Info Icon Ajuda Help Icon Ajuda
Português

Advérbios

Alice Martins
Publicado por Alice Martins
Última atualização: 13/9/2018

Introdução

Os advérbios são a classe de palavras que têm como função modificar um verbo, um adjetivo, um outro advérbio ou, até mesmo, uma oração inteira, determinando uma circunstância.

Por exemplo:

  • “Minha mãe chegou de viagem ontem” (circunstância de tempo).
  • “Dirigia loucamente e avançava todos os sinais vermelhos” (circunstância de modo).

Os advérbios não flexionam em número nem em gênero, apenas em grau (comparativo e superlativo).

Atenção: cuidado para não confundir advérbio com adjetivo! Ambos modificam termos, mas o advérbio confere circunstância ao termo que modifica, enquanto o adjetivo confere uma característica. Ademais, adjetivos caracterizam substantivos, enquanto advérbios modificam verbos, outros advérbios, adjetivos e orações inteiras.

Locuções adverbiais

Quando duas ou mais palavras exercem a mesma função que um advérbio, temos uma locução adverbial. Veja os exemplos:

  • “Me aproximei com medo (medrosamente)”
  • “O menino bateu a bola com força (fortemente)”

Classificação dos advérbios

A classificação dos advérbios se dá com base no tipo de circunstância que estabelecem ao modificar o verbo, o adjetivo, outro advérbio ou uma oração. Isto é, a classificação tem a ver com o sentido atribuído ao que ele modifica.

Algumas das principais classificações dos advérbios são as seguintes:

  • Advérbios de tempo: hoje, ontem, amanhã, ainda, agora, antes, de vez em quando, de repente, às vezes etc
  • Advérbios de modo: bem, mal, rapidamente, loucamente, melhor, pior, assim, com calma, felizmente etc (geralmente, palavras terminadas em “-mente” são advérbios de modo)
  • Advérbios de lugar: aqui, aí, além, de fora, por dentro, adiante etc
  • Advérbios de afirmação: sim, certamente, realmente, indubitavelmente etc
  • Advérbios de negação: não, tampouco, nem, de forma alguma, absolutamente etc
  • Advérbios de intensidade: com força, com raiva, muito, pouco, mais, menos, demais, quase etc
  • Advérbios de dúvida: talvez, porventura, possivelmente, provavelmente, eventualmente etc

Grau dos advérbios

Os graus em que variam os advérbios podem ser o grau comparativo (de superioridade, de inferioridade ou de igualdade) e o grau superlativo (analítico ou sintético).

No grau comparativo, os advérbios estabelecem uma comparação entre a parte que modificam e outro termo, enquanto no superlativo o advérbio destaca apenas o termo que modifica.

Grau comparativo

  • Comparativo de superioridade
  • Analítico: mais + advérbio + que (do que). Exemplo: “Eu corro mais rápido que meu irmão”.
  • Sintético: melhor ou pior que (do que). Exemplo: “Eu sou melhor que meu irmão na cozinha”.
  • Comparativo de inferioridade: menos + advérbio + que (do que). Exemplo: “Ela digita menos rápido do que escreve”.
  • Comparativo de igualdade: tão + advérbio + quanto (como). Exemplo: “O bolo de maçã estava tão bom quanto o de canela”.

Grau superlativo

  • Analítico: advérbio acompanhado de outro advérbio. Exemplo: “Comi muito rápido e passei mal”. (muito = advérbio de intensidade; rápido = advérbio de modo).
  • Sintético: advérbio formado com sufixos. Exemplo: “Terminei a prova rapidíssimo e já saí”. (advérbio “rápido” + sufixo “íssimo”).

Exercícios

Exercício 1
(ENEM/2012)

Lugar de mulher também é na oficina. Pelo menos nas oficinas dos cursos da área automotiva fornecidos pela Prefeitura, a presença feminina tem aumentado ano a ano. De cinco mulheres matriculadas em 2005, a quantidade saltou para 79 alunas inscritas neste ano nos cursos de mecânica automotiva, eletricidade veicular, injeção eletrônica, repintura e funilaria. A presença feminina nos cursos automotivos da Prefeitura — que são gratuitos — cresceu 1 480% nos últimos sete anos e tem aumentado ano a ano. 

(Disponível em: www.correiodeuberlandia.com.br. Acesso em: 27 fev. 2012 (adaptado))

Na produção de um texto, são feitas escolhas referentes a sua estrutura, que possibilitam inferir o objetivo do autor. Nesse sentido, no trecho apresentado, o enunciado “Lugar de mulher também é na oficina” corrobora o objetivo textual de

Ilustração: Rapaz corpulento de camiseta, short e tênis acenando

Inscreva-se abaixo e receba novidades sobre o Enem, Sisu, Prouni e Fies:

Carregando...

Veja também

PORTUGUÊS
Acentuação Gráfica
Acentuação Gráfica
PORTUGUÊS
Adjetivos
Adjetivos
PORTUGUÊS
Agente da Passiva
Agente da Passiva
PORTUGUÊS
Aposto
Aposto
PORTUGUÊS
Artigo
Artigo
PORTUGUÊS
Classes Gramaticais
Classes Gramaticais
PORTUGUÊS
Colocação Pronominal
Colocação Pronominal
PORTUGUÊS
Complemento Nominal
Complemento Nominal
PORTUGUÊS
Concordância Nominal
Concordância Nominal
PORTUGUÊS
Concordância Verbal
Concordância Verbal
PORTUGUÊS
Conjunção
Conjunção
PORTUGUÊS
Crase
Crase
PORTUGUÊS
Interjeição
Interjeição
PORTUGUÊS
Numeral
Numeral
PORTUGUÊS
Objeto Direto
Objeto Direto
PORTUGUÊS
Objeto Indireto
Objeto Indireto
PORTUGUÊS
Orações Coordenadas
Orações Coordenadas
PORTUGUÊS
Oração Subordinada Substantiva
Oração Subordinada Substantiva
PORTUGUÊS
Ortografia
Ortografia
PORTUGUÊS
Predicativo do Sujeito e do Objeto
Predicativo do Sujeito e do Objeto
PORTUGUÊS
Pretérito Imperfeito
Pretérito Imperfeito
PORTUGUÊS
Pronomes
Pronomes
PORTUGUÊS
Pronomes Pessoais
Pronomes Pessoais
PORTUGUÊS
Regência Nominal
Regência Nominal
PORTUGUÊS
Regência Verbal
Regência Verbal
PORTUGUÊS
Sinais de Pontuação
Sinais de Pontuação
PORTUGUÊS
Substantivo
Substantivo
PORTUGUÊS
Verbo Ser
Verbo Ser
PORTUGUÊS
Vocativo
Vocativo
PORTUGUÊS
Vozes Verbais
Vozes Verbais