logo
Lista de faculdades Lista de cursos Lista de profissões Revista Quero Central de ajuda

banner image banner image
Vestibular e Enem

Prouni: quais motivos podem fazer você perder a sua bolsa de estudo?

por Isabela Giordan em 12/01/21

Atualizado em 22/02/2022

Com mais de dois milhões de bolsas concedidas em seus 17 anos de existência, o Programa Universidade para Todos (Prouni) é um programa de bolsas de estudos desenvolvido em 2004 pelo governo federal, com o intuito de ampliar o acesso ao Ensino Superior no Brasil. 

Baixe já: Plano de estudo gratuito para o Enem
+Encontre bolsas de estudo para graduação

Do Prouni de 2022/1, podem se inscrever para a seleção aqueles que tenham participado das edições de 2020 e 2021 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e atendam aos critérios de renda familiar bruta mensal estabelecidos pelo programa. O processo seletivo ocorre duas vezes ao ano e as bolsas oferecidas são de 50% e de 100%. 


Saiba mais: 
Quais são os pré-requisitos para participar do Prouni?
+ Como funciona a renovação de bolsa do Prouni?

Veja, abaixo, 9 motivos que podem fazer você perder a sua bolsa de estudos do Prouni:

1 - Término do tempo para conclusão do curso

Seja bolsa parcial ou integral, os beneficiados pelo Prouni têm duas vezes a duração do curso para concluir a graduação. Ou seja, se o curso tiver quatro anos, o aluno tem oito anos para se formar sem perder a bolsa de estudos. 

2 - Reprovação em mais de 25% das disciplinas por semestre

O bolsista do Prouni precisa ter, no mínimo, 75% de aprovação nas matérias do semestre. Ou seja, o máximo de reprovação é de 25% das disciplinas

Por exemplo, se o estudante cursou oito disciplinas no último período, ele pode reprovar em apenas duas. Caso ele tenha uma taxa de reprovação maior que isso, os professores responsáveis pelas reprovações e o coordenador do Prouni analisarão se o aluno perderá a bolsa de estudos.

+ Prouni 2022: confira as maiores notas do último ano

3 - Evasão escolar

Assim como no caso do rendimento, é preciso que o bolsista tenha uma frequência mínima nas aulas. Por isso, o aluno perderá seu direito à bolsa se faltar em mais de 25% das aulas oferecidas no semestre.

4 - Matrícula em instituição de ensino pública

Para ser bolsista do Prouni, é obrigatório que o estudante não tenha diploma ou esteja matriculado em uma instituição de ensino pública. Se o aluno se matricular durante a graduação em uma universidade pública, automaticamente, ele perde a bolsa de estudos.

5 - Mudança socioeconômica

A comprovação da renda familiar bruta mensal é obrigatória apenas na concessão da bolsa de estudos. Porém, caso o candidato sofra uma mudança brusca em sua renda e ultrapasse o valor determinado no processo seletivo, é indicado que o estudante avise o Ministério da Educação sobre a sua situação para que o órgão determine a manutenção ou cancelamento do auxílio.

Caso haja o enriquecimento do grupo familiar e alguém realize uma denúncia anônima, há a possibilidade do ministério investigar a renda do estudante durante qualquer momento da graduação e, se a irregularidade for confirmada, efetuar o cancelamento da bolsa de estudos.

+ Prouni 2022: confira as menores notas de corte do último ano

6 - Falta de envio de documentos solicitados

Após a aprovação do candidato na seleção, a instituição de ensino solicita alguns documentos para comprovar as informações prestadas durante a inscrição. Caso o candidato não envie os documentos ou os dados não estejam de acordo com o que foi declarado, o selecionado perde o direito à bolsa de estudo.

7 - Não realização da matrícula ou rematrícula no período correto

Por exemplo, as bolsas de estudo do primeiro semestre do Prouni 2021 são válidas apenas para o período do primeiro semestre. Se o estudante não fizer a sua matrícula no prazo determinado no cronograma da seleção, ele perderá o direito à bolsa de estudo.

Além disso, caso o estudante perca o período de matrícula ou rematrícula, ele também estará sujeito ao cancelamento da bolsa.

8 - Ordem judicial 

Em alguns casos, é possível que a disputa pela bolsa de estudo vá parar na Justiça, seja por processo movido pelo estudante ou até mesmo por responsáveis pelo Prouni. Se a decisão for que o candidato não tem direito ao auxílio, ele perde o acesso à bolsa. 

9 - Acúmulo de bolsas de estudo

O bolsista do Prouni tem direito a apenas uma bolsa do programa do governo. Se ele for selecionado em um novo processo seletivo, sem fazer o desligamento do benefício anterior, ele perderá o direito ao auxílio. Porém, em algumas instituições de ensino, é possível aliar o Prouni e Fies para financiar o valor restante das mensalidades.

Veja também:
+ Qual a diferença entre Sisu, Prouni, Fies e Quero Bolsa?
Quem se inscreveu no Sisu pode concorrer ao Prouni?

Como estudar para o Enem?

Para conseguir uma vaga na faculdade por meio do Prouni é preciso ter um bom desempenho no Enem. Contar com um plano de estudo, como o Plano de Estudo Enem de Boa, pode ajudar nisso. Trata-se de um cronograma completo, com indicações diárias de estudo.

Para acessar o material sem pagar nada, basta clicar no botão abaixo! Vale destacar que os usuários do plano recebem semanalmente dicas especiais para o Enem.

Plano de Estudo Enem de Boa

Utilize o Simulador de Notas de Corte do Enem e descubra as suas chances no Prouni

Tudo que você precisa fazer é informar os seguintes dados: 

  • Curso que você pretende prestar;
  • Sua cidade ou a cidade em que você deseja estudar;
  • E qual foi a sua nota no último Enem.

Simulador de nota de corte

Depois disso, você verá em alguns faculdades você tem chance com os três programas oferecidos pelo governo: Sisu, Prouni e Fies.

Opções além do Prouni 

Se você está com problemas para conseguir ou manter uma bolsa pelo Prouni, saiba que existem outras alternativas. A Quero Bolsa, por exemplo, oferece descontos de até 80% na mensalidade do curso. Não precisa prestar vestibular, nem comprovar renda. Basta acessar o site e escolher o curso, a instituição e o turno de preferência.

Encontre bolsas de estudo

A Quero Bolsa tem parceria com mais de 1.200 instituições. É muito importante que elas sejam reconhecidas pelo MEC, veja algumas:

banner image banner image

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2022 CNPJ: 10.542.212/0001-54