Fale com a gente

Como funciona
  1. Busque sua bolsa

    Escolha um curso e encontre a melhor opção pra você.


  2. Garanta sua bolsa

    Faça a sua adesão e siga os passos para o processo seletivo.


  3. Estude pagando menos

    Aí é só realizar a matrícula e mandar ver nos estudos.


Olá! Quer uma ajudinha para descobrir seu curso ou faculdade ideal?

Banco de Dados

Saiba tudo sobre o curso de Banco de Dados e comece a estudar com ajuda da Quero Bolsa

Ilustração de uma garota fazendo uma pesquisa do curso de Banco de Dados no notebook
Média Salarial: R$ 7.724,55
Duração: em média, 2 anos
Bolsas: a partir de R$ 41,00
Ver bolsas de até 89%

Sobre o curso de Banco de Dados

O curso de Banco de Dados oferece uma trilha de aprendizado fundamental para aqueles que desejam compreender e manipular dados de forma eficiente e inteligente. O curso mergulha nos fundamentos dos sistemas de gerenciamento de banco de dados (SGBDs), explorando conceitos como modelagem de dados, normalização, e estruturas de armazenamento.

Os alunos são imersos em linguagens de consulta, como SQL, aprendendo a criar consultas complexas para recuperar e manipular informações específicas.

Além disso, o curso aborda as melhores práticas de design de banco de dados, focando na otimização de desempenho, integridade dos dados e segurança. Os estudantes são desafiados a projetar e implementar bancos de dados reais, enfrentando problemas práticos e refinando suas habilidades técnicas.

A importância do curso de Banco de Dados não se limita apenas aos programadores e desenvolvedores. Profissionais de diversas áreas, como análise de dados, ciência da computação, e administração de sistemas, podem se beneficiar do conhecimento adquirido. Com a explosão da era digital, empresas em todos os setores demandam profissionais capacitados para gerenciar e interpretar dados de maneira eficaz.

Ao concluir o curso, os alunos estarão equipados com as habilidades necessárias para enfrentar os desafios do mundo dos dados. Eles serão capazes de projetar, implementar e administrar sistemas de banco de dados robustos, contribuindo para a eficiência e o sucesso das organizações em que atuam.

Veja bolsas de estudo para o curso de Banco de Dados

Os tipos de formação para o curso de Banco de Dados são: tecnólogo e pós-graduação .

Como é o curso de Banco de Dados?

Segundo as Diretrizes Curriculares Nacionais definidas pelo Ministério da Educação (MEC), o curso de Banco de Dados segue as normas gerais dos cursos Tecnológicos e está dentro do eixo de Informação e Comunicação, com carga horária mínima de 2.000 horas.

As disciplinas mais comuns do curso são:

  • Administração de Banco de Dados;

  • Administração e Segurança de Redes;

  • Análise e Modelagem de Banco de Dados;

  • Comunicação Aplicada;

  • Data Wharehousing e Data Mining;

  • Desenvolvimento Sustentável;

  • Economia e Mercado;

  • Empreendedorismo;

  • Estatística;

  • Ética e Legislação Profissional;

  • Ferramentas de Gestão do Desempenho;

  • Fundamentos de Sistemas Operacionais;

  • Fundamentos e Estrutura de Banco de Dados;

  • Gestão da Qualidade;

  • Gestão de Projetos;

  • Gestão Estratégica de Recursos Humanos;

  • Linguagem de Programação para Banco de Dados;

  • Lógica;

  • Otimização e Performance de Banco de Dados Relacionais;

  • Princípios de Sistemas de Informação;

  • Redes TCP/IP;

  • Sistemas de Integridade e Segurança de Dados;

  • Tendências em Sistemas de Suporte e Decisão.

