Sobre
Sobre
Como funciona
Como funciona o Quero Bolsa?
Ligue grátis
0800
0800 941 3000
Seg - Sex 8h-22h
Sábado 9h-13h
Aceitamos ligação de celular
Vestibular e Enem

Capitalismo: o que é, principais caraterísticas e como cai no Enem e em outros vestibulares

por Isabela Giordan em 21/01/21

Você sabia que a Igreja Católica condenou o sistema Capitalista em seu início? Na época, durante a Baixa Idade Média, o sistema econômico era o Feudalismo, apoiado pelo Clero. Os burgos, pequenos centros comerciais, iam na contravam desse modelo.

Após algumas décadas, os burgos foram ganhando força e os "burgueses" se tornaram a elite com poder. Com o crescimento desse sistema, a cultura do acúmulo de capital foi difundida pela Europa, influenciando o seu desenvolvimento e urbanização. 

"Esse modelo econômico é baseado na iniciativa e propriedade privada dos meus meios de produção, que visa a obtenção de lucros, geração e acumulação de riquezas. O sistema capitalista se desenvolve a partir da transição das economias mercantilistas para as economias industriais na Europa moderna", explica Igor Vieira, coordenador de História do colégio e curso pH. 

Com o passar dos séculos, o Capitalismo conquistou todos os continentes é o sistema vigente na maioria dos países do mundo. 

capitalismo
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

Quais são as características do Capitalismo?

A estrutura do Capitalismo é formada pelos burgueses, proprietários dos meios de produção, e pelos proletariados, trabalhadores assalariados que vendem a sua força de trabalho, desenvolvendo uma sociedade de classes. 

Dentro dessa máquina, há algumas características que mantém o sistema em funcionamento, são elas:

  • Defesa da propriedade privada: o Estado, muitas vezes por meio da Constituição, é o responsável por garantir que exista o direito à propriedade privada, inclusive dos meios de produção. Assim, os burgueses e os latifundiários, donos de terras, podem decidir como utilizarão as suas riquezas.
  • Individualismo: preza pela a liberdade do invídiduo frente à sociedade.
  • Lei da oferta e procura: essa lei prega que o valor da venda varia de acordo com o estoque produzido e a procura dos consumidores. 
  • Livre iniciativa: apoiando-se em um mercado livre, é esperado que o comércio se autorregule e que exista a livre concorrência entre os fornecedores, sem qualquer tipo de interferência do Estado.
  • Busca pelo lucro: o acúmulo de riquezas é a máxima do capitalismo, sendo o objetivo lucrar por meio do trabalho do proletariado. Em muitos casos, como via para aumentar os ganhos, há a desvalorização da mão de obra e o aumento no valor dos produtos. 
  • Trabalho assalariado: os trabalhadores vendem a sua força de trabalho por um salário, permitindo com que eles invistam na própria economia, garantindo que a roda do Capitalismo continue girando.
Saiba mais: Entenda o que é fascismo, neofascismo e antifascismo

Quais são as fases do Capitalismo?

Em sua história, o Capitalismo já passou por três grandes fases: 

Capitalismo Comercial

Também conhecido como Mercantilismo, esse período marca a transição entre o feudalismo para o Capitalismo, utilizando das trocas comerciais para garantir o aumento do capital. É nesse período que surgem as moedas e também a intervenção do Estado para controlar a economia. 

Segundo o Manual do Enem, esse desenvolvimento do Capitalismo se deu "sob a luz das Grandes Navegações, da Expansão Ultramarina e do consequente processo de colonização dos continentes americano, asiático e africano." 

Capitalismo Industrial

Essa fase do sistema surgiu com a primeira Revolução Industrial, na transição entre o século XVIII para o XIX, com a substituição da produção manufaturada para a industrializada. É nesse período da história que as máquinas começam a substituir o trabalho humano e ocorre a industrialização da Europa, processo que se expande para o resto do mundo. 

Capitalismo Financeiro

Cunhado como Monopolista, essa etapa do capitalismo se baseia nas práticas especulativas, deixando de lado o foco na indústria, que foi a base da segunda fase. 

Um grande exemplo de especulação financeira que impulsiona esse fase do modelo é o surgimento das ações de empresas que são negociadas como mercadoria. Apesar do comércio e da setor industrial ainda continuar a ter o seu papel na sociedade e gerar lucros, as instituições financeiras estão por trás manipulando o sistema. 

