operacionais, Governança de Tecnologia da Informação e Banco de Dados.

Além disso, o graduando do curso de Segurança da Informação terá acesso aos conteúdos que são oriundos de outras áreas de conhecimento, mas que também podem estar presentes em suas atuações profissionais.

Por exemplo, o conhecimento em temas sobre Gestão de Pessoas, Gestão de Projetos e Estatística, que podem estar presentes na formação do estudante, também apresentam benefícios em ações do cotidiano profissional. Uma das possibilidades é acarretar positivamente em ações de trabalho coletivo - entre outros profissionais da sua área e de profissionais de outros setores da empresa.

Além disso, a conclusão de um curso de pós-graduação em Segurança da Informação pode ser um diferencial no currículo de quem trabalha na área de Tecnologia e Informação e demais interessados nesta área de conhecimento.

Nota de corte para Segurança da Informação

Sabia que, utilizando apenas o seu resultado do Enem, você pode entrar em diversos cursos de universidades federais, estaduais e privadas?

Para ajudar o estudante a entender as suas possibilidades, o Quero Bolsa desenvolveu o Simulador de Nota de Corte . O sistema reúne os dados das últimas provas e mostra o desempenho mínimo para conseguir uma vaga em um dos programas educacionais do governo.

No último ano, as notas de corte registradas para o curso de Segurança da Informação foram:

Balões de Conversa - Dúvidas sobre Segurança da Informação
Está com dúvidas sobre Segurança da Informação? Os alunos e ex-alunos do curso estão prontos para tirar suas dúvidas. Ver perguntas e respostas

Perguntas e Respostas - Segurança da Informação

Tipo de Pergunta
Recentes