Whatsapp Icon 0800 123 2222
Envie mensagem ou ligue

Info Icon Ajuda Help Icon Ajuda
História Geral

Astecas

Maria Clara Cavalcanti
Publicado por Maria Clara Cavalcanti
Última atualização: 29/8/2018

Introdução

Os astecas - ou mexicas, como eles mesmos se chamavam - são considerados o império mais poderoso e desenvolvido dentre os povos ameríndios. Foram um dos grupos étnicos encontrados pelos espanhóis, na ocasião do Descobrimento da América.

Localização

Os astecas viveram em uma região próxima do que hoje é a Cidade do México. O Império tinha Tenochtitlán como capital.

Mapa da região sob domínio AstecaMapa da região sob domínio Asteca

Origem

Os astecas eram originalmente um povo seminômade que vivia no norte da América, em Aztlan, na atual Califórnia.

Os historiadores acreditam que a busca por terras férteis os motivaram a peregrinar em direção a terras mais ao sul, até chegarem no lago Texcoco, no Vale do México, durante o Século XII.

Entretanto, existe também o mito de origem do Império Asteca. Segundo esse mito, os astecas, motivados por conflitos com outros povos, começaram a se deslocar para as terras ao sul, até que se depararam com a imagem de uma águia empoleirada em um cacto - símbolo de seu povo - e se alimentando de uma serpente - símbolo do povo maia.

Os astecas teriam acreditado que aquele era um sinal do deus da guerra para que eles se estabelecessem ali. Até hoje a bandeira mexicana tem uma águia como símbolo.

Em 1325, a capital Tenochtitlán é fundada e o Império aumenta seu poder e riqueza, conquistando parte dos territórios antes pertencentes aos maias e toltecas.

Templo asteca. Gravura de Jan Karel Donatus.Templo asteca. Gravura de Jan Karel Donatus.

Em 1425 o Império chega a seu ápice, dominando territórios do oeste do México até o sul da Guatemala. No Século XVI a capital asteca tinha uma população mais numerosa que a maior capital europeia.

Organização política e social

O poder no Império Asteca estava concentrado nas mãos do imperador, que governava a partir da capital.

O Imperador era considerado um semi-deus, escolhido pelo conselho de chefes das aldeias astecas e responsável por comandar o exército, tomar decisões políticas e tinha profunda influência religiosa.

Apesar do controle centralizado do imperador, que comandava as questões religiosas, econômicas e militares em geral, as cidades-estado dominadas pelos astecas mantiveram suas dinastias tradicionais.

Os povos conquistados precisavam pagar altos impostos, em forma de penas raras, pedras preciosas, humanos para sacrifício e trabalho compulsório para as obras do imperador. Esse fator foi fundamental para o fortalecimento do Império.

A organização social asteca era clara: escravos e servos eram a classe mais baixa da sociedade, junto dos camponeses, que eram também guerreiros. Os artesãos e comerciantes ocupavam um local mais acima na pirâmide social. No topo, estavam chefes militares e sacerdotes, os indivíduos com mais prestígio, abaixo apenas do Imperador.

Apesar dessa organização bem delimitada, a sociedade Asteca permitia a mobilidade social. Ou seja, um indivíduo de uma classe baixa poderia trabalhar até alcançar estratos mais elevados na pirâmide social.

Economia

Assim como maias e incas, os astecas tinham sua economia baseada na agricultura, com forte investimento na plantação de milho, algodão, feijão e pimenta.

Foram os astecas que inventaram o chocolate, que ao invés de um alimento doce, era uma bebida amarga oferecida aos deuses.

Cultura, religião e conhecimentos

Os astecas tinham profundo conhecimento em metalurgia, produzindo ornamentos de ouro e prata com facilidade. Para eles, esses metais não tinham o mesmo valor que para os povos europeus.

Desenvolveram vários remédios a partir de gordura animal e plantas medicinais, possuindo tratamentos de saúde de qualidade.

Assim como a grande maioria dos povos ameríndios, os astecas eram politeístas. Ou seja, acreditavam em vários deuses. Os sacrifícios humanos eram importantes na religião dos astecas, pois serviam como forma de agradecimento ao deusHuitzlopochtli, o deus serpente.

Estima-se que só os astecas teriam sacrificado pelo menos 20 mil pessoas por motivos religiosos.

A arquitetura das cidades astecas também chama atenção. Eles construíram elaborados canais para a circulação de mercadorias e aquedutos para levar água doce até os centros urbanos. A capital era repleta de templos ornamentados, ruas retas e amplas e possuía um mercado rico e movimentado.

Além disso, desenvolveram-se na astronomia e matemática.

Os artesãos eram conhecidos pela sua habilidade com tecelagem e ourivesaria, enquanto os comerciantes, por seus talentos como atacadistas e vendedores de objetos de luxo.  

Dominação espanhola

Quando os espanhóis chegaram na região onde os astecas viviam, em 1519, o Imperador Montezuma, acreditou que os europeus eram, na verdade, divindades.

O tempo e a postura europeia, entretanto, mostraram que suas intenções com o povo asteca não eram das melhores.

Em 1521, as forças militares comandadas pelo conquistador Cortés derrotaram o povo nativo, arrasando a capital Tenochtitlán. A Conquista do Império Asteca se deu, principalmente, pela superioridade militar do inimigo.


Exercícios

Exercício 1
(UFES - adaptado)

Os astecas (azteca) ou mexicanos (mexica) dominavam com esplendor a maior parte do México quando os conquistadores espanhóis ali chegaram, em 1519. Sua língua e sua religião tinha-se imposto sobre imensas extensões de terra desde o Atlântico até o Pacífico e das regiões áridas setentrionais até a Guatemala. O nome de seu soberano Motecuhzoma era venerado ou temido de uma ponta a outra daquele vasto território. Seus comerciantes com suas caravanas de carregadores percorriam o país em todos os sentidos. […] Em Tenochtitlán (México), sua capital, a arquitetura e a escultura haviam alcançado um impulso extraordinário, enquanto o luxo crescia no vestuário, à mesa, nos jardins e na ourivesaria.

(SOUSTELLE, J. A civilização asteca. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1987: 7) 

São características da civilização asteca, exceto:

Ilustração: Rapaz corpulento de camiseta, short e tênis acenando

Inscreva-se abaixo e receba novidades sobre o Enem, Sisu, Prouni e Fies:

Carregando...

Veja também

HISTÓRIA DO BRASIL
Descobrimento da América
Descobrimento da América
HISTÓRIA DO BRASIL
Independência da América Espanhola
Independência da América Espanhola
HISTÓRIA DO BRASIL
Independência do Brasil
Independência do Brasil
HISTÓRIA GERAL
Maias, Incas e Astecas
Maias, Incas e Astecas
HISTÓRIA DO BRASIL
Tratado de Tordesilhas
Tratado de Tordesilhas
HISTÓRIA DO BRASIL
União Ibérica
União Ibérica