Info Icon Ajuda Help Icon Ajuda
História do Brasil

Descobrimento do Brasil

Maria Clara Cavalcanti
Publicado por Maria Clara Cavalcanti
Última atualização: 29/8/2018

Introdução

O Descobrimento do Brasil aconteceu em 1500 em meio ao processo das Grandes Navegações e Expansão Marítima portuguesas. As primeiras caravelas a aportar em solo brasileiro eram lideradas por Pedro Álvares de Cabral.

📚 Você vai prestar o Enem 2020? Estude de graça com o Plano de Estudo Enem De Boa 📚

Contexto Histórico

Entre os Séculos XV e XVII, grandes potências europeias, como Portugal e Espanha, lançaram-se ao mar na chamada Expansão Marítima.

A crise econômica desencadeada pela escassez de metais, a busca por novos mercadosde consumo e, principalmente, o desejo da retomada do lucrativo comércio com o Oriente impulsionaram esses impérios a lançarem-se ao mar em busca de rotas alternativas até às Índias.

Portugal foi o reino pioneiro da expansão marítima, lançando seus primeiros navios ao mar ainda no Século XV - a tomada de Ceuta, marco da expansão marítima portuguesa, data de 1415.

Isso, porque além de sua posição geográfica privilegiada, sua formação como Estado centralizado aconteceu de forma precoce, ainda na Idade Média. Além disso, a burguesia portuguesa investiu nos empreendimentos da expansão marítima, principalmente na construção das navegações.

🎓 Você ainda não sabe qual curso fazer? Tire suas dúvidas com o Teste Vocacional Grátis do Quero Bolsa 🎓

Crise institucional da Igreja Católica

Outro fator que influenciou na expansão marítima portuguesa e, por isso, no Descobrimento do Brasil, foi a crise institucional da Igreja Católica e as reformas protestantes.

Nesse contexto, a Igreja perdeu um número significativo de fiéis. Sendo assim, a expansão marítima configurou-se também a partir de uma justificativa religiosa: tornou-se necessário desbravar novos territórios a fim de catequizar populações nativas e, assim, provocar o aumento do número de crentes.

Essa missão foi atribuída aos jesuítas.  

Representação da primeira missa celebrada no Brasil, em 1500, do artista Vítor MeirelesPrimeira missa celebrada no Brasil, em 1500

Em busca das Índias

A chegada dos portugueses ao Brasil e o começo do processo de colonização tem a ver com o pioneirismo português na expansão marítima.

Os portugueses acabaram por chegar nas terras que viriam a ser a nação brasileira enquanto tentavam chegar às Índias, principal objetivo das grandes navegações.

Novos mercados

É também no contexto das grandes navegações que, poucos anos antes, Cristóvão Colombo, navegando à frente de navios espanhóis, acaba descobrindo a América.

Até o final do Século XVI, tanto Portugal quanto Espanha continuaram a explorar os oceanos e a colonizar territórios. Esse processo acabou por mudar o eixo econômico do mar mediterrâneo para o oceano atlântico.

Fundou-se um complexo sistema colonial escravista e proporcionou o fortalecimento econômico e político dos reinos europeus.   

A chegada dos portugueses no Brasil

Em 22 de abril de 1500, Pedro Álvares Cabral chegou com treze caravelas na região que hoje é Porto Seguro. A chegada dos portugueses nesse território desconhecido deu início à chamada América Portuguesa.    

Os primeiros contatos com as populações nativas aconteceram dois dias depois da chegada dos portugueses e foram descritos como um encontro estranho e pacífico nas cartas de Pero Vaz de Caminha.

Os nativos foram chamadas de índios, assim como os nativos espanhóis, pois os europeus acharam que tinham chegado nas Índias.

Esse contato não foi, inicialmente, de todo violento. Foi nele que aconteceram os chamados escambos - as trocas de produtos entre portugueses e indígenas.

Os indígenas extraíam pau-brasil para os portugueses e recebiam, em troca, objetos como espelhos, facões e foices. É importante pontuar que os indígenas também viram nos portugueses possíveis aliados, uma vez que as tribos viviam em conflito umas com as outras.

Entretanto, com o decorrer dos anos, o contato entre portugueses e indígenas se configurou como extremamente prejudicial para estes últimos.

O primeiro nome que a América portuguesa ganhou foi Ilha de Vera Cruz, uma vez que os primeiro portugueses suspeitaram que o território tratava-se de uma ilha. Após constatarem que as terras eram, na verdade, um outro continente, a região passou a ser chamada Terra de Santa Cruz. Somente em 1511 a América portuguesa passou a ser oficialmente chamada de Brasil.

Exploração da colônia

A primeira e principal atividade econômica desenvolvida no Brasil após a sua descoberta foi a extração do pau-brasil, madeira avermelhada que servia para a fabricação de tintas e móveis. Por não haver nenhuma preocupação em repor as árvores cortadas, o tempo de exploração do pau-brasil foi relativamente curto.

É importante pontuar que a chegada dos portugueses não significou nem de perto uma rápida consolidação do domínio colonial.

Na verdade, o Período Pré-Colonial foi marcado por um relativo desinteresse da coroa portuguesa por explorar efetivamente essas terras. Isso porque, o sucesso de Vasco da Gama ao traçar uma nova rota às Índias - e o crescente comércio de especiarias consequentes dessa rota - era o objetivo central dos portugueses e onde concentraram seus investimentos.

Sendo assim, nos primeiros anos desde o descobrimento, investir no comércio com as Índias ainda era mais lucrativo que focar na exploração da América portuguesa.

Debates na História

O Descobrimento do Brasil é um termo controverso.

O motivo da controvérsia é que, se tradicionalmente a História entendia que o Descobrimento do Brasil aconteceu em 1500, com a chegada dos portugueses, a historiografia mais recente defende que, uma vez que já existiam habitantes no território, a ideia de que o Brasil só foi descoberto em 1500 ficou ultrapassada.

Atualmente, o termo “chegada dos portugueses no Brasil” tem sido mais usual.


Exercícios

Exercício 1
(ENEM/2013)

Leia os seguintes texto para responder à questão:

TEXTO I 

Andaram na praia, quando saímos, oito ou dez deles; e daí a pouco começaram a vir mais. E parece-me que viriam, este dia, à praia, quatrocentos ou quatrocentos e cinquenta. Alguns deles traziam arcos e flechas, que todos trocaram por carapuças ou por qualquer coisa que lhes davam. […] Andavam todos tão bem-dispostos, tão bem feitos e galantes com suas tinturas que muito agradavam.

(CASTRO, S. A carta de Pero Vaz de Caminha. Porto Alegre: L&PM, 1996 (fragmento))

TEXTO II

PORTINARI, C. O descobrimento do Brasil. 1956. Óleo sobre tela. Questão ENEM 2013

PORTINARI, C. O descobrimento do Brasil. 1956. Óleo sobre tela, 199 x 169 cm Disponível em: www.portinari.org.br. Acesso em: 12 jun. 2013. (Foto: Reprodução)

Pertencentes ao patrimônio cultural brasileiro, a carta de Pero Vaz de Caminha e a obra de Portinari retratam a chegada dos portugueses ao Brasil. Da leitura dos textos, constata-se que

Ilustração: Rapaz corpulento de camiseta, short e tênis acenando

Inscreva-se abaixo e receba novidades sobre o Enem, Sisu, Prouni e Fies:

Carregando...