Info Icon Ajuda Help Icon Ajuda
Biologia

Ovários

Jéssica Maciel
Publicado por Jéssica Maciel
Última atualização: 25/9/2018

Introdução

Os ovários são duas glândulas que fazem parte do sistema reprodutor feminino. Estão localizados na cavidade pélvica, um de cada lado do útero, abaixo das tubas uterinas. Medem aproximadamente 3 centímetros de comprimento, 1 centímetro de espessura e 1,5 centímetro de largura.

Função

Os ovários têm como função produzir gametas (células reprodutivas, ou também óvulos) e diversos hormônios sexuais como o estrógeno e a progesterona. Essas duas funções são chamadas também de ovogênese e esteroidogênese.


 Os hormônios que são formados nos ovários são responsáveis pelo surgimento   de características sexuais secundárias, além disso, controlam o funcionamento do ciclo ovulatório.

Funcionamento

O funcionamento dos ovários é controlado diretamente pela hipófise.

Produção de hormônios

Os ovários são responsáveis por produzir importantes hormônios sexuais: o estrógeno e a progesterona.


O estrógeno é o hormônio responsável pelo crescimento e desenvolvimento dos órgãos reprodutivos. É responsável também pela regeneração do endométrio depois de ocorrer a menstruação.


 A progesterona é o hormônio responsável pela preparação do útero para o momento da gestação e também pelo desenvolvimento de células secretoras de leite materno. Quando ocorre a diminuição dos níveis de progesterona no organismo ocorre aborto.

Ovogênese

A ovogênese é um processo relacionado com a produção de hormônios. É nesse processo que se formam, crescem e amadurecem os óvulos, gametas femininos. Ele se inicia já em idade fetal, pausa na infância e volta a acontecer na adolescência.
 

O processo da ovogênese tem três etapas:
 

  • Etapa da multiplicação: essa fase ocorre ainda na vida intrauterina. É nela que ocorrem mitoses que aumentam a quantidade das células germinativas e dão origem às ovogônias (células diplóides). Ela tem seu término no fim dos primeiros três meses de vida de um feto. Sendo assim, um bebê do sexo feminino logo que nasce já tem em seus ovários um número limitado de ovogônias, ao contrário dos bebês do sexo masculino, que tem sua produção de espermatozóides ilimitada durante a vida.


  • Etapa do crescimento: ainda na fase intrauterina, as ovogônias dão início à divisão meiótica assim que são formadas. Começam então a ter seu tamanho aumentado e a acumular várias substâncias nutritivas. Nessa fase, as ovogônias se transformam em ovócitos primários (células diplóides em prófase I da meiose) e permanecem inativas até a puberdade.
     
  • Etapa da maturação: assim que a menina chega à sua maturidade sexual, o que costuma ocorrer por volta dos 12 anos de idade, os ovários voltam a ficar ativos. Os ovócitos primários dão continuidade à meiose e ao processo de maturação, originando o ovócito secundário (célula haplóide), cuja liberação caracteriza a ovulação. Das centenas de ovócitos primários formados na etapa do crescimento, apenas aproximadamente 400 conseguirão se transformar em gametas maduros.

Anatomia

Os ovários têm sua superfície recoberta por epitélio germinativo, e abaixo existe uma camada de tecido conjuntivo frouxo que pode ser também denominada medula. Mais abaixo, estão localizados os folículos ovarianos em desenvolvimento, corpos lúteos e corpos albicans.


Os corpos lúteos e os tecidos albicans são consequências do processo de liberação dos ovócitos: os corpos lúteos são massas amareladas formadas por folículos que já liberaram os ovócitos, e os corpos albicans são tecidos cicatriciais formados nos locais onde existiam corpos lúteos.

Regiões

Duas regiões se destacam na anatomia dos ovários, a região cortical e a região medular.


  • Região medular: é a região mais interna dos ovários e é composta por um tecido conjuntivo frouxo repleto de nervos e vasos sanguíneos.
  • Região cortical: é a região da superfície do ovário, onde estão depositados diversos folículos ovarianos em diferentes etapas de seu desenvolvimento. A região cortical também possui uma cobertura denominada túnica albugínea de tamanho bem pequeno.
     

Ilustração do sistema reprodutor feminino, podendo ser identificado dois ovários, um de cada lado do útero.Ilustração do sistema reprodutor feminino.


Exercícios

Exercício 1
(Fuvest)

Se uma mulher tiver seus ovários removidos por cirurgia, quais dos seguintes hormônios deixarão de ser produzidos?

Ilustração: Rapaz corpulento de camiseta, short e tênis acenando

Inscreva-se abaixo e receba novidades sobre o Enem, Sisu, Prouni e Fies:

Carregando...

Veja também

BIOLOGIA
Baço
Baço
BIOLOGIA
Boca
Boca
BIOLOGIA
Cerebelo
Cerebelo
BIOLOGIA
Corpo Humano
Corpo Humano
BIOLOGIA
Encéfalo
Encéfalo
BIOLOGIA
Esôfago
Esôfago
BIOLOGIA
Estômago
Estômago
BIOLOGIA
Faringe
Faringe
BIOLOGIA
Fígado
Fígado
BIOLOGIA
Hemoglobina
Hemoglobina
BIOLOGIA
Hipófise
Hipófise
BIOLOGIA
Intestino Delgado
Intestino Delgado
BIOLOGIA
Intestino Grosso
Intestino Grosso
BIOLOGIA
Laringe
Laringe
BIOLOGIA
Leucócitos
Leucócitos
BIOLOGIA
Nariz
Nariz
BIOLOGIA
Neurônio
Neurônio
BIOLOGIA
Órgãos do Corpo
Órgãos do Corpo
BIOLOGIA
Pâncreas
Pâncreas
BIOLOGIA
Pênis
Pênis
BIOLOGIA
Sistema Digestivo
Sistema Digestivo
BIOLOGIA
Sistema Endócrino
Sistema Endócrino
BIOLOGIA
Sistema Excretor
Sistema Excretor
BIOLOGIA
Sistema Imunológico
Sistema Imunológico
BIOLOGIA
Sistema Nervoso
Sistema Nervoso
BIOLOGIA
Sistema Nervoso Central
Sistema Nervoso Central
BIOLOGIA
Sistema Nervoso Periférico
Sistema Nervoso Periférico
BIOLOGIA
Sistema Nervoso Simpático
Sistema Nervoso Simpático
BIOLOGIA
Sistema Reprodutor
Sistema Reprodutor
BIOLOGIA
Sistema Reprodutor Feminino
Sistema Reprodutor Feminino
BIOLOGIA
Sistema Reprodutor Masculino
Sistema Reprodutor Masculino
BIOLOGIA
Sistema Respiratório
Sistema Respiratório