Sobre
Sobre
Como funciona
Como funciona o Quero Bolsa?
Ligue grátis
0800
0800 941 3000
Seg - Sex 8h-22h
Sábado 9h-13h
Aceitamos ligação de celular
banner image banner image
Profissões

PJ e CLT: entenda a diferença entre os principais tipos de contratação

por Patrícia Carvalho em 05/05/20

“Você está contratado”, é uma frase acalentadora para se ouvir, certo? Mas ela também envolve um aspecto mais burocrático, que é o tipo de contratação para o qual o funcionário se submeterá. 

O tipo de vínculo empregatício determina como será a rotina de trabalho de um profissional, assim como seus direitos e deveres. Os principais, são o de acordo com a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) e o formato Pessoa Jurídica (PJ). 

A Revista Quero reuniu informações sobre cada um dos tipos de contração, assim como suas diferenças. 

ilustração de tomada de decisão

Consolidação das Leis do Trabalho (CLT)

A Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) foi publicada no Brasil por meio do decreto-lei Nº 5.452 em 1943, para regulamentar as relações individuais e coletivas de trabalho entre empregador e empregado. 

Nesse contexto, o empregador é aquele que contrata e o empregado é a pessoa física que presta serviços em troca de remuneração, com carteira de trabalho assinada. Dentre os principais direitos do trabalhador CLT, estão:

  • Pelo menos uma folga semanal;

  • Hora de almoço;

  • Salário mínimo;

  • Férias remuneradas a cada 12 meses trabalhados;

  • Adicionais de insalubridade e periculosidade em profissões específicas;

  • Décimo terceiro salário;

  • Licença-maternidade.

Leia também: Quais são os direitos do trabalhador com carteira assinada?
Como conseguir uma vaga CLT no mercado de trabalho?

Há três tipos de contratos de trabalho assegurados pela CLT: contrato com tempo determinado, contrato com tempo indeterminado e contrato intermitente.

Contrato com tempo determinado

Os contratos com tempo determinado possuem data de início e término da atividade profissional, normalmente para exercer serviços que exigem pouco tempo para serem feitos ou empresas que atuam de forma sazonal. Embora tenha um prazo determinado - que não deve ultrapassar dois anos -, o contrato pode ser renovado ou estendido uma vez.

O trabalho com tempo determinado não deve ser confundido com o trabalho temporário, regulamentado pela lei Nº 6.019, no qual uma empresa contrata os serviços de um funcionário de outra empresa, por meio da terceirização. É utilizado para substituir um profissional permanente ou complementar a demanda de serviços.

Contrato com tempo indeterminado


É o tipo de contrato mais comum, em que há uma data de início do vínculo empregatício mas não há uma data de término, ou seja, o trabalhador pode exercer sua função durante anos.

Contrato de trabalho intermitente

O contrato de trabalho intermitente é aquele que possui o vínculo empregatício acontece de forma alternada.

O trabalhador não sabe quais dias ou em quais horários irá exercer sua função. O tempo de cada serviço pode variar entre horas, dias ou meses. Por esse motivo, a empresa deve avisar o empregado com três dias de antecedência. 

Essa dinâmica de trabalho oferece ao trabalhador a oportunidade de prestar serviço para mais de uma empresa.

Pessoa Jurídica (PJ)

O regime Pessoa Jurídica consiste na abertura de uma empresa na qual o trabalhador  passa a ser admitido por empregadores como uma empresa prestadora de serviço. Por isso, no momento de abertura é preciso escolher qual tipo de serviço será prestado. 

Nesse caso, os direitos da CLT não são válidos e ao invés de pagar o Imposto de Renda (IR), o PJ passa a pagar o Imposto sobre Serviços (ISS) ou o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) - os quais normalmente costumam ser mais barato -, além do Imposto Nacional de Seguro Social (INSS).

Por pagar o INSS, esse profissional possui benefícios como aposentadoria, licença-maternidade e auxílio-doença. 

Ao abrir uma empresa, é emitido um registro no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ). Os tipos de contratação de PJ mais comuns são o Microempreendedor Individual e Empresário Individual.

Leia também: 5 filmes para quem quer aprender sobre empreendedorismo

Microempreendedor Individual (MEI)

Como o próprio nome diz, é voltado para microempresas, formadas por um microempreendedor individual que pode ter até um empregado. Por se tratar de uma empresa pequena, há um faturamento limite de até R$ 81 mil reais por ano. 

Empresário Individual (EI)

O empresário individual atua com uma empresa em seu próprio nome e não pode ter sócios. Ele pode exercer atividades nos setores industrial, comercial ou como prestador de serviços.

No caso de serviços intelectuais, de natureza científica ou artística como médicos, engenheiros, arquitetos ou psicólogos, a prestação de serviços deve ser feita somente para uma organização como hospitais ou empresas. Para atender de forma direta, é preciso fazer parte de uma Sociedade Simples, outro tipo de PJ com participação de duas ou mais pessoas.

Leia também: Júnior, pleno e sênior: qual é a diferença entre esses níveis?

O que achou do conteúdo? Deixe sua opinião nos comentários abaixo! ;)

banner image banner image

O que você achou deste artigo?

ALERTA DE VAGAS i-close
Você pretende trabalhar e estudar ao mesmo tempo?
ALERTA DE VAGAS i-close
Para se dedicar integralmente aos estudos é sempre bom economizar.Money c94fde8014ac9b0d5ad05d244e1821fb246018cdc3570b09f72c25fde99f7b1a

Gostaria de ser avisado sempre que uma vaga estiver disponível aqui no site Quero Bolsa?

ALERTA DE VAGAS i-close
Nós podemos te ajudar Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

Aqui no Quero Bolsa você encontra as melhores vagas em diversos turnos, até mesmo ensino a distância.

Preencha os campos abaixo para receber avisos de vagas disponíveis em nosso site de acordo com seus interesses.

ALERTA DE VAGAS i-close
Deixe seus contatos Mailbox 3aaacb172f1a1e1ba19b2e93f60f637592c84194967e63e952c08d3cb04fa7a8
ALERTA DE VAGAS i-close
Falta só mais um passo! Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

As nossas melhores vagas chegam de surpresa. Por isso fique ligado.

Com a sua confirmação enviaremos ofertas exclusivas diretamente no seu Whatsapp. Rápido, fácil, prático e na tela do seu celular.

CENTRAL DE AJUDA i-close
Como podemos te ajudar?

Gostaria de saber como o Quero Bolsa funciona e se o site é confiável.

Veja as perguntas frequentes

Quero receber vagas de acordo com meus interesses diretamente em meu e-mail e WhatsApp.

Você pretende trabalhar e estudar ao mesmo tempo?
i-close

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2020 CNPJ: 10.542.212/0001-54