Sobre
Sobre
Como funciona
Como funciona o Quero Bolsa?
Ligue grátis
0800
0800 941 3000
Seg - Sex 8h-22h
Sábado 9h-13h
Aceitamos ligação de celular
78fb79f3f0fb4a48bbc1507efca4155bb84c508a 81be28ba8d486afd15df9378e0ce6ddfd7cbf763
Vestibular e Enem

Unesp 2020: 11 possíveis temas de redação

por Giovana Murça em 28/11/19

Nos próximos dias 15 e 16, milhares de estudantes enfrentam a segunda fase do vestibular da Universidade Estadual Paulista (Unesp). Além das provas dissertativas, os candidatos também irão encarar a temida redação.

possíveis temas redação unesp

Veja também: Como é o vestibular da Unesp?
Calendário Unesp 2020

A Vunesp exige uma redação dissertativa-argumentativa que vale de 0 a 28 pontos. Com ajuda dos textos da coletânea, os candidatos devem elaborar uma redação do tema solicitado. 

Um dos diferenciais da redação da Unesp é que a qualidade dos textos da coletânea, que ajudam muito na reflexão. “São textos que trazem muitas informações, pontos de vista opostos e que o candidato deve incorporar em seu texto”, enfatiza Sérgio Paganim, coordenador de Linguagens do Anglo Vestibulares.

O professor Sérgio explica que a Unesp tem a tradição de cobrar temas mais sociais que, por vezes, filosóficos. Em 2018 e 2019, por exemplo, os temas foram “O voto deveria ser facultativo no Brasil?” e “Compro, logo existo?”, respectivamente. 

Veja os temas anteriores: 10 últimos temas de redação da Unesp

Outra característica da Unesp, apontada por Paganim, é a escolha de temas claros, bem delimitados na frase tema e com uma polêmica muito explícita. “Como consequência disso, é importante que o candidato adote um posicionamento, um dos lados da questão, com muita clareza e o quanto antes em seu texto. Ao escolher um lado, é preciso refutar o ponto de vista contrário mostrando suas fragilidades para garantir uma nota alta”, aconselha Paganim.

Possíveis temas de redação

Em sua redação, a Unesp costuma pedir temas atuais e relevantes para o debate social. O professor Paganim aposta em quatro assuntos que os candidatos devem aumentar seu repertório: meio ambiente, saúde pública, cultura digital e segurança pública.

Dentro desses assuntos, o coordenador Sérgio Paganim elencou 11 temas de redação que podem cair no vestibular da Unesp 2020. Confira!

Meio ambiente

Preservação ambiental X Exploração de recursos naturais

De acordo com relatório do Global Forest Watch, o Brasil foi o país que mais perdeu árvores primárias no mundo em 2018, ao todo 12 milhões de hectares de florestas tropicais desapareceram. Pensando no avanço da pecuária e o uso de queimadas, a prova pode cobrar os conflitos de interesse entre a preservação ambiental e a exploração de recursos naturais em vista do desenvolvimento econômico. 

Tragédias ambientais: acaso, falta de fiscalização do Estado ou ganância de empresas?

O rompimento da barragem de Mariana (MG), em 2015, é considerado o maior desastre ambiental da história do Brasil. Em 2019, a tragédia voltou a acontecer, dessa vez com a barragem de Brumadinho (MG). Ambas barragens eram comandadas pela empresa Vale, uma mineradora multinacional brasileira. Essas tragédias ambientais seriam frutos do acaso, da incapacidade do Estado de fiscalizar grandes atividades de mineração ou da ganância dessas grandes empresas que foram descuidadas?

possíveis temas redação unesp
Rua do distrito Bento Rodrigues após o desastre de Mariana (Romerito Pontes/Wikimedia Commons)

Leia também: 12 tragédias que podem cair no Enem e outros vestibulares

Acordos de proteção ao meio ambiente internacionais devem se sobrepor aos interesses nacionais?

Atualmente, no governo Bolsonaro, surgiu a possibilidade do Brasil deixar de ser signatário do Acordo de Paris, um tratado internacional. No acordo, assinado em 2015, o Brasil se comprometeu em diminuir a poluição e recuperar 12 milhões florestas para conter aquecimento global. Esses acordos internacionais de proteção ao meio ambiente devem se sobrepor aos interesses nacionais de desenvolvimento?

Saúde pública

Doenças sexualmente transmissíveis: negligência dos jovens ou deficiência do Estado?

Os números de jovens com HIV aumentou e o país vive um surto de sífilis. Muitos jovens acreditam que o preservativo serve somente para evitar gravidez e deixam de se proteger. Outros agravantes para o problema são a falta de educação sexual nas escolas e a falta de diálogo dos pais e entre os próprios jovens. Entretanto, o problema também pode ser entendido como uma deficiência do estado por medidas de prevenção.

Surto de doenças erradicadas: culpa do movimento antivacina ou descuido do Estado?

