Info Icon Ajuda Help Icon Ajuda
Biologia

Traqueia

Jéssica Maciel
Publicado por Jéssica Maciel
Última atualização: 17/10/2018

Introdução

A traqueia faz parte do sistema respiratório. É um tubo cilíndrico de posição vertical, membranoso e cartilaginoso. Possui de 15 a 20 centímetros de comprimento e de 1,5 a 2,5 centímetros de diâmetro.

Sua localização exata se inicia logo após a laringe descendo pela região anterior do pescoço e terminando atrás da região superior do esterno. Nessa região final, a traqueia se divide em dois tubos menores onde se iniciam os brônquios.

📚 Você vai prestar o Enem 2020? Estude de graça com o Plano de Estudo Enem De Boa 📚

Função

As funções da traqueia são de umidificar e filtrar o ar, para em seguida conduzi-lo até os pulmões.
 Os cílios existententes dentro da traqueia são capazes de reter partículas e microrganismos. Existe também muco que reveste a traqueia e ajuda na filtração do ar, retendo bactérias e poeira. Após a filtragem do ar, essas partículas são conduzidas para fora do organismo por meio dos cílios.

🎓 Você ainda não sabe qual curso fazer? Tire suas dúvidas com o Teste Vocacional Grátis do Quero Bolsa 🎓

Funcionamento

O funcionamento da traqueia se dá de maneira involuntária: o diâmetro de seu canal varia de modo que, ao contrair ou relaxar os músculos de suas paredes, o fluxo de ar que passa por esse canal se adapta às necessidades do indivíduo naquele momento.

Quando o organismo percebe a presença de partículas estranhas, os músculos da traqueia contraem, aumentando a velocidade do fluxo de ar, o que produz o reflexo da tosse.

Ao passar pela camada mucosa da traqueia, o muco produzido por suas glândulas faz com que o ar seja umidificado e filtrado, retendo partículas estranhas.

Junto desse processo, os movimentos dos cílios deslocam esse muco com as partículas em direção à laringe para ser deglutido e assim limpar a traqueia.

Anatomia

Na região externa, a traqueia é lisa e plana, tendo sua espessura aumentada em sua região medial, enquanto tem sua espessura diminuída no seu início e no seu fim.

Embora seja bastante elástica, a traqueia tende a passar pelo processo de ossificação e se tornar mais dura com o passar dos anos.

Anéis de cartilagem

A traqueia é formada por anéis de cartilagem em formato de “C” (cerca de 12 a 15 em um adulto). Estão dispostos horizontalmente uns sobre os outros e unidos por um tecido fibroso.

Esses anéis cartilaginosos desempenham o papel de não permitir que as paredes da traqueia colidam, fazendo com a passagem de ar não seja interrompida.

O primeiro e o último anel cartilaginoso da traqueia possuem características que os distinguem dos outros anéis. O primeiro anel é largo e está ligado diretamente com a região inferior da laringe. O último anel é espesso e largo em sua região medial, devido a sua borda inferior que se alonga até os brônquios.

A membrana fibrosa que une os anéis cartilaginosos da traqueia, são constituídos por duas camadas diferentes.
 A primeira camada é espessa e passa pela região externa de cada anel. Já a segunda camada passa pela região interna dos anéis. Essas duas membranas se unem na região de fronteira entre dois anéis. Dessa forma conseguem conectar e fixar toda a traqueia.

Camadas

A traqueia é constituída por três camadas: A camada mucosa, a camada submucosa e a camada adventícia.

Camada mucosa

A camada mucosa da traqueia é uma camada que se prolonga da camada mucosa da laringe e é composta por um tecido areolar (tecido fibrosos entrelaçado) e um tecido linfóide (tecido formado por vários tipos de células do sistema imunológico)

A camada mucosa apresenta também uma membrana que serve como base para a camada epitelial. É ela quem suporta a camada mais superficial da traqueia, onde estão os cílios responsáveis pela filtração do ar.

Camada submucosa

A camada submucosa da traqueia é uma camada composta por tecido conectivo frouxo repleto de nervos, vasos sanguíneos e glândulas produtoras de muco.

Camada adventícia

A camada adventícia da traqueia é composta por tecido conjuntivo frouxo repleto de células adiposas. Esse tecido é comum a outros órgãos como tireóide e esôfago.

Ilustração dos órgãos do sistema respiratório, podendo ser identificado a traqueia bifurcando-se em dois brônquios e se conectando ao pulmão.Ilustração dos órgãos do sistema respiratório, podendo ser identificado a traqueia bifurcando-se em dois brônquios e se conectando ao pulmão.


Exercícios

Exercício 1
(Quero Bolsa)

Após adentrar o corpo humano, ou pelas fossas nasais ou pela boca, o ar é conduzido até a faringe. Em seguida é conduzido respectivamente ao (a):

Ilustração: Rapaz corpulento de camiseta, short e tênis acenando

Inscreva-se abaixo e receba novidades sobre o Enem, Sisu, Prouni e Fies:

Carregando...