Sobre
Sobre
Como funciona
Como funciona o Quero Bolsa?
Ligue grátis
0800
0800 941 3000
Seg - Sex 8h-22h
Sábado 9h-13h
Aceitamos ligação de celular
Profissões

Marketing de Conteúdo: o que é preciso para seguir essa carreira?

O Marketing de Conteúdo é uma área extremamente relevante atualmente. É um campo profissional que cresce a cada dia mais, com novas oportunidades surgindo à medida que a necessidade das empresas se intensifica. No mundo digital, a comunicação na internet se tornou uma ferramenta de lucro, portanto, as organizações de todos os tipos precisam aprender a fazer um bom conteúdo.

Nesse sentido, é interessante saber como estabelecer uma carreira em Marketing de Conteúdo. Nessa profissão, você conseguirá trabalhar em diferentes frentes, bem como exercer diversas habilidades ao mesmo tempo. Por isso, para começar, é fundamental saber quais são essas habilidades e características requisitadas.

Leia mais: O que é marketing digital?

Se você tem interesse nessa área, não deixe de acompanhar com atenção os tópicos a seguir. Se precisar, até tome nota!

marketing de conteúdo carreira

Como é a carreira em Marketing de Conteúdo?

O Marketing de Conteúdo é uma subárea do Marketing Digital. Trata-se de um conjunto de estratégias para planejar, produzir e distribuir peças de conteúdo que serão cruciais na comunicação da empresa com seus clientes.

Nesse sentido, esse marketing se encarrega de trabalhar com estratégias direcionadas aos consumidores, que falem com eles de acordo com suas dores e com o momento em que estão.

Essa abordagem se diferencia de outras ações de publicidade e até mesmo do marketing offline. Afinal, o conteúdo é encontrado pelo usuário por conta dos buscadores na internet, a partir de uma necessidade. Assim, é diferente de tentar vender algo de maneira incisiva ao comprador, já que o cliente inicia a conversa. Por isso, o resultado deve ser segmentado e personalizado.

De onde vêm os profissionais

Para exercer essa carreira, geralmente surgem muitos profissionais que já trabalham com produção de conteúdo, como jornalistas, ou publicitários, que já lidam com criação de peças de comunicação. Entretanto, o que tem feito o mercado tão aquecido e dinâmico é o fato de que importa muitos profissionais de áreas diversas: tecnologia, logística, administração, direito etc. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

Algumas atribuições

Nessa carreira, o profissional ficará responsável por um conjunto de etapas para que um conteúdo específico seja criado. Inicialmente, ele pensará em como desenvolver uma estratégia e em quais são os seus objetivos principais. Ou seja, pode ser atrair mais acesso aos sites da empresa, gerar reconhecimento de marca ou conseguir contatos para passar ao time de vendas.

Pode-se pensar depois nos formatos que serão utilizados para contar a história e se comunicar com os consumidores. Nessa profissão, existem vários deles: artigos para blogs, vídeos, e-mails, ebooks, infográficos, entre vários outros. Como escolher? É necessário analisar os dados e chegar a uma conclusão do que é melhor para a persona do negócio.

Então, é necessário planejar os conteúdos, com pesquisa de palavras-chave e mapeamento dos temas que são mais relevantes para a persona. Ou seja, parte do trabalho desse profissional é exercer empatia e tentar entender o que as pessoas sofrem e o que elas aspiram. O planejamento também deve estar alinhamento aos produtos/serviços da empresa, trabalhando com temas periféricos aos assuntos principais.

Leia mais: 50 melhores faculdades de marketing do Brasil 

Em seguida, o profissional pode passar para a produção propriamente dita. O objetivo final de cada texto é levar o leitor a uma decisão no final, que o aproxime da solução do seu problema e do produto/serviço que a empresa vende.

A próxima etapa é justamente distribuir. Nesse momento, é preciso levar os posts aos canais utilizados pela sua persona diariamente e se fazer notar. Para conquistar um bom resultado, é necessário estudar os principais canais, entender como comunicar diretamente em um cada deles e trabalhar uma estratégia de postagens regulares neles.

Essas fases que descrevemos são para o principal meio de trabalho do Marketing de Conteúdo, os blogs. Contudo, existem diretrizes distintas para outras frentes, como email e redes sociais. O que importa é que todas as mídias compartilham os ideais: é necessário estabelecer uma produção consistente, organizada, engajante e, sobretudo, personalizada.

