Sobre
Sobre
Como funciona
Como funciona o Quero Bolsa?
Ligue grátis
0800
0800 941 3000
Seg - Sex 8h-22h
Sábado 9h-13h
Aceitamos ligação de celular
77d3618ff415044f19bb19338727d71e69001001 F195eea9d588d50316253182952267046a5964fe
Profissões

Cursos tecnólogos: 8 coisas que você deve saber sobre esse tipo de graduação

por Mathias Sallit em 03/06/19 230 visualizações

Você já conhece tudo sobre os cursos tecnólogos e sabe todas as vantagens que ele pode trazer? Ainda não? Então esse artigo vai te deixar por dentro de tudo o que você precisa entender na hora de decidir fazer esse tipo de graduação.

Cursos Tecnólogos têm aumento de matrícula

Sim, o Ministério da Educação (MEC) reconhece os cursos tecnólogos como uma graduação de Ensino Superior. O diploma tem validade nacional e quem se formou pode ingressar em uma pós-graduação stricto sensu e lato sensu e, dependendo do edital, prestar concurso público.

Muitos costumam afirmar que a principal vantagem de um curso de tecnologia é a duração de dois a três anos. Menos tempo que um bacharelado ou uma licenciatura, que levam entre quatro e cinco anos para um aluno se formar.

Além disso, a grade curricular desses cursos geralmente é direcionada às demandas práticas da profissão. Esses e outros diferenciais vêm atraindo muitos estudantes buscando iniciar uma carreira. "A cada ano, a graduação tecnológica ganha mais espaço no universo acadêmico", afirma Ricardo Luz, coordenador dos cursos de Gestão de Recursos Humanos e MBA em RH da UniCarioca.

O professor traçou alguns pontos importantes que um estudante deve saber ao se interessar por um curso tecnólogo.

Leia também: Vale a pena ser tecnólogo?

Diferenciais no aprendizado e no mercado 

Como foi dito acima, o tecnólogo não é apenas uma graduação mais compacta. A grande diferença é o direcionamento dado durante o curso.

"Enquanto a graduação tradicional foca em elementos teóricos e conceituais, a tecnológica privilegia o desenvolvimento de competências profissionais específicas para atender, de forma mais objetiva, às demandas do mercado e às múltiplas profissões que surgiram com o desenvolvimento econômico do Brasil", diz Luz.

O número de cursos certificados vem crescendo

Com 20 anos desde a implementação dos cursos tecnólogos no Brasil, o MEC já realizou três edições do MEC atualiza o Catálogo Nacional dos Cursos Superiores de Tecnologia. Ele traz informações para que as formações sigam as tendências de mudanças do setor produtivo e da sociedade.

A primeira edição do catálogo, em 2006, criou 98 denominações de cursos. Em 2010, a segunda edução elevou o número para 113. Em 2016, a edição mais recente acrescentou 21, totalizando 134 denominações de cursos superiores de tecnologia.

"Os cursos são distribuídos em 113 eixos tecnológicos, tais como ambiente e saúde; controle e processos industriais; desenvolvimento educacional e social; gestão e negócios; informação e comunicação; infraestrutura; militar; produção alimentícia; produção cultural e design; produção industrial; recursos naturais; segurança; e turismo, hospitalidade e lazer", explica o professor.

Impulso à expansão do Ensino Superior no Brasil

Luz também explica a importância que esses cursos têm para o Ensino Superior no país.

"Na verdade, os cursos de graduação tecnológica tiveram uma grande contribuição para a expansão das matrículas no Ensino Superior brasileiro, representando, portanto, um relevante fator de desenvolvimento humano e econômico para o país. Para termos uma ideia da representatividade dessa modalidade de cursos, basta analisar os números: em 2017, eles foram responsáveis por 19% do total de ingressantes nos cursos de graduação no Brasil."

Vantagens da relação custo/benefício

Os cursos tecnólogos atraem um público que já não estava muito empenhado em realizar uma faculdade e encontraram neles uma oportunidade de ingressar em uma graduação

"Em função das vantagens da relação custo/benefício, esses cursos têm atraído para os bancos escolares também pessoas de mais idade que já estavam na ativa, mas que não tinham mais motivação para voltar a estudar. Eles proporcionam uma inserção mais rápida no mercado de trabalho, com um menor investimento por parte dos estudantes", completa.

