Sobre
Sobre
Como funciona
Como funciona o Quero Bolsa?
Ligue grátis
0800
0800 941 3000
Seg - Sex 8h-22h
Sábado 9h-13h
Aceitamos ligação de celular
banner image banner image
Cursos Técnicos

Quanto ganha um profissional com curso técnico?

* Texto escrito pela colaboradora Fernanda Silva

Muitas vezes escolhemos uma profissão pelo salário que ela pode oferecer, afinal de contas, todo mundo sonha em ter aquela casa dos sonhos ou fazer uma viagem tão aguardada. É claro que, para a maioria das pessoas, quanto maior a remuneração, melhor. E isso também é levado em consideração por quem busca um curso técnico.

quanto ganha salário curso técnico
Quanto ganha um profissional com curso técnico?

Pensando nisso, a Revista Quero fez um levantamento tendo por base os salários médios das áreas mais buscadas por estudantes de cursos técnicos. Esse é apenas um dos motivos que pode lhe incentivar a ser um profissional de nível médio

Isso porque o curso técnico é uma ótima oportunidade para quem deseja entrar com tudo no mercado de trabalho! Ou seja, se você quer estudar e ainda não está preparado para fazer a sua graduação, o curso técnico é uma excelente alternativa, pois traz a possibilidade de começar a sua carreira (e, com isso, ter também a sua independência financeira). 

Leia também:
Saiba quais são os 5 cursos técnicos que mais empregam
9 cursos técnicos que têm os maiores salários

A base dos salários apresentados neste levantamento tem como referência os valores publicados pelo site Glassdoor. Foram considerados os treze eixos tecnológicos (ou seja, áreas de cursos técnicos) apresentados no Catálogo Nacional de Cursos Técnicos (CNCT), do MEC (Ministério da Educação).

Os salários das 13 áreas mais procuradas de cursos técnicos

1. Ambiente e Saúde


Um profissional com curso técnico na área de Ambiente e Saúde ganha aproximadamente R$ 2.100,00 ao mês.  

Nesse setor, se enquadram cursos como Técnico em Enfermagem (o salário médio nacional para esse profissional é de R$ 1.925 mensais no Brasil, segundo o Glassdoor) e Técnico em Radiologia (cujo profissional com curso técnico recebe mensalmente cerca de R$ 2.560).

Leia também:
Saiba tudo sobre curso técnico em Enfermagem
Tudo o que você precisa saber sobre o curso técnico em Radiologia

Os profissionais que atual com questões do ambiente e saúde visam uma melhor qualidade de vida das pessoas e a preservação da natureza. Seu foco está no desenvolvimento e aplicação de tecnologias que dão suporte e atenção à saúde.

2. Controle e Processos Industriais 


Na área de Controle e Processos Industriais, o salário de um profissional com nível técnico varia entre R$3.000 e R$5.000 mensais

Como o nome sugere, essa é uma área relacionada às atividades produtivas. Seu profissional instala, opera, controla e faz a manutenção dos processos industriais.

Na área de Controle e Processos Industriais, existe a possibilidade de se realizar cursos técnicos em Automação Industrial, Eletroeletrônica e Metalurgia.

3. Desenvolvimento Educacional e Social


Técnico em Alimentação Escolar, Biblioteconomia e Secretaria Escolar são algumas das profissões que fazem parte da área de Desenvolvimento Educacional e Social.

Um profissional desse setor ganha, aproximadamente, R$3.000 ao mês, podendo variar dependo da empresa e da região que ela estiver localizada.

O foco desse setor está no planejamento e controle de ações sociais e educativas, promovendo hábitos saudáveis de preservação de patrimônios. Outra função importante, por exemplo, é a promoção ao respeito às diferenças interculturais e inclusão social.

4. Gestão e Negócios


Quando se fala em Gestão de Negócios, estamos nos referindo a uma área mais administrativa. Nela, há o planejamento de processo e gestão de pessoas, entre outras atividades relacionadas a esse setor.

O profissional com de nível técnico considera os instrumentos, estratégias e mecanismos para promover uma melhor gestão de uma empresa, por exemplo.

Algumas das carreiras técnicas que fazem parte desse eixo são técnico em Administração (salário de aproximadamente R$ 2.500), técnico em Comércio Exterior e técnico em Recursos Humanos (ambas atividades têm salário médio mensal de R$ 3.000).

Leia também:
5 motivos convincentes para fazer um curso técnico
Quanto custa um curso técnico?

5. Informação e Comunicação 

Esse eixo está relacionado a técnicos que se preocupam com a infraestrutura e processos de comunicação. Eles também estão relacionados ao processamento de dados e informações.

Um profissional técnico de Informática, por exemplo, tem um salário médio, no Brasil, de R$1.702. Já um técnico de Telecomunicações recebe, aproximadamente, R$2.193 mensais, segundo o site Glassdoor.

Quem atua nesse seguimento se preocupa com o desenvolvimento e implantação de sistemas e tecnologias relacionadas à informática e às telecomunicações, pensando nos equipamentos, procedimentos e suporte. 

técnico em informática
Você sabe quanto ganha um técnico em Informática?

