logo
Lista de faculdades Lista de cursos Lista de profissões Revista Quero Central de ajuda

banner image banner image
Curiosidades

De repente ou derrepente: como se escreve?

por Isabela Giordan em 13/03/19 30 mil visualizações

A língua portuguesa é um idioma repleto de pegadinhas, que, se não nos mantivermos atentos, facilmente caímos nelas!

+ Confira bolsas de estudo de até 80% de desconto


Afinal, quantas você já escreveu uma palavra e decidiu dar uma espiadinha do Google para conferir se digitou corretamente? E isso pode se tornar algo comum na rotina quando perdemos o hábito da escrita e da leitura. 

Pensando nisso, a Revista Quero criou o quadro "como se escreve" para tirar algumas dúvidas mais comuns de português. Veja algumas das que já foram desvendadas: 

Desta vez, a questão é qual é a forma correta de se escrever essa expressão: de repente ou derrepente? Se essa é sua dúvida, confira a seguir o que diz o dicionário e não erre mais!

Dica: só uma delas existe! 

Qual é a forma correta?


Qual a diferença entre de repente ou derrepente?

De acordo com o dicionário Michaelis, a expressão correta para indicar uma situação que aconteceu de súbito é "de repente", que é uma locução adverbial. 

Ou seja, a palavra "derrepente" não existe e seu uso é incorreto, isso acontece devido à preposição (de) anteceder o substantivo (repente), impedindo a junção das palavras, permitindo apenas a sua conexão. 

Além do significado de algo repentino, a locução adverbial também pode ser utilizada de forma coloquial e ter o significado de possibilidade ou dúvida. 

Agora que você já sabe como usar essa expressão, clique aqui para saber mais sobre língua portuguesa e aumentar as suas chances de arrasar na redação, seja para o vestibular ou outro processo seletivo. 

Guia completo: Redação do Enem

Ainda não sabe escrever uma redação para o Enem? Neste guia, você aprende como deve ser o formato da redação, quais são os critérios de avaliação e vê exemplos de redações de sucesso e dicas de quem tirou nota 1.000 e é especialista no assunto. 

Vale destacar que o acesso ao material é totalmente gratuito. Basta clicar no botão abaixo e começar a estudar!

Baixar Guia sobre Redação

banner image banner image

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2022 CNPJ: 10.542.212/0001-54