Quais são as habilidades necessárias (e como obtê-las)?

Nesta seção, vamos examinar as principais habilidades associadas com a carreira de Marketing de Conteúdo.

Escrever bem

Como a principal ferramenta desse tipo de marketing é o conteúdo, é imprescindível destacar a importância da boa escrita. Desse modo, todo candidato a essa profissão deve se certificar de saber escrever, o que inclui respeitar as regras da língua e ser capaz de tocar os clientes com um estilo empolgante e convincente.

Para conseguir isso, é importante estudar a nossa língua, ler muito e, principalmente, escrever bastante.

Leia mais: Publicidade e propaganda e marketing: entenda a diferença dos cursos 

Vale destacar que a escrita na web é diferente do que é a escrita em outros contextos. É preciso ser sucinto, pensar na experiência de leitura e estar focado em gerar valor específico para o leitor, considerando o momento em que ele vive, suas necessidades e preferências. Assim, é uma escrita empática e direcionada, contudo, sem jamais ser prolixa e sem foco. 

Saber contar histórias

O storytelling é uma das grandes tendências do Marketing de Conteúdo atual, portanto, deve ser dominado por quem deseja construir carreira nessa área. Trata-se do poder de contar histórias engajantes que situem o cliente em uma narrativa interessante para eles. Essa história precisa ter começo, meio, fim, personagens, cenários, além de ser facilmente compreensível para os consumidores.

Para aprender a contar histórias, você pode recorrer a livros e desenvolver um bom hábito de leitura. Contudo, também é essencial estudar especificamente sobre o assunto, com cursos online.

Análise de dados

Além de tudo o que já pontuamos, o profissional de conteúdo deve saber entender os números também. Principalmente porque ele precisará manipular ferramentas de análise de dados para estudar os resultados de performance, tentar traçar novos rumos a partir disso e buscar melhorias constantes. Não existe Marketing Digital sem análise de métricas, por isso, essa é uma das habilidades obrigatórias no currículo.

Algumas das mais comuns nesse universo são: número de acessos por páginas, duração de cada sessão, cliques nas publicações que levam ao blog, bem como número de compartilhamentos de um post.

Isso inclui saber lidar com softwares voltados para essa tarefa no Marketing, como Business Intelligence, Google Analytics, CRMs (customer relationship manager) e ferramentas de automação.

Leia mais: Tecnólogo ou bacharelado em marketing? 

Para aprender mais sobre isso, uma boa dica é consumir cursos sobre o assunto; outra é ler e estudar acerca de dados, Big Data e outros assuntos. Existe uma importante certificação da Google sobre o Analytics que pode ser interessante. 

SEO

O SEO (otimização para motores de busca) é uma parte integrante do Marketing de Conteúdo que faz com que tudo funcione corretamente. É esse conjunto de técnicas que vai posicionar o que for criado em buscadores para que os clientes encontrem as peças quando estiverem procurando soluções.

Assim, é fundamental aprender mais sobre o assunto e se especializar em palavras-chave, Link Building, SEO On-Page e SEO Off-Page, meta descrições, otimização de títulos, entre outras questões.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

Uma boa forma de fazer isso é procurar cursos online e certificações. Contudo, livros podem ser úteis também. Para dicas mais rápidas, você pode recorrer a vídeos no YouTube, em canais de grandes empresas de Marketing, como Neil Patel, Brian Dean da Backlinko, Hubspot e outras.

Habilidades técnicas

Para crescer no Marketing de Conteúdo, é necessário um pacote de habilidades técnicas que incluem o SEO e outras questões. Por exemplo, mais do que nunca, é interessante saber um pouco sobre programação web, principalmente as linguagens HTML, CSS e PHP. Esse conhecimento ajuda na otimização dos sites para atender às especificações de SEO e posicionar melhor as publicações no Google.

Nesse prisma, também pode ser uma boa dica buscar conhecimento especializado sobre CMS, como o WordPress. Essas características mais técnicas são importantes porque o profissional terá que gerenciar um blog e um site, portanto, precisará administrar a configuração interna e otimizar as páginas. 

Com relação às linguagens de desenvolvimento web, você pode encontrar opções de cursos online de alta qualidade e o mesmo serve para o aprendizado sobre WordPress também.

