Info Icon Ajuda Help Icon Ajuda
Biologia

Ciclo da Água

William Yugue
Publicado por William Yugue
Última atualização: 15/4/2019

Introdução

O ciclo da água, também chamado de ciclo hidrológico, é o circuito realizado pela água no planeta. Pode ser entendido também como o processo de transformação da água, transicionando pelos seus estados físicos ao longo do planeta e da atmosfera. Passando, inclusive, pelo consumo dos organismos que dela dependem.

O estudo do ciclo ecológico é fundamental para se analisar o processo de renovação e disponibilidade da água ao longo do tempo, sendo um importante ciclo biogeoquímico. Nos ciclos biogeoquímicos uma substância estudada, neste caso a água, passa do meio abiótico (atmosfera, solo, meio aquático) para o meio biótico (consumo pelos seres vivos), muitas vezes mudando seu estado físico. O processo ocorre através da ciclagem do elemento.

hidrologia é a ciência que estuda os recursos hídricos, bem como o ciclo da água.

É através dos estudos acerca do ciclo hidrológico que se sabe atualmente que o volume de água no planeta Terra se mantém praticamente constante, variando apenas sua distribuição nas diferentes fases físicas do composto. Além disso, atualmente se sabe que aproximadamente 36 toneladas de água por ano são transportadas dos oceanos para o ambiente terrestre através do ciclo hidrológico, que as chuvas contribuem com aproximadamente 107 toneladas de água derramada sobre a terra por ano e que a taxa de evaporação depende da quantidade de água presente na região.

O ciclo da água

Partes do Ciclo

O ciclo da água pode ser subdividido em duas partes, levando em consideração a sua complexidade e a presença ou ausência dos fatores bióticos:

  • Pequeno ciclo: Também chamado de ciclo simples da água. Neste ciclo, a água transita apenas pelas camadas terrestres, aquáticas e atmosféricas, não sendo considerado um ciclo biogeoquímico, pois não leva em consideração a interação da água com os organismos (bio) que dela necessitam para sobreviver. O pequeno ciclo é, portanto, o circuito da água de um fator abiótico para outro como, por exemplo, a evaporação das águas presentes nos rios e mares para a formação de nuvens na atmosfera.
  • Grande ciclo: Ciclo complexo da água. Neste caso, além dos fatores abióticos que interagem ao longo do circuito da água, há ainda os fatores bióticos, ou seja, todos os organismos que dependem da água do ambiente para seus processos metabólicos e que também liberam água através dos processos de transpiração e excreção.

Dessa forma, é importante notar que o pequeno ciclo está incluído dentro do grande ciclo, que também inclui os fatores bióticos pelos quais a água transita.

Circuito da água

O circuito percorrido pela água ao longo do planeta leva em conta a interação com fatores bióticos como plantas e animais, e abióticos como o sol, temperatura, rios, lagos, oceanos e atmosfera.

  • Os raios solares incidem sob a água dos rios, lagos e oceanos elevando a temperatura até a mudança do estado líquido para o gasoso através do processo de evaporação. A água, agora na forma de vapor, se desloca para a atmosfera do planeta;
  • Na atmosfera, onde as temperaturas são mais baixas, o vapor de água se resfria e volta para o estado líquido através do processo de condensação, formando gotículas de água que se acumulam formando as nuvens que ficam suspensas no ar;
  • Com o aumento da concentração de água condensada na atmosfera, as nuvens ficam pesadas e o excesso de água começa a cair de volta para o solo, rios e oceanos através do processo de precipitação, popularmente chamado de chuvas. Dependendo da temperatura baixa da atmosfera, a água líquida passa para o estado sólido pelo processo de solidificação e cai na forma de neve ou granizo. É nessa etapa que a água pode interagir com outros elementos como o Dióxido de Enxofre (SO2) e Dióxido de Nitrogênio (NO2) formando as Chuvas Ácidas;
  • Quando a água líquida cai na superfície terrestre ocorre os processos de infiltração, quando a água adentra o solo e se armazena nos lençóis subterrâneos, e escoamento, quando a água não adentra o solo e é deslocada com ação da gravidade até rios, lagos e oceanos onde é armazenada (armazenamento), podendo ser evaporada e iniciando novamente o ciclo;
  • A água agora armazenada no subsolo ou nos rios e lagos pode ser absorvida pelos organismos: Os vegetais absorvem a água e a utilizam no seu processo de fotossíntese e demais atividades metabólicas. Animais e microrganismos absorvem água para seus processos metabólicos, por exemplo, a digestão de proteínas necessita de água para ocorrer. Esses organismos além de absorverem, também liberam água através da transpiração, devolvendo água para a atmosfera;
  • Processos químicos da água

    A água passa por diversos processos físicos ao longo do ciclo.

    • Condensação: Quando a água passa do estado gasoso (vapor de água) para o estado líquido, ocorrendo na atmosfera;
    • Escoamento: movimento da água líquida na superfície terrestre até o local de armazenamento (rios, lagos, lençóis e oceanos);
    • Evaporação: Quando a água passa do estado líquido para o estado gasoso (vapor de água), saindo do local de armazenamento até a atmosfera.
    • Evapotranspiração: Processo pelo qual a água precipitada é absorvida pelas plantas, voltando logo à atmosfera através da transpiração;
    • Infiltração: Processo de entrada de água pela superfície do solo;
    • Precipitação: Quando o vapor de água condensado cai sobre a superfície terrestre na forma de chuva;
    • Transpiração: Quando a água presente nos organismos passa para a atmosfera.

    Importância do Ciclo da água

    água, como os sais minerais, é a substância necessária para diversos processos metabólicos, sendo fundamental para a manutenção da vida. Além disso o ciclo hidrológico está relacionado a outros processos de manutenção da vida: 

    • Disponibilidade para o ecossistema: O ciclo da água mantém a água disponível para ser absorvida pelos organismos que dela dependem;
    • Regulação do clima: A presença de água na superfície terrestre e na atmosfera está relacionada com a manutenção do clima em uma determinada região. Por isso regiões secas tendem a ser mais quentes enquanto regiões mais úmidas tendem a ter a temperatura mais branda.
    • Regulação dos fluxos hidrológicos: O circuito da água está relacionado com a incidência de chuvas, bem como a mudança de cursos de rios etc.
    • Reciclagem de nutrientes: Muitos dos ciclos biogeoquímicos tem a presença de água como um fator importante para a ciclagem dos nutrientes;
    • Diluição de substâncias: Substâncias poluentes podem ser dissolvidas pela ação do ciclo da água, diminuindo seus impactos ambientais;
    • Produção de energia: As usinas hidrelétricas utilizam a força do curso da água para gerar energia.

    Ciclo da água com todas as suas etapas. 


    Exercícios

    Exercício 1
    ((ENEM/2013))

    No esquema, o problema atmosférico relacionado ao ciclo da água acentuou-se após as revoluções industriais. Uma consequência direta desse problema está na:

    Ilustração: Rapaz corpulento de camiseta, short e tênis acenando

    Inscreva-se abaixo e receba novidades sobre o Enem, Sisu, Prouni e Fies:

    Carregando...