O curso de Banco de Dados também pode ser ofertado em nível de pós-graduação. Nesse caso, o programa destina-se a profissionais da área de TI que buscam aprofundar seus conhecimentos sobre o armazenamento, gestão e manipulação de informações em sistemas digitais. O curso oferece uma abordagem aprofundada sobre sistemas de gerenciamento de bancos de dados (SGBDs), abrangendo modelos relacionais, NoSQL, técnicas de otimização e segurança. Também são abordados tópicos como big data, data warehousing, mineração de dados e aspectos de alta disponibilidade e escalabilidade.

A pós-graduação capacita o profissional a projetar, implementar e administrar bancos de dados de alto desempenho, além de estar apto a enfrentar desafios emergentes na área, como integração de dados, machine learning e cloud computing.

Qual a grade curricular de Banco de Dados?

Grade Curricular é o conjunto de matérias que o aluno estudará durante o curso. Veja abaixo um exemplo de grade curricular para o curso de Banco de Dados em uma de nossas faculdades parceiras:

  • Administração de Banco de Dados

  • Administração e Segurança de Redes

  • Análise e Modelagem de Banco de Dados

Ver a grade curricular

O que se aprende na faculdade de Banco de Dados?

No curso de [Banco de Dados](https://querobolsa.com.br/cursos-e-faculdades/banco-de-dados/bolsas?l=graduacao), os alunos mergulham em um vasto conjunto de conhecimentos essenciais para compreender e manipular eficientemente conjuntos de dados. Desde os fundamentos até as técnicas avançadas, o curso abrange uma variedade de tópicos cruciais.

Os estudantes aprendem sobre os principais conceitos de modelagem de dados, incluindo a estruturação de informações em tabelas e a relação entre diferentes conjuntos de dados. Eles exploram os princípios de normalização, que visam eliminar redundâncias e garantir a integridade dos dados.

Um dos aspectos centrais do curso é o domínio da linguagem SQL (Structured Query Language). Por meio do SQL, os alunos aprendem a criar consultas complexas para recuperar, inserir, atualizar e excluir dados de um banco de dados. Eles exploram as nuances das cláusulas SELECT, JOIN, WHERE e GROUP BY, entre outras, para realizar operações específicas com eficiência.

Além disso, o curso aborda aspectos práticos do design e implementação de sistemas de banco de dados. Os alunos aprendem sobre diferentes tipos de SGBDs (Sistemas de Gerenciamento de Banco de Dados), como banco de dados relacional, NoSQL e NewSQL, e suas respectivas aplicações.

Outro ponto essencial é a compreensão dos mecanismos de indexação, armazenamento e recuperação de dados, bem como a otimização de consultas para melhorar o desempenho do sistema.

À medida que avançam no curso, os alunos também exploram temas avançados, como transações, segurança de dados, backup e recuperação, replicação e escalabilidade.

Por meio da formação, o estudante adquire conhecimentos nos diferentes sistemas de bancos de dados (SGBDs) disponíveis, que podem ser classificados de acordo com sua estrutura e finalidade. Alguns exemplos populares incluem:

  • MySQL: amplamente utilizado em aplicações web e sistemas empresariais.
  • PostgreSQL: um SGBD relacional open-source poderoso.
  • Oracle Database: muito utilizado por grandes empresas e em sistemas críticos.
  • Microsoft SQL Server: popular em ambientes empresariais Windows.
  • SQLite: leve e embutido em muitas aplicações e dispositivos.
  • MongoDB: banco de dados orientado a documentos.
  • Cassandra: banco de dados de colunas distribuídas.
  • Redis: armazenamento em memória, usado principalmente como cache.
  • Neo4j: banco de dados gráfico, orientado a relações.
  • CouchDB: banco de dados orientado a documentos com foco na web.
  • Google Spanner: combinação de banco de dados relacional com escalabilidade horizontal.
  • CockroachDB: inspirado pelo Spanner, é distribuído e compatível com SQL.
  • SAP HANA: combina bancos de dados em memória, análise de dados e aplicativos.
  • MemSQL: banco de dados relacional em memória para análises e transações em tempo real.
  • InfluxDB: otimizado para a gravação e consulta de séries temporais.

