Info Icon Help Icon Como funciona Ajuda
Whatsapp Icon 0800 123 2222
Envie mensagem ou ligue
História Geral

Fascismo

Otávio Spinace
Publicado por Otávio Spinace
Última atualização: 20/8/2018

Introdução

O termo fascismo é utilizado tanto para se referir ao governo italiano de 1922-1943, liderado por Benito Mussolini, quanto para o movimento político que se espalhou por países da Europa durante as décadas de 1920 e 1930.

O fascismo não apenas formou governos, como influenciou líderes ao longo dos anos de 1920 e 1930, e foi decisivo para o início da Segunda Guerra Mundial.

Contexto histórico 

Após a Primeira Guerra Mundial, a Europa viveu anos conturbados. No lugar da Belle Èpoque do final do século XIX e início do século XX, a Grande Guerra trouxe dificuldades para a maioria dos países do continente.

A situação mais delicada era a da Alemanha. Derrotada na guerra, se viu obrigada a aceitar os termos do Tratado de Versalhes, que lhe impunham duras punições.

A situação dos outros países, contudo, também não era fácil. Em sua grande maioria, se encontravam devastados pelo conflito militar. Nesse cenário de desolação, começam a surgir movimentos ao mesmo tempo antiliberais e anticomunistas, se opondo tanto ao liberalismo emanado dos Estados Unidos como da influência socialista vinda da Rússia, e que já havia se espalhado pela Europa.

De caráter fortemente nacionalista, buscavam apoio na ideia de que era preciso recuperar a força que suas nações haviam perdido após a guerra.

Esses movimentos eram formados, majoritariamente, por jovens conservadores que sentiam na pele as dificuldades econômicas vividas por seus países. Suas manifestações eram agressivas e marcadas pela violência contra os grupos rivais, em especial movimentos de trabalhadores e de esquerda.

Rapidamente, esses movimentos passaram a se organizar politicamente e conquistar cadeiras nos parlamentos de seus países, numa tática que incluía a representação parlamentar, o fortalecimento dos movimentos de rua junto à opinião pública e os ataques violentos contra seus opositores.

Depois da crise de 1929, com a quebra da bolsa de Nova York e a piora nas condições econômicas, o fascismo ganhou ainda mais força e passou a viver seu momento de auge.

O fascismo na Itália

O desenvolvimento do fascismo na Itália serve de modelo para o estudo desse movimento político, uma vez que além de ter sido um dos mais representativos no continente, também serviu de inspiração para outros países, inclusive para o nazismo na Alemanha.

Nesse sentido, a história do fascismo na Itália se confunde com a história de Benito Mussolini, governante italiano entre 1922 e 1943.

Benito MussoliniBenito Mussolini

Na juventude, Mussolini participou de movimentos socialistas, mas, após retornar da Primeira Guerra Mundial, se preocupou em formar seu próprio movimento político, de acordo com seus ideais nacionalistas e autoritários. Integrou o grupo chamado “Esquadrão Milanês de Combate” (do italiano “Fascio Milanese di Combattimento”, de onde vem o termo fascismo) até 1921, quando se elegeu deputado.

O momento decisivo para a conquista do poder aconteceu em 1922, no evento que ficou conhecido como “Marcha sobre Roma”. Milhares de componentes de milícias fascistas, como os “camisas negras”, ocuparam as ruas da capital italiana propagando seus ideais e exigindo um novo governo liderado por Mussolini.

Diante da pressão sofrida, Mussolini consegue o cargo de primeiro-ministro e, logo em seguida, passa a articular politicamente para eliminar a oposição e controlar totalmente o poder na Itália. 

Medidas como a centralização dos poderes, a perseguição de opositores e a censura foram implementadas. Durante o governo do duce (líder), como era chamado, a Itália também resolveu sua questão com a Igreja Católica.

Através do Tratado de Latrão, assinado em 1929, Mussolini reconheceu a autoridade da Igreja sobre o território do Vaticano, o que garantiu popularidade e apoio político ao fascismo. 

Durante os quase 20 anos em que governou a Itália, Mussolini fortaleceu sua imagem através da propaganda oficial do governo como um líder carismático e poderoso. A aliança com a Alemanha de Hitler culminou com a entrada da Itália na Segunda Guerra Mundial, em que acabaria com Mussolini derrotado e preso, em 1943. Após ter escapado da cadeia com a ajuda do exército alemão, Mussolini é capturado novamente em 1945 e assassinado por grupos antifascistas.

O fascismo na Europa

Outros regimes políticos foram inspirados por Mussolini e pelos ideais fascistas. Os mais notáveis, além da Alemanha nazista, foram a Espanha, sob comando do general Francisco Franco (1939-1975), e Portugal, sob comando de António Oliveira Salazar (1932-1974).

Embora cada um desses regimes tenha tido características específicas, a inspiração política e doutrinária do fascismo se fez presente em sua constituição. Ao contrário do fascismo italiano e do nazismo, os governos de Franco e Salazar resistiram à Segunda Guerra Mundial e só foram destituídos na década de 1970.

O fascismo como doutrina política

Após se fortalecer e conquistar o poder em diversos países, o fascismo se estabeleceu como doutrina política. Seu principal eixo consistia no fortalecimento do Estado, centralizado da figura de um grande líder popular.

Desse modo, a principal unidade defendida pelos fascistas era a nação, o que o distinguia das doutrinas de caráter internacionalista, como o socialismo. O fortalecimento da unidade nacional também justificava a existência de um partido único e a perseguição de opositores, que eram vistos como inimigos do regime.

Além de se opor aos princípios do individualismo e da livre iniciativa que sustentavam o liberalismo, o fascismo também se opunha ao socialismo, que pregava que o poder fosse exercido pelos trabalhadores organizados. 

Ilustração: Rapaz corpulento de camiseta, shorts e tênis acenando

Inscreva-se abaixo e receba novidades sobre o Enem, Sisu, Prouni e Fies:

Carregando...

Veja também

HISTÓRIA GERAL
Adolf Hitler
Adolf Hitler
HISTÓRIA GERAL
Congresso de Viena
Congresso de Viena
HISTÓRIA GERAL
Crise de 1929
Crise de 1929
HISTÓRIA GERAL
Cruzadas
Cruzadas
HISTÓRIA GERAL
Descolonização da África e da Ásia
Descolonização da África e da Ásia
HISTÓRIA GERAL
Guerra Fria
Guerra Fria
HISTÓRIA GERAL
Hiroshima e Nagasaki
Hiroshima e Nagasaki
HISTÓRIA GERAL
Muro de Berlim
Muro de Berlim
HISTÓRIA GERAL
Napoleão Bonaparte
Napoleão Bonaparte
HISTÓRIA GERAL
Nova Ordem Mundial
Nova Ordem Mundial
HISTÓRIA GERAL
Pearl Harbor
Pearl Harbor
HISTÓRIA GERAL
Plano Marshall
Plano Marshall
HISTÓRIA GERAL
Primeira Guerra Mundial
Primeira Guerra Mundial
HISTÓRIA DO BRASIL
Primeira República - República Velha
Primeira República - República Velha
HISTÓRIA GERAL
Revolução Russa
Revolução Russa
HISTÓRIA GERAL
Segunda Guerra Mundial
Segunda Guerra Mundial
HISTÓRIA GERAL
Totalitarismo
Totalitarismo
HISTÓRIA GERAL
URSS - União Soviética
URSS - União Soviética