Sobre
Sobre
Como funciona
Como funciona o Quero Bolsa?
Ligue grátis
0800
0800 941 3000
Seg - Sex 8h-22h
Sábado 9h-13h
Aceitamos ligação de celular
Vestibular e Enem

Confira 10 dicas de como escrever uma redação nota mil no Enem

por Thales Valeriani em 09/09/21

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021 está chegando! De acordo com  calendário, as provas serão nos dias 21 e 28 de novembro. E esses últimos meses antes da prova são considerados a reta a final, um momento decisivo para o bom desempenho dos candidatos.

Pensando nisso, a Revista Quero listou 10 dicas de como escrever uma redação nota mil no Enem


Leia mais
+ Calendário Enem 2021
+ Enem 2021: confira quais protocolos sanitários seguir para não ser eliminado

Veja 10 dicas para escrever uma redação nota mil no Enem

As dicas listadas abaixo foram passadas pelo professor e coordenador de redação do Colégio e Curso AZ (Rio de Janeiro), David Gonçalves. Elas vão desde alguns hábitos de estudo, como a frequência adequada para escrever redações, até cuidados com a gramática que devem ser tomados no momento da escrita. Confira:

+ STF e Enem 2021: entenda o julgamento que decidiu pela reabertura dos pedidos de isenção

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

1. Foque em escrever melhor, não em escrever mais redações


Alguns alunos acham que o fato de escrever mais os fará escrever melhor. Só que não bem assim, explica o professor. "O aluno não deve confundir qualidade com quantidade. Muitas vezes, ele acredita que fazer o máximo de redação possível garantirá uma nota alta. Isso não é verdade". Nesse caso, deve-se focar na qualidade dos textos, entender quais são as falhas e os erros para que as redações melhorem.

"É fundamental que ele estabeleça um período entre cada feitura. Assim, [o aluno] poderá retificar a cada novo texto o que errou anteriormente. Produzir uma quantidade enorme de textos sem que haja reflexão sobre a correção não é uma estratégia sábia", complementa David.

+ 8 temas de redação que podem cair no Enem 2021

2. Conheça os critérios de avaliação

Os textos são avaliados de acordo com alguns critérios, que possuem pesos diferentes. Por isso, saber o que é levado em consideração pelos avaliadores na hora da correção é importante para conseguir ter um bom desempenho.

"Conhecer as competências é fundamental. Os alunos precisam compreender os aspectos envolvidos em cada critério. Do contrário, sem saber, cometerá deslizes que seriam facilmente evitados caso houvesse clareza sobre as regras definidas pela banca", avalia o coordenador.

Leia também
+ Redação Enem: como conseguir nota na competência 1
+ Redação Enem: como conseguir nota na competência 2
+ Redação Enem: como conseguir nota na competência 3
+ Redação Enem: como conseguir nota na competência 4
+ Redação Enem: como conseguir nota na competência 5

3. Adquira e referencie o seu repertório sociocultural

A dissertação é o gênero textual cobrado no Enem. Isso significa que os argumentos utilizados para defender determinado ponto de vista devem ser fundamentados. 

De acordo com o professor David,  o estudante deve ser "estratégico e apropriado " ao utilizar o próprio repertório. "Referências que são aplicadas sem que haja de fato um vínculo íntimo com a argumentação dificilmente obterão a nota máxima", complementa.

Redação Enem: conheça 3 filósofos para citar no texto
+ 5 atualidades que podem cair no Enem 2021
+ Ditadura: veja o que é, as características e como o tema é cobrado no Enem

4. Atenção com os conectivos utilizados

Em resumo, os conectivos são palavra sou expressões que ligam frases, orações ou parágrafos. Os conectivos possuem diversas finalidades: de oposição, de complemento, de comparação, entre outras. Por isso, deve-se  ficar atento para não criar ambiguidade ou mesmo fazer o uso exagerado deles.

"Muitos aplicam em seus textos conectivos de modo artificial. Promover coesão não significa empregar um conectivo no início de cada período. Isso criará um efeito negativo ao texto", explica o professor de redação.