Se você deseja descobrir se o curso de Banco de Dados é a escolha certa para você, não deixe de conferir o Teste Vocacional da Quero Bolsa. É rápido, gratuito e pode te ajudar nessa importante escolha profissional.

Quanto custa uma faculdade de Banco de Dados?

O valor do curso de Banco de Dados pode variar muito de acordo com a instituição de ensino. É possível encontrar mensalidades a partir de R$ 75,48 entre as instituições parceiras da Quero Bolsa.

Procure o curso de Banco de Dados ideal para você!

Com mensalidades a partir de R$ 41,00 entre as 1.403 instituições parceiras do Quero Bolsa.

Veja como é simples começar a estudar

  1. Encontre seu curso
  2. Garanta sua bolsa
  3. Economize até se formar

Sobre a carreira de Banco de Dados

O que faz o profissional de Banco de Dados?

O tecnólogo em Banco de Dados administra ambientes computacionais, implantando e documentando rotinas e projetos. Ele também controla os níveis de serviço de sistemas operacionais, banco de dados e redes.

Este profissional fornece suporte técnico no uso de equipamentos e programas computacionais e no apoio a usuários.

Além disso, configura e instala recursos e sistemas computacionais e controla a segurança do ambiente computacional.

Onde o profissional de Banco de Dados pode trabalhar?

Os profissionais formados no curso de Banco de Dados têm um vasto leque de oportunidades de carreira em diversas indústrias e setores. Suas habilidades especializadas são altamente valorizadas em um mundo onde os dados se tornaram o núcleo de operações e tomadas de decisão em praticamente todas as organizações.

Um profissional de banco de dados pode encontrar oportunidades em empresas de tecnologia, startups, instituições financeiras, empresas de saúde, varejistas, empresas de consultoria e muitos outros ambientes. Aqui estão algumas áreas onde esses profissionais podem atuar:

Administração de Banco de Dados: Os profissionais podem trabalhar como administradores de banco de dados, sendo responsáveis por projetar, implementar e manter sistemas de gerenciamento de banco de dados (SGBDs). Isso envolve garantir a segurança dos dados, otimizar o desempenho do sistema, realizar backups e recuperações, e garantir a integridade dos dados.

Desenvolvimento de Software: Muitos profissionais de banco de dados trabalham como desenvolvedores de software, projetando e implementando aplicativos que interagem com bancos de dados. Eles utilizam linguagens de programação como Java, Python, C#, entre outras, para criar sistemas que manipulam dados de forma eficiente.

Análise de Dados: Profissionais com conhecimentos em banco de dados são essenciais para análise de dados. Eles ajudam as organizações a extrair insights valiosos de grandes conjuntos de dados, identificando padrões, tendências e oportunidades de melhoria nos processos de negócios.

Business Intelligence e Data Warehousing: Profissionais de banco de dados desempenham um papel fundamental no desenvolvimento e manutenção de sistemas de Business Intelligence (BI) e data warehousing. Eles projetam e implementam estruturas de armazenamento de dados que permitem análises avançadas e relatórios gerenciais.

Consultoria em Banco de Dados: Muitos profissionais optam por trabalhar como consultores independentes ou em empresas de consultoria, oferecendo serviços especializados em design, implementação e otimização de bancos de dados para uma variedade de clientes.

Dica importante: Confira o Guia Completo sobre a Redação do Enem. Veja dicas incríveis para você arrasar e conseguir uma boa nota nesta parte importante da prova. Tenha acesso aos critérios de avaliação, dicas de especialistas e exemplos nota 1000! Tudo gratuito para você!

Quanto ganha um profissional de Banco de Dados?

O salário médio de um DBA (Administrador de Banco de Dados) no Brasil é de R$ 7.724,55 . Os estados onde a profissão de DBA (Administrador de Banco de Dados) têm os melhores salários são ES, DF e SP.

