Info Icon Ajuda Help Icon Ajuda
Biologia

Sistema Reprodutor Feminino

Aline Miranda
Publicado por Aline Miranda
Última atualização: 20/8/2018

Introdução

O Sistema Reprodutor Feminino tem como função principal a produção de células sexuais femininas, ou gametas, chamados óvulos, que serão responsáveis pela reprodução. 

Além disso, esse sistema é responsável pela nutrição e acomodação do feto até o seu nascimento e a produção de hormônios.

O sistema Reprodutor Feminino é formado por ovários, tubas uterinas, vagina e pudendo feminino.

Esquema simplificado do Sistema Reprodutor Feminino

📚 Você vai prestar o Enem 2020? Estude de graça com o Plano de Estudo Enem De Boa 📚

Ovários

São duas glândulas sexuais de formato arredondado. São responsáveis pela produção das células sexuais femininas (gametas femininos), os ovócitos

ovócito só recebe o nome de óvulo após ser fecundado pelo espermatozóide. Desde que nasce a menina já tem em seus ovários milhares de ovócitos. 

A partir da puberdade, um hormônio estimula o desenvolvimento e a liberação de ovócitos, iniciando um processo de ovulação, por meio do qual a mulher libera um ou mais ovócitos, mais ou menos a cada 28 dias. 

Os ovários produzem o hormônios sexuais femininos: o estrógeno e a progesterona, responsáveis pelo desenvolvimento dos caracteres sexuais secundários femininos (mamas, pelos pubianos, etc.), controle da menstruação e preparação do útero para receber o futuro embrião.

🎓 Você ainda não sabe qual curso fazer? Tire suas dúvidas com o Teste Vocacional Grátis do Quero Bolsa 🎓

Tubas uterinas

São dois tubos que conduzem o ovócito do ovário ao útero. As paredes das tubas uterinas são revestidas por cílios, que juntamente com a contração das paredes musculares das tubas, empurram o ovócito até o útero. No interior da tuba uterina normalmente ocorre a fecundação, nome dado ao encontro do ovócito com o espermatozóide.

Útero

É um órgão oco com paredes musculares, que apresenta a forma e tamanho de uma pêra invertida. O útero abriga o embrião durante o seu desenvolvimento até o momento do parto.

Vagina

É o canal que liga o útero ao meio externo e tem, aproximadamente, sete centímetros de comprimento. A abertura da vagina pode ser parcialmente fechada por uma membrana chamada hímen. Essa membrana pode ser rompida no momento da primeira relação sexual. A vagina apresenta uma grande elasticidade, o que permite a relação sexual e a passagem do bebê durante o parto.

Pudendo feminino

Anteriormente denominado como vulva, é a parte genital externa, formada pelos lábios maiores, lábios menores e pelo clitóris. 

Os lábios maiores são duas dobras de pele que recobrem os lábios menores. Os lábios menores são duas dobras de pele que protegem a entrada da vagina e o clitóris é um pequeno órgão rico em terminações nervosas. 

Fica localizado na região anterior das partes externas do Sistema Genital. O clitóris também se enche de sangue e aumenta de tamanho durante a excitação sexual e tem como função proporcionar prazer à mulher. 

A regulação hormonal e o ciclo menstrual

Os ovários, além de produzirem os gametas femininos, produzem os hormônios sexuais femininos estrógeno e progesterona, sob a regulação dos hormônios FSH e LH.

Durante a vida fetal, o FSH estimula os ovários a produzirem os gametas. Muitas dessas células se degeneram até a puberdade, época em que a secreção dos hormônios da hipófise e dos hormônios sexuais começa a aumentar. 

Na puberdade, a menarca é a fase em que se iniciam os ciclos menstruais. Define-se a menarca a partir da primeira menstruação apresentada pela mulher.

Durante o ciclo menstrual, ocorrem algumas alterações nos ovários e no útero, comandadas por diferenças nas taxas dos hormônios ao longo do ciclo.

Alguns dias após a menstruação, os níveis de FSH e LH no sangue começam a aumentar. O FSH é responsável pelo crescimento de vários folículos ovarianos em um dos ovários; eles aumentam de tamanho e passam a secretar o hormônio estrógeno. O aumento da taxa de estrógeno liberado pelo folículos provoca diminuição da secreção de FSH e de LH.