Acompanhar tendências

Precisamos destacar que a área de conteúdo é extremamente mutável. O SEO, por exemplo, passa por profundas mudanças com surgimento de novos algoritmos e abordagens do Google. Além disso, o comportamento do consumidor muda, novos canais aparecem, bem como diferentes formatos se tornam mais relevantes para o público.

Leia mais: Valor do salário comercial: varejo físico e on-line 

Desse modo, o profissional deve ser capaz de acompanhar essas variações e se adaptar a todas elas, de forma a obter o melhor para o seu dia a dia. É imprescindível sempre ler publicações das empresas do setor e acompanhar notícias especializadas para saber o que está acontecendo e adequar a produção a essas transformações.

Quais características (soft skills) são necessárias?

Essa área não é somente composta por hard skills. Por ser parte da comunicação, ela envolve muitas soft skills também. Vamos explorar algumas delas a seguir.

Poder de convencimento

O Marketing de Conteúdo não é somente escrever para fazer o leitor se sentir bem. Lembre-se: o fim não é o conteúdo em si. O objetivo é levar o cliente a uma ação, mais próxima da decisão de compra.

Por isso, cada texto deve ser desenvolvido por alguém com uma grande capacidade de convencimento, ou seja, com um poder de persuasão muito alto. É possível cultivar essa característica ao conhecer mais sobre copywriting e treinar os seus padrões.

Empatia

Como já falamos, a base da criação de conteúdo nesse contexto é a empatia. Não é somente criar de qualquer jeito, sem pensar em quem lê e somente tentando transmitir valores da empresa.

A escrita para web é focada no cliente e requer uma forte capacidade de sentir empatia com as pessoas, entender suas dores e tentar enxergar como ela ao encarar aquela peça.

Saber dar e receber feedbacks

Até pela natureza altamente analítica do Marketing de Conteúdo, é uma área que envolve uma busca por evolução constante. Por essa razão, é comum que as métricas inspirem feedbacks de colaboradores para outros. Assim, para atuar nesse campo, é preciso saber dar e receber feedbacks. 

Leia mais: O que são soft skills e quais serão importantes ter para conseguir um emprego em 2020?

Como vimos, o Marketing de Conteúdo é um dos campos mais importantes atualmente no setor de comunicação. Uma carreira nessa área pode começar com um curso ou uma certificação, porém precisa passar pelo desenvolvimento das habilidades que discutimos, desde as mais técnicas às soft skills. Assim, você poderá exercer importantes papéis, como o de Content Manager.

Agora que você já sabe o que precisa para essa carreira, aproveite para descobrir o que é um Content Manager e entender sua importância

Colaboração: Rock Content

O que você achou deste artigo?

ALERTA DE VAGAS i-close
Você pretende trabalhar e estudar ao mesmo tempo?
ALERTA DE VAGAS i-close
Para se dedicar integralmente aos estudos é sempre bom economizar.Money c94fde8014ac9b0d5ad05d244e1821fb246018cdc3570b09f72c25fde99f7b1a

Gostaria de ser avisado sempre que uma vaga estiver disponível aqui no site Quero Bolsa?

ALERTA DE VAGAS i-close
Nós podemos te ajudar Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

Aqui no Quero Bolsa você encontra as melhores vagas em diversos turnos, até mesmo ensino a distância.

Preencha os campos abaixo para receber avisos de vagas disponíveis em nosso site de acordo com seus interesses.

ALERTA DE VAGAS i-close
Deixe seus contatos Mailbox 3aaacb172f1a1e1ba19b2e93f60f637592c84194967e63e952c08d3cb04fa7a8
ALERTA DE VAGAS i-close
Falta só mais um passo! Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

As nossas melhores vagas chegam de surpresa. Por isso fique ligado.

Com a sua confirmação enviaremos ofertas exclusivas diretamente no seu Whatsapp. Rápido, fácil, prático e na tela do seu celular.

CENTRAL DE AJUDA i-close
Como podemos te ajudar?

Gostaria de saber como o Quero Bolsa funciona e se o site é confiável.

Veja as perguntas frequentes

Quero receber vagas de acordo com meus interesses diretamente em meu e-mail e WhatsApp.

Você pretende trabalhar e estudar ao mesmo tempo?
i-close

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2021 CNPJ: 10.542.212/0001-54