Info Icon Ajuda Help Icon Ajuda
Biologia

Esôfago

Jéssica Maciel
Publicado por Jéssica Maciel
Última atualização: 19/9/2018

Introdução

O esôfago é um órgão do sistema digestório e consiste em um tubo muscular oco de aproximadamente 25cm de comprimento e 3cm de diâmetro.

Ele é localizado entre o extremo inferior da laringo-faringe e o setor superior do estômago.

📚 Você vai prestar o Enem 2020? Estude de graça com o Plano de Estudo Enem De Boa 📚

Função

O esôfago tem como função o transporte de alimentos sólidos, pastosos e líquidos (já parcialmente digeridos pela boca), para o estômago.

O transporte se dá através de movimentos peristálticos com ondas involuntárias e automáticas de contração.

O esôfago não se comporta como um órgão rígido, pois, se não fosse pelos movimentos peristálticos, a deglutição só seria possível em pé. Assim, seria usada a ação da gravidade para conduzir o alimento até o estômago.

Os movimentos são controlados pelo sistema nervoso autônomo, o mesmo responsável pela contração ou relaxamento do estômago e pelos movimentos respiratórios.

Divisão

O esôfago é dividido em três partes: proximal média, cervicaltorácica e abdominal.

Região proximal média

É separada da traqueia apenas por um tecido conjuntivo frouxo e possui aproximadamente 4 centímetros de comprimento.

Região cervical torácica

É a maior entre as regiões do esôfago. Possui 18 centímetros e está localizada entre a região proximal média e abdominal.

Região abdominal

É a parte que se liga ao estômago e possui aproximadamente 3 centímetros de comprimento.

Formação

De modo geral, o esôfago é formado pelos mesmos tecidos que o restante do trato digestivo.

Ele é revestido por epitélio não queratinizado (ou seja, possui células que não contém queratina, portanto são permeáveis) e protegido por muco de glândulas situadas em sua parede.


 A formação das estruturas musculares do esôfago dependem da sua localização:

Musculatura estriada

Está presente na região proximal média e no início da região cervical torácica.

Musculatura lisa

Está presente no restante da região cervical torácica e na região abdominal.

É essa diferenciação na musculatura que fica responsável pela diferença de velocidade na passagem do alimento.

Camadas

As camadas do esôfago são quatro: mucosa, submucosa, muscular e adventícia.

Camada mucosa

É o tecido que reveste a porção interna do esôfago. Apresenta tecido conjuntivo, vasos sanguíneos e glândulas mucosas.

Camada submucosa

É formada por tecido conjuntivo e possui vasos sanguíneos, nervos e glândulas diversas.

Essa camada é de extrema importância pois as pequenas glândulas encontradas em seu tecido secretam substâncias que combatem agentes externos, possíveis causadores de infecções, além de mantê-lo úmido e lubrificado.

Camada muscular

Se compõe em sua maioria de músculo estriado esquelético, mas em sua parte inferior começa a se constituir de músculo liso.

Camada adventista

É a camada mais externa e é também formada de tecido conjuntivo.

Esfíncter esofágicos

Os esfíncteres esofágicos são válvulas localizadas nas extremidades superior e inferior do esôfago. São elas que permitem ou interrompem a passagem do bolo alimentar da faringe para o esôfago e do esôfago para o estômago, através de movimentos de abre e fecha.

São essas válvulas que impedem o refluxo gastroesofagiano e, consequentemente, protege o esôfago de entrar em contato com o ácido estomacal, evitando assim diversas doenças.

Principais doenças

Algumas doenças comuns que acometem esse órgão são:

Esofagite distal

A esofagite distal é uma inflamação do esôfago que pode ser causada principalmente pelo refluxo gástrico que acontece quando o ácido estomacal entra em contato com a mucosa do esôfago, causando azia e desconfortos.

Quando não devidamente tratada, pode haver complicações, como o estreitamento de alguma área do esofago, que causa dificuldade e até mesmo impossibilidade de ingestão de alimentos sólidos.

Pirose esofágica

A pirose esofágica, tambem conhecida como queimação, é a sensação de queimadura no estômago, que pode chegar até o pescoço, passando pelo esôfago.

Câncer de Esôfago

O câncer no esôfago costuma apresentar sintomas evidentes como dificuldade de deglutição com consequente perda de peso devido a ausência da alimentação adequada e dores no peito.

🎓 Você ainda não sabe qual curso fazer? Tire suas dúvidas com o Teste Vocacional Grátis do Quero Bolsa 🎓


Exercícios

Exercício 1
(Quero Bolsa)

Complete os espaços: O esôfago é um tubo presente no sistema digestório. Ele leva o alimento ______ para ________.

Ilustração: Rapaz corpulento de camiseta, short e tênis acenando

Inscreva-se abaixo e receba novidades sobre o Enem, Sisu, Prouni e Fies:

Carregando...

Veja também

BIOLOGIA
Baço
Baço
BIOLOGIA
Boca
Boca
BIOLOGIA
Cerebelo
Cerebelo
BIOLOGIA
Corpo Humano
Corpo Humano
BIOLOGIA
Encéfalo
Encéfalo
BIOLOGIA
Estômago
Estômago
BIOLOGIA
Faringe
Faringe
BIOLOGIA
Fígado
Fígado
BIOLOGIA
Hemoglobina
Hemoglobina
BIOLOGIA
Hipófise
Hipófise
BIOLOGIA
Intestino Delgado
Intestino Delgado
BIOLOGIA
Intestino Grosso
Intestino Grosso
BIOLOGIA
Laringe
Laringe
BIOLOGIA
Leucócitos
Leucócitos
BIOLOGIA
Nariz
Nariz
BIOLOGIA
Neurônio
Neurônio
BIOLOGIA
Órgãos do Corpo
Órgãos do Corpo
BIOLOGIA
Ovários
Ovários
BIOLOGIA
Pâncreas
Pâncreas
BIOLOGIA
Pênis
Pênis
BIOLOGIA
Sistema Digestivo
Sistema Digestivo
BIOLOGIA
Sistema Endócrino
Sistema Endócrino
BIOLOGIA
Sistema Excretor
Sistema Excretor
BIOLOGIA
Sistema Imunológico
Sistema Imunológico
BIOLOGIA
Sistema Nervoso
Sistema Nervoso
BIOLOGIA
Sistema Nervoso Central
Sistema Nervoso Central
BIOLOGIA
Sistema Nervoso Periférico
Sistema Nervoso Periférico
BIOLOGIA
Sistema Nervoso Simpático
Sistema Nervoso Simpático
BIOLOGIA
Sistema Reprodutor
Sistema Reprodutor
BIOLOGIA
Sistema Reprodutor Feminino
Sistema Reprodutor Feminino
BIOLOGIA
Sistema Reprodutor Masculino
Sistema Reprodutor Masculino
BIOLOGIA
Sistema Respiratório
Sistema Respiratório