A ovulação, que corresponde à expulsão do ovócito de dentro do folículo, ocorre em torno do 14º dia do ciclo menstrual. Nos dias que antecedem esse evento, observa-se um aumento acelerado na concentração de LH e menos intensamente de FSH no sangue. 

O LH estimula células do folículo desenvolvido a secretar menos estrógeno e a iniciar a produção do hormônio progesterona. Esse processo culmina com a ruptura do folículo e a eliminação do ovócito para a tuba uterina.

Logo após a ovulação, as células do folículo aumentam de tamanho e passam a armazenar lipídios. Essa estrutura passa a ser chamada corpo lúteo e secreta grande quantidade de estrógeno e progesterona. 

Mas, devido a queda da secreção de LH, o corpo lúteo começa a degenerar depois da ovulação. A consequência da degeneração do corpo lúteo e consequentemente da queda na produção dos hormônios sexuais é a menstruação

Caso não tenha ocorrido fecundação do óvulo, a secreção de FSH e LH é estimulada novamente dando origem a um novo ciclo.

As variações na concentração de estrógeno e progesterona durante o ciclo menstrual promovem alterações na parede do útero, que é revestida por um tecido intensamente vascularizado chamado endométrio

O endométrio muda de espessura durante o ciclo menstrual, de acordo com a ação hormonal. Se o ovócito não for fecundado, o corpo lúteo degenera e as taxas de estrógeno e progesterona diminuem, o que provoca a descamação do endométrio. 

menstruação corresponde à eliminação da camada superficial do endométrio, com perda de sangue, por contrações da musculatura uterina.


Exercícios

Exercício 1
(Quero Bolsa)

O sistema genital feminino é composto por diversos órgãos que permitem a fecundação e a gestação de um bebê. Observe a figura a seguir e marque a alternativa que apresenta, respectivamente, os números que indicam os locais onde ocorre a fecundação e o desenvolvimento do feto.

Observe atentamente as partes do sistema genital feminino indicadas pelos números:

Ilustração: Rapaz corpulento de camiseta, short e tênis acenando

Inscreva-se abaixo e receba novidades sobre o Enem, Sisu, Prouni e Fies:

Carregando...

Veja também

BIOLOGIA
Baço
Baço
BIOLOGIA
Boca
Boca
BIOLOGIA
Cerebelo
Cerebelo
BIOLOGIA
Corpo Humano
Corpo Humano
BIOLOGIA
Encéfalo
Encéfalo
BIOLOGIA
Esôfago
Esôfago
BIOLOGIA
Estômago
Estômago
BIOLOGIA
Faringe
Faringe
BIOLOGIA
Fígado
Fígado
BIOLOGIA
Hemoglobina
Hemoglobina
BIOLOGIA
Hipófise
Hipófise
BIOLOGIA
Intestino Delgado
Intestino Delgado
BIOLOGIA
Intestino Grosso
Intestino Grosso
BIOLOGIA
Laringe
Laringe
BIOLOGIA
Leucócitos
Leucócitos
BIOLOGIA
Nariz
Nariz
BIOLOGIA
Neurônio
Neurônio
BIOLOGIA
Órgãos do Corpo
Órgãos do Corpo
BIOLOGIA
Ovários
Ovários
BIOLOGIA
Pâncreas
Pâncreas
BIOLOGIA
Pênis
Pênis
BIOLOGIA
Sistema Digestivo
Sistema Digestivo
BIOLOGIA
Sistema Endócrino
Sistema Endócrino
BIOLOGIA
Sistema Excretor
Sistema Excretor
BIOLOGIA
Sistema Imunológico
Sistema Imunológico
BIOLOGIA
Sistema Nervoso
Sistema Nervoso
BIOLOGIA
Sistema Nervoso Central
Sistema Nervoso Central
BIOLOGIA
Sistema Nervoso Periférico
Sistema Nervoso Periférico
BIOLOGIA
Sistema Nervoso Simpático
Sistema Nervoso Simpático
BIOLOGIA
Sistema Reprodutor
Sistema Reprodutor
BIOLOGIA
Sistema Reprodutor Masculino
Sistema Reprodutor Masculino
BIOLOGIA
Sistema Respiratório
Sistema Respiratório