Por meio da vacinação, muitas doenças foram erradicadas no Brasil e no mundo. Apesar disso, muitas pessoas aderem ao chamado Movimento Antivacinação. A situação preocupa autoridades e políticos, já que algumas dessas doenças antes erradicadas estão voltando, como o sarampo. Por outro lado, pode haver a falta de atenção do Estado nessa área de prevenção.

possíveis temas redação unesp
Campanha de Multivacinação de 2011, em Belo Horizonte (Foto: Luiza Vianna/Prefeitura de Belo Horizonte)

Leia mais: Movimento Antivacinação: O que você precisa saber sobre o tema

Os problemas da saúde pública serão resolvidos com mais investimento público ou pela iniciativa privada?

Pensando na solução dos diversos problemas de saúde pública do país, a prova pode confrontar a saúde pública e a privada. Afinal, esses problemas devem ganhar mais atenção do dinheiro público ou podem ser resolvidos pela iniciativa privada, com o atendimento de clínicas particulares, por exemplo?

Cultura digital

Digitalização da vida na nuvem: mais segurança ou riscos à privacidade?  

Hoje, salvar arquivos pessoais na nuvem se tornou comum. A nuvem é tida como uma ferramenta segura, confiável e prática. Entretanto, no ambiente virtual o perigo pode ser real à privacidade. De acordo com o Relatório de Ameaças à Segurança na Internet de 2019, o Brasil foi classificado como o quarto país com mais invasões de hackers e crimes virtuais.

Os bens culturais digitais tendem a enfraquecer os bens culturais tradicionais?

Novas tecnologias sempre colocam em discussão as formas tradicionais. Quando a televisão apareceu, muitos pensaram que o rádio desapareceria. Com a popularização do cinema, foi a vez de acreditarem que a televisão cairia em desuso. A Unesp pode questionar se bens culturais digitais, como filmes, músicas e arte digital, tendem a suplantar os bens tradicionais de cultura, como teatro e museu. 

possíveis temas redação unesp
(Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

Discurso de ódio baseado na liberdade de expressão X Responsabilidade ética

É considerado discurso de ódio toda comunicação que inferiorize ou incite contra uma pessoa ou grupo com base em sua raça, gênero, religião, orientação sexual, entre outros. Na atualidade, esses discursos são amplamente propagado pela internet, principalmente nas redes sociais. De um lado, há aqueles que pensam se tratar apenas de opinião e que pode ser expressa livremente, já outros entendem como mensagens que ferem a constituição.

Segurança pública

Os problemas de segurança pública serão resolvidos por meio de políticas públicas ou iniciativas privadas? 

As falhas nos serviços de segurança pública intensificam a defesa de serviços de segurança privada, propostas de flexibilização do uso de armas a iniciativa de grupo de “justiça com as próprias mãos”. Outros defendem o investimento do Estado na polícia e na prevenção de crimes.

possíveis temas redação unesp
O presidente Bolsonaro assinando o novo decreto no dia 7 de janeiro de 2019 (Foto: Marcos Corrêa/Wikimedia Commons)

Leia mais: Posse e porte de arma de fogo no Brasil: saiba como argumentar na redação

Quais as causas para a crise do sistema carcerário brasileiro?

O brasil vive uma crise em seu sistema penitenciário e precisa de reformas urgentes do Estado. Uma série de problemas compõem essa crise, como a superlotação dos presídios, a falta de condições básicas de sobrevivência e infraestrutura das cadeias, o aumento crescente da população carcerária, fugas, rebeliões e a repressão violenta aos detentos.

possíveis temas redação unesp
(Foto: Valter Campanato/Agência Brasil)

Leia mais: Atualidades: Crise do sistema penitenciário brasileiro
78fb79f3f0fb4a48bbc1507efca4155bb84c508a 81be28ba8d486afd15df9378e0ce6ddfd7cbf763

O que você achou deste artigo?

ALERTA DE VAGAS i-close
Tá na dúvida? Preencha suas preferências que a gente te ajuda a achar sua vaga ideal.
ALERTA DE VAGAS i-close
Descubra qual profissão mais se encaixa com você.

Não fique na dúvida sobre o seu futuro. Faça o Teste Vocacional do Quero Bolsa.

ALERTA DE VAGAS i-close
Nós podemos te ajudar Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

Aqui no Quero Bolsa você compare vagas com bolsa em mais de 1.000 faculdades

Preencha os campos abaixo para receber avisos de vagas disponíveis em nosso site de acordo com seus interesses.

ALERTA DE VAGAS i-close
Deixe seus contatos Mailbox 3aaacb172f1a1e1ba19b2e93f60f637592c84194967e63e952c08d3cb04fa7a8
ALERTA DE VAGAS i-close
Falta só mais um passo! Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

As nossas melhores vagas chegam de surpresa. Por isso fique ligado.

Com a sua confirmação enviaremos ofertas exclusivas diretamente no seu Whatsapp. Rápido, fácil, prático e na tela do seu celular.

CENTRAL DE AJUDA i-close
Como podemos te ajudar?

Gostaria de saber como o Quero Bolsa funciona e se o site é confiável.

Veja as perguntas frequentes

Quero receber vagas de acordo com meus interesses diretamente em meu e-mail e WhatsApp.

Tá na dúvida? Preencha suas preferências que a gente te ajuda a achar sua vaga ideal.
i-close

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2019 CNPJ: 10.542.212/0001-54