Info Icon Ajuda Help Icon Ajuda
Português

Adjunto adnominal

Bianca Ferraz
Publicado por Bianca Ferraz
Última atualização: 30/8/2018

Introdução

O adjunto adnominal é um dos chamados termos acessórios da oração. Isso significa que ele pode ser considerado um termo sintático não obrigatório.

Sua função, dentro da oração ou da frase, é de ampliar o conhecimento que se tem acerca do núcleo que integra o sujeito e o predicado, bem como seus complementos.

O adjunto adnominal está sempre ligado a um nome e seu intuito é ampliar as informações que se tem sobre esse mesmo nome.

Essa expansão a respeito de um determinado nome é, de modo geral, representada por um adjetivo, uma locução adjetiva ou ainda alguma outra expressão cuja unidade seja equivalente.

Além da expressão ou termo de caráter adjetivo, o adjunto adnominal pode ser formado, também, pelos chamados determinantes.

Alguns exemplos de determinantes recorrentes são artigos e pronomes. Veja um exemplo:

“Os bons ventos os tragam.”

Analisando sintaticamente a oração em questão, temos, primeiramente, a separação entre sujeito (“os bons ventos”) e predicado (“os tragam”).

O predicado em questão é formado por um verbo (expresso na forma verbal “tragam”) e um objeto direto (representado pelo pronome oblíquo átono “os”).

O sujeito, por sua vez, é formado por “os bons ventos”. A principal informação sobre o sujeito está expressa pelo substantivoventos” que, portanto, é classificado como núcleo do sujeito.

Ao redor dessa informação principal, desse núcleo, há outras informações que ampliam, complementam o que se sabe sobre o sujeito em questão.

Os elementos que exercem essa função são o artigo “os” e o adjetivo “bons”. Por exercerem tal função, ambos são considerados, em análise sintática, adjuntos adnominais, sendo que o artigo em questão é um determinante.

É importante lembrar que, quando se diz que o adjunto adnominal é uma expansão do nome, diz-se que ele permite conhecer mais elementos sobre seu núcleo.

Esse maior conhecimento pode se dar por meio de uma restrição, pois, ao restringir a abrangência do núcleo, tem-se informações mais precisas e claras sobre ele.

O adjunto adnominal pode expressar, também, uma qualificação ou uma determinação acerca do núcleo ao qual corresponde. Veja como isso pode ocorrer a partir de alguns exemplos:

“O riso ecoou alto.”

Nesse exemplo, o sujeito é representado pela expressão “o riso”. Nela, o artigo o atua como determinante do substantivo “riso”, que, sintaticamente, atua como núcleo do sujeito.

Meu livro preferido está esgotado.

O sujeito da oração está expresso em “meu livro preferido”. O núcleo do sujeito é representado pelo substantivo “livro”, e a ele se ligam outros dois elementos.

São eles o pronome “meu”, que indica posse e, portanto, confere uma restrição ao núcleo ao qual se refere, e o adjetivo “preferido”, que indica uma qualificação desse mesmo núcleo.

Por se ligarem diretamente a “livro”, ambos os termos atuam como adjunto adnominal.

Pronomes relativos como cujo, cuja e derivados, ao indicar posse, podem atuar como adjuntos adnominais.

Assim, é importante lembrar que eles devem aparecer concordando com o substantivo ao qual se referem. Exemplo:

Murilo Mendes é um poeta cujos versos me agradam.

O pronome “cujos” está ligado ao substantivo “versos” e, por isso, deve aparecer no plural.

Atenção! Cuidado para não confundir adjunto adnominal e predicativo.

Lembre-se de que o adjunto adnominal se liga diretamente ao nome, enquanto o predicativo, para se referir ao substantivo, precisa ser intermediado por um verbo. Veja um exemplo:

As águas do rio corriam rápidas.

O adjetivo “rápidas” se refere às águas do rio por meio do verbo correr. Por isso, sua função sintática é predicativa.

As rápidas águas do rio corriam.

Na oração acima, o adjetivo “rápidas”, diferentemente do exemplo anterior, está diretamente ligado ao substantivo “águas”. Por isso, sua classificação sintática é de adjunto adnominal.


Exercícios

Exercício 1
(MACKENZIE)

O examinador considerou ruim o bom candidato.

De acordo com a análise sintática, indique a alternativa que contém a classificação correta do termo destacado no período acima:

Ilustração: Rapaz corpulento de camiseta, short e tênis acenando

Inscreva-se abaixo e receba novidades sobre o Enem, Sisu, Prouni e Fies:

Carregando...