Ainda de acordo com David, "o ideal é que o aluno utilize elementos coesivos de modo responsável, respeitando os limites do gênero textual e atentando aos processos de sequenciamento e referenciação".

+ O que são conectivos e por que são essenciais na redação do Enem?

5. Atente-se com a coesão entre os parágrafos

Em uma redação, os parágrafos contêm diferentes ideias centrais, no entanto, deve haver uma continuidade entre eles. E essa relação deve ser estabelecida de modo coeso, isto é, coerente, com nexo.

"O Enem cobra a presença de elementos coesivos de natureza argumentativa em, pelo menos, dois momentos do texto. Em outras palavras, o aluno precisa empregar conectivos que estabeleçam relação semântica entre os parágrafos. Isso pode acontecer, por exemplo, entre o primeiro parágrafo de desenvolvimento e o segundo", explica o professor.

+ O que é coesão e coerência na redação?

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

6. Faça uma proposta completa de intervenção

A conclusão da redação pode ser feita com ou sem proposta de intervenção. Para o professor David, o aluno que opta por fazer uma proposta faz "uma decisão acertada". 

"Além disso, o aluno deve, obrigatoriamente, apresentar uma proposta completa que apresente cinco partes: agente, ação, modo, meio, finalidade e detalhamento de uma dessas etapas", complementa.

+ Saiba como fazer uma boa proposta de intervenção na redação do Enem

7. Apresente a ideia central ainda na introdução do texto

A introdução também costuma gerar dúvidas entre os estudantes. Mas, não se preocupe, ela deve ser sucinta e apresentar o que será discutido. 

"É conveniente concentrar a opinião central a ser defendida no texto no final da introdução. Ademais, essa opinião pode antecipar os argumentos e, assim, colaborar para a noção de projeto de texto", afirma o professor de redação.

+ 9 formas de fazer uma introdução na redação do Enem e outros vestibulares

8. Saiba se posicionar perante o tema discutido

O gênero dissertativo requer argumentos bem fundamentos e um posicionamento claro por parte do autor. Por isso, seja respeitoso e claro na hora de expressar os juízos de valor.

"O aluno deve empregar na argumentação palavras que demonstrem juízos de valor, isto é, palavras que orientem a leitura, no sentido de fazerem o leitor perceber quais são as avaliações feitas pelo aluno a respeito do que é tratado", explica o professor de redação.

9. Monte um bom tópico frasal

O tópico frasal é uma síntese do argumento central utilizado na redação. Segundo o professor de redação, ele deve ser sucinto e expresso no texto.

"É possível concentrar a opinião central do parágrafo de argumentação no seu primeiro período (tópico frasal). Isso costuma ser feito a partir de uma construção curta, que resume o que será tratado", explica.

10. Cuidado com os erros gramaticais

Os desvios gramaticais de pontuação, acentuação, ortografia, concordância nominal e verbal, entre outros, descontam pontos da redação. Além disso, determinados erros causam ambiguidade no argumento utilizado. Nessa caso, a dica do professor David é que o aluno mantenha os estudos de gramática em dia, sem a pretensão de querer decorar as regras existentes na véspera da prova.

"Muitos subestimam os erros de norma culta e deixam o estudo das regras gramaticais para o fim do ano. Esse é um erro clássico. O ideal é que esse estudo ocorra aos poucos ao longo do ano, já que há muitas regras que não serão apreendidas com facilidade se o aluno estiver com pressa nos estudos", aconselha o professor.

Reta final do Enem: baixe plano de estudo gratuito

Para te ajudar nessa corrida até o Enem, a Quero Bolsa traz o plano de estudo Enem Corridão 2021. Feito em parceria com o cursinho Se Liga, o Enem Corridão é um cronograma de estudos completo com tudo o que você precisa revisar até o Enem. E, o melhor: o plano é totalmente gratuito.

Baixar plano Enem Corridão

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

O que você achou deste artigo?

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2021 CNPJ: 10.542.212/0001-54