Quer saber o salário das demais especialidades? Veja aqui

Ver salários dessa profissão
Sino de ofertas
Receba um alerta quando a vaga ideal chegar!

Como ingressar na profissão de Banco de Dados?

Quais são as exigências do mercado de trabalho para o profissional de Banco de Dados?

O mercado de trabalho para profissionais formados no curso de Banco de Dados é altamente dinâmico e demanda uma série de habilidades específicas. As exigências variam de acordo com a função desempenhada, mas algumas competências são comumente solicitadas:

Conhecimento em Bancos de Dados Relacionais: Proficiência em projetar, implementar e administrar bancos de dados relacionais, compreendendo conceitos como normalização, modelagem de dados e estruturas de tabelas.

Linguagens de Consulta (SQL): Habilidade avançada em linguagens de consulta, especialmente SQL, para realizar operações complexas, otimizar consultas e garantir a integridade dos dados.

Administração de Sistemas de Gerenciamento de Banco de Dados (SGBD): Competência na administração de SGBDs populares, como MySQL, PostgreSQL, Oracle ou SQL Server, incluindo a capacidade de configurar, monitorar e otimizar o desempenho.

Segurança de Dados: Compreensão sólida dos princípios de segurança de dados, incluindo controle de acesso, criptografia e implementação de políticas para proteger informações sensíveis.

Conhecimento em Bancos de Dados NoSQL: Familiaridade com tecnologias NoSQL, como MongoDB, Cassandra ou Redis, para lidar com modelos de dados não relacionais e requisitos específicos de escalabilidade.

Habilidades de Modelagem de Dados: Capacidade de criar modelos de dados eficientes, compreendendo as necessidades do negócio e garantindo a integridade e a eficácia das estruturas de banco de dados.

Resolução de Problemas e Otimização: Aptidão para identificar e solucionar problemas de desempenho em bancos de dados, além de habilidades para otimizar consultas e processos de armazenamento.

Backup e Recuperação: Conhecimento prático na implementação de estratégias eficazes de backup e recuperação para garantir a continuidade dos dados em situações de falha.

Compreensão de Tendências Tecnológicas: Acompanhamento de tendências emergentes, como Big Data, Machine Learning e Cloud Computing, e capacidade de aplicar esses conceitos em contextos específicos.

Habilidades de Comunicação: Boas habilidades de comunicação são cruciais para interagir com equipes multidisciplinares, entender as necessidades dos usuários e explicar conceitos técnicos de maneira acessível.

Experiência Prática: Preferencialmente, experiência prática em projetos reais, estágios ou trabalhos anteriores que demonstrem a aplicação prática dos conhecimentos adquiridos durante o curso.

Quais são as principais competências pessoais do profissional de Banco de Dados?

As principais características do profissional de Banco de Dados, listadas pelo Ministério do Trabalho, são:

Iniciativa;
Trabalhar sob pressão;
Atenção concentrada;
Criatividade;
Paciência;
Manter sigilo;
Capacidade de raciocinar logicamente;
Contornar situações adversas;
Trabalhar em equipe;
Capacidade de se colocar no lugar do usuário.

Nota de corte para Banco de Dados

Sabia que, utilizando apenas o seu resultado do Enem, você pode entrar em diversos cursos de universidades federais, estaduais e privadas?

Para ajudar o estudante a entender as suas possibilidades, o Quero Bolsa desenvolveu o Simulador de Nota de Corte . O sistema reúne os dados das últimas provas e mostra o desempenho mínimo para conseguir uma vaga em um dos programas educacionais do governo.

No último ano, as notas de corte registradas para o curso de Banco de Dados foram:

Balões de Conversa - Dúvidas sobre Banco de Dados
Está com dúvidas sobre Banco de Dados? Os alunos e ex-alunos do curso estão prontos para tirar suas dúvidas. Ver perguntas e respostas

Perguntas e Respostas - Banco de Dados

Tipo de Pergunta
Recentes