6. Infraestrutura

A área de Infraestrutura pensa em ações ligadas à construção civil e o transporte. O técnico em Edificações, que tem um salário de aproximadamente R$2.500 ao mês, é um desses profissionais.

Quem também faz parte desse setor, que busca soluções tecnológicas para obras civis, topografia, geotécnica, hidráulica, entre outros setores é o técnico em SaneamentoSeu salário pode ultrapassar os R$4.000 mensais.

7. Militar

Quando se fala da infraestrutura e processos de formação do militar, estamos pensando em profissões como técnico em Forças Especiais, técnico em Sinalização Náutica e técnico em Hidrografia.

Eles apoiam e preparam setores de operações, logística e manutenção, por exemplo. Fazem, também, o controle de armazenamento, informações e do espaço aéreo.

Por serem profissionais das Forças Armadas, as vagas são concursadas e os salários podem variar dependendo do setor e do concurso.

8. Produção Alimentícia 


O técnico formado no setor de produção alimentícia tem como salário base aproximadamente R$ 2.000 reais. Ele trabalha com as tecnologias relacionadas à industrialização de alimentos e bebidas.

Gerenciamento de processos físicos, químicos e biológicos de industrialização, controle de insumos e produtos, distribuição e comercialização são apenas algumas das funções desse setor.

Alguns exemplo de profissionais desse setor são: técnico em Alimentos, técnico em Panificação e técnico em Agroindústria.

9. Produção cultural e Design 


Criatividade é a palavra chave de um técnico voltado à Produção Cultura e Design. Com salários que chegam a R$4.000 mensais, eles pensam em atividades ligadas à representações, linguagem e projetos de comunicação.

Criação, desenvolvimento, produção e até difusão são algumas das funções desses  profissionais. Bens culturais são os principais objetos de trabalho deles.

Técnico em Publicidade, Artes Gráficas e até Paisagismo são alguns exemplos de profissões de nível técnico que se enquadram neste eixo. 

Leia também:
Como incluir o curso técnico em seu currículo?
Quem pode fazer um curso técnico?

10. Produção Industrial


Esse setor pode parecer bastante diversificado, pois inclui cursos que vão desde técnico em Química a técnico em Cerâmica, por exemplo. Isso porque o eixo é abrangente - como o nome pode sugerir, já que a indústria está relacionada a quase tudo o que é produzido e consumimos.

Esse profissional cuida dos sistemas de produção e técnica de transformação de matéria primas, que fazem parte de uma linha de produção.

Seus salários podem chegar aos R$ 4.000 mensais.

11. Recursos Naturais 


Como se pode imaginar, o setor de Recursos Naturais está relacionado à Extração e Produção Animal, Vegetal, Mineral, Aquícola e Pesqueira. 

Esse profissional considera o planejamento técnico e econômico de cultivo e extração, além de produção de recursos naturais.

A média salarial para o técnico que atua nesse seguimento é de R$3.000. Técnicos em Agricultura, Mineração e Agropecuária são alguns exemplos de profissionais que trabalham, também, na utilização de máquinas e implementos.

12. Segurança


Infraestrutura, prevenção e proteção dos indivíduos e patrimônio: são essas as atividades que fazem parte da rotina do profissional técnico da área de Segurança.

Resumidamente, o foco desse profissional de nível técnico é prezar pela segurança pública e privada, pensando, também, na estrutura do trabalho e em maneiras de evitar acidentes neste ambiente.

O salário médio nacional de Técnico em Segurança do Trabalho é de R$2.632, no Brasil.

13. Turismo, Hospitalidade e Lazer


Essa área certamente soa atraente. O técnico voltado à área de Turismo, Hospitalidade e Lazer trabalha com funções voltadas para a recepção de viajantes e hóspedes, viagens, eventos e gastronomia, por exemplo. 

Planejar, organizar e avaliar produtos e serviços de turismo e lazer é a principal missão desse profissional.

Seu salário, em nível técnico, varia entre R$1.000 e R$3.000 em cargos como técnico em Eventos ou técnico em Hospedagem e Lazer, por exemplo.

Quanto custa fazer curso técnico?

dinheiro quanto custa
Quanto custa fazer um curso técnico?

Um curso técnico é uma ótima oportunidade para quem deseja começar no mercado de trabalho. O valor da mensalidade de um curso desses pode variar bastante dependendo da área de ensino e da instituição. 

Porém, é possível encontrar uma bolsa de estudo para realizar o seu técnico pagando até 80% menos nas mensalidades. Com o Quero Bolsa isso é possível! São centenas de opções de cursos em diversas áreas para você se desenvolver e começar já no mercado de trabalho. Veja abaixo quais vagas estão disponíveis:

Encontrar curso técnico

Onde fazer o seu curso técnico?

Sabemos que existem muitas opções de instituições de ensino onde você pode encontrar o seu curso técnico. Por isso, separamos abaixo quais são as mais buscadas pelos alunos do Quero Bolsa. Confira:

banner image banner image

O que você achou deste artigo?

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2020 CNPJ: 10.542.212/0001-54