Áreas de maior destaque

Segundo o último Censo de Educação Superior, os cinco cursos que tiveram o maior número de matrículas foram:

  1. Gestão de Recursos Humanos, com 155.829 matrículas;
  2. Empreendedorismo, com 96.835 matrículas;
  3. Gestão em Logística, com 71.387 matrículas;
  4. Análise e Desenvolvimento de Sistemas, com 65.795 matrículas;
  5. Administração Pública, com (44.000) matrículas.
Veja também: 6 cursos tecnólogos mais procurados

Ao se formar, é possível se especializar

Os tecnólogos podem, assim que conseguirem o diploma, buscar uma pós-graduação, seja ela lato sensu (especialização e MBA) ou stricto sensu (mestrado e doutorado).

"Sabemos que, para quem está começando numa profissão, é importante saber que a especialização é fundamental. Deve haver um aprofundamento do conhecimento para competir com força no mercado de trabalho. Para isso, é recomendável que o egresso faça logo uma pós-graduação na mesma área de sua graduação. 

Conhecendo o universo da graduação tecnológica, do curso ao mercado de trabalho

Ricardo Luz recomenda "que, antes de escolher um curso, procure conhecer o que faz o profissional que atua na área, qual a remuneração desses profissionais, a dificuldade ou facilidade de acesso ao mercado de trabalho, os cargos dentro da carreira profissional, se o trabalho é realizado, predominantemente, de forma autônoma ou nas organizações".

O tecnólogo não é exclusividade do Brasil

Existem cursos que seguem a mesma linha do tecnólogo no México, na Alemanha, na França e, também, nos Estados Unidos. Nos Community Colleges, como são conhecidos, as faculdades oferecem cursos de curta duração e que recebem mais de 40% dos calouros do Ensino Superior naquele país.

"Nós ainda não avançamos o suficiente, em parte pela desinformação e também por preconceito. Mas foram 20 anos de inegáveis progressos na consolidação da modalidade, que tem tudo para se consolidar entre as principais opções de Ensino Superior", conclui o professor.

Bolsas por WhatsApp

Cursos tecnólogos com bolsas de estudo? É só clicar no botão acima e enviar a mensagem! ;)

77d3618ff415044f19bb19338727d71e69001001 F195eea9d588d50316253182952267046a5964fe

O que você achou deste artigo?

ALERTA DE BOLSAS i-close
Você pretende trabalhar e estudar ao mesmo tempo?
ALERTA DE BOLSAS i-close
Para se dedicar integralmente aos estudos é sempre bom economizar.Money c94fde8014ac9b0d5ad05d244e1821fb246018cdc3570b09f72c25fde99f7b1a

Gostaria de ser avisado sempre que uma bolsa de estudo estiver disponível aqui no site Quero Bolsa?

ALERTA DE BOLSAS i-close
Nós podemos te ajudar Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

Aqui no Quero Bolsa você encontra as melhores bolsas de estudo em diversos turnos, até mesmo ensino a distância.

Preencha os campos abaixo para receber avisos de bolsas de estudo disponíveis em nosso site de acordo com seus interesses.

ALERTA DE BOLSAS i-close
Deixe seus contatos Mailbox 3aaacb172f1a1e1ba19b2e93f60f637592c84194967e63e952c08d3cb04fa7a8
ALERTA DE BOLSAS i-close
Falta só mais um passo! Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

As nossas melhores bolsas de estudo chegam de surpresa. Por isso fique ligado.

Com a sua confirmação enviaremos ofertas exclusivas diretamente no seu Whatsapp. Rápido, fácil, prático e na tela do seu celular.

CENTRAL DE AJUDA i-close
Como podemos te ajudar?

Gostaria de saber como o Quero Bolsa funciona e se o site é confiável.

Veja as perguntas frequentes

Quero receber bolsas de estudo de acordo com meus interesses diretamente em meu e-mail e WhatsApp.

Você pretende trabalhar e estudar ao mesmo tempo?
i-close

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Basta entrar em contato conosco em até 6 meses após o pagamento, informando seus dados e o motivo da devolução.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2019 CNPJ: 10.542.212/0001-54