Info Icon Ajuda Help Icon Ajuda
Biologia

Progesterona

Jéssica Maciel
Publicado por Jéssica Maciel
Última atualização: 18/4/2019

Introdução

A progesterona é um dos principais hormônios femininos. Ele é produzido pelo ovário. Sua produção se inicia na puberdade e ele tem grande importância na preparação do corpo da mulher para conceber e manter a gravidez.

Durante o ciclo menstrual saudável, a função da progesterona é de tornar as células que revestem a parede do útero ativas, alterar e irrigar os vasos sanguíneos do endométrio e com isso preparar o útero para receber o embrião

A atuação da progesterona ocorre conjuntamente com um outro hormônio feminino, o estrogênio. Juntos eles auxiliam na regulação o ciclo menstrual bem como na concepção da gravidez. 

Quando a mulher atinge a menopausa, sua produção desse hormônio passar a ocorrer numa quantidade bem menor. 

📚 Você vai prestar o Enem 2020? Estude de graça com o Plano de Estudo Enem De Boa 📚

Função

A progesterona atua na mulher em diversas funções:

  • Atua preparando o útero para o embrião.
  • Atua preparando as mamas para iniciar a produção do leite materno
  • Atua estimulando a atividade das glândulas mamárias
  • Atua na ativação das células que revestem a parede do útero, o que faz com que ocorra o aumento do espessamento do endométrio
  • Atua também promovendo o aumento dos vasos sanguíneos no endométrio
  • Atua no surgimento de glândulas que produzem glicogênio
  • Atua também inibindo as contrações do útero, o que impede a expulsão do embrião ou feto que está se desenvolvendo.

Progesterona e a gravidez 

O papel da progesterona na gravidez é de preparar o corpo inteiro da mulher para receber um outro ser vivo.


Durante o momento da gravidez, a produção de progesterona ocorre inicialmente no corpo lúteo, uma estrutura que surge assim que o óvulo é liberado no ovário e que em seguida se mantém pela placenta


A progesterona ajuda também a manter a gravidez, causa o relaxamento da musculatura do útero e por fim auxilia no estímulo do desenvolvimento das glândulas mamárias, necessárias para amamentação.

Quando ocorre a deficiência da progesterona, pode ocorrer falhas no processo de implantação do embrião e dessa forma, a fase inicial da gravidez pode ser prejudicada, não raro levando a abortos

Papel da progesterona na menstruação e anticoncepcionais 

Caso a mulher não receba um espermatozoide e não ocorra a gravidez, o que acontece no organismo feminino é uma baixa abrupta nos níveis de progesterona

Assim, com a pausa na produção por parte do ovário, o revestimento do mesmo começa a se descamar e se desprender da parede uterina. Ele será expelido através da menstruação, e parará quando os níveis de progesterona voltarem a ser altos. 

Caso a mulher opte por fazer uso de pílulas anticoncepcionais, os níveis de progesterona durante o ciclo menstrual serão afetados. Isso porque o contraceptivo nada mais é do que quantidades consideráveis de progesterona e estrogênio. 

Enquanto ele estiver no organismo, a hipófise não produzirá os hormônios luteinizantes, como o LH e FSH, Fazendo com que não ocorra a ovulação e tampouco ocorra a menstruação.

Alteração nos níveis de progesterona

Como pode ser observado, os níveis de progesterona se alteram ao longo do ciclo menstrual. No entretanto, alterações de forma exagerada ou prolongada, podem indicar problemas no corpo feminino.

Níveis altos

Caso não ocorra a fecundação, um nível elevado de progesterona, pode ser um indicativo de alguns problemas no corpo feminino como: 

  • Cisto no ovário;
  • Câncer de ovário; 
  • Hiperfuncionamento de glândulas hormonais.

Níveis baixos 

Em contrapartida, caso os níveis de progesterona fiquem abaixo do normal, além da dificuldade para engravidar, podem ocorrer:

  • Enxaquecas e dores de cabeça;
  • Alterações repentinas e frequentes no humor;
  • Aumento de peso e dificuldade de emagrecimento;
  • Menstruação desregulada e cólicas anormais;
  • Ondas de calor corporal;
  • Tonturas e náuseas. 

Ilustração de um ovário feminino, local onde a progesterona é produzida.

🎓 Você ainda não sabe qual curso fazer? Tire suas dúvidas com o Teste Vocacional Grátis do Quero Bolsa 🎓

Referência

RAW, Isaias; MENNUCCI, Lelia; MAIA, J. C. C. Hormônios: mecanismos de ação . São Paulo: EDART 1969

POIAN, Andrea Thompson da; CARVALHO-ALVES, Paulo Cesar de. Hormônios e metabolismo: integração e correlações clínicas . São Paulo: Atheneu 2003. 


Exercícios

Exercício 1
(Quero Bolsa)

A progesterona é um hormônio fundamental para o bom funcionamento do corpo feminino. Ele é produzido na(o):

Ilustração: Rapaz corpulento de camiseta, short e tênis acenando

Inscreva-se abaixo e receba novidades sobre o Enem, Sisu, Prouni e Fies:

Carregando...