Essa estrutura já passou por diversas crises econômicas sendo as dos anos de 1929, 2008 e 2020 as maiores. 

Saiba mais: O que foi a Crise de 29?

Para o professor Igor Vieira, ainda é importante lembrar de outros momentos da história desse sistema econômico, tais como, keynesianismo e neoliberaliberalismo.

Qual é a diferença entre Capitalismo e Socialismo?

Com o nascimento do Capitalismo, também surgiu uma contraposição, o Socialismo.

Esse modelo econômico busca socializar os meios de produção e acabar com as classes sociais. Além disso, o Socialismo Científico, baseado nas teorias de Karl Marx e Friedrich Engels, prega que o motor que move as pessoas é a garantia de felicidade, sem que nada falte à população, ao invés do acúmulo de riquezas. 

"Os socialistas defendem que o sistema capitalista é injusto e provoca concentração de poderes e riquezas. Dessa forma, pretendem descontruir essa estrutura econômica", explica o professor e coordenador de História.

Veja também: O que é o Comunismo? Saiba quais são as suas características e como esse tema pode cair no Enem! 

Outra oposição ao Capitalismo é o Anarquismo. Nele, não haveria dominação ou hierarquia na sociedade, com a supressão do Estado e o fim do capitalismo. 

Dicas de leituras e filmes sobre Capitalismo

Se você quer entender mais como funciona esse sistema econômico, o professor Igor fez uma lista com algumas indicações:

Livro: O que é economia? (Paul Singer)

O que é e para que serve a economia? Como decifrar os fenômenos da inflação e da deflação? O que é mercado e quais os seus limites? Estas questões e muitas outras que acabam afetando o dia-a-dia das pessoas comuns são tratadas neste livro com maestria e simplicidade

Livro: Capital e Ideologia (Thomas Piketty)

Em O capital no século XXI, Thomas Piketty inflamou o debate em todo o mundo sobre a distribuição de renda e a desigualdade, o que alçou a obra ao status de importante referência da área de economia e uma das mais influentes da atualidade. A partir de discussões fomentadas em palestras, congressos e artigos, Piketty percebeu que uma questão lançada em seu best-seller precisava ser aprofundada: a forma como a ideologia agiu para justificar e perpetrar a desigualdade em todas as sociedades ao longo dos últimos séculos.
Partindo de uma monumental pesquisa de dados coletados no Ocidente e também em nações pouco analisadas como a Tunísia, a Rússia, o Líbano e a China — e discutindo longamente o caso do Brasil —, o autor faz em Capital e ideologia um apanhado que remonta às sociedades pré-Revolução Francesa e chega aos dias de hoje, para mostrar como a economia não é produto da natureza: como construção histórica, é passível de ser mudada e até revolucionada.
Tido como uma continuação de O capital no século XXI, mesmo podendo ser lido como obra independente, Capital e ideologia está destinado a ocupar um lugar de destaque nas discussões políticas, econômicas e sociais do Brasil e do mundo graças à crítica contundente

Filme: Tempos Modernos (Charles Chaplin)

O icónico Vagabundo está empregado em uma fábrica, onde as máquinas inevitável e completamente o dominam e vários percalços o levam para a prisão. Entre suas passagens pela prisão, ele conhece e faz amizade com uma garota órfã. Ambos, juntos e separados, tentam lidar com as dificuldades da vida moderna, o Vagabundo trabalhando como garçom e, eventualmente, um artista.

Filme: Oliver Twist (Roman Polanski)

Oliver Twist é um órfão entre as centenas que sofrem com a fome e o trabalho escravo na Inglaterra vitoriana. Vendido para um coveiro, ele sofre com sua crueldade e acaba fugindo para Londres. Lá, ele é recolhido das ruas e levado a Fagin, um velho que comanda um exército de prostitutas e pequenos marginais. Um dia, Oliver conhece um bondoso homem em quem finalmente enxerga um possível pai, e Fagin teme que ele denuncie seu esquema.

Filme: Capitalismo  uma história de Amor  (Michael Moore)

Michael Moore explora o colapso da economia mundial, apresentando uma análise de como o capitalismo corrompeu os ideais de liberdade previstos na Constituição dos Estados Unidos, visando gerar lucros cada vez maiores para um grupo seleto da sociedade.

Filme: Norma Rae (Martin Ritt)

Como muitos dos integrantes de sua família antes dela, Norma Rae trabalha numa fábrica têxtil local por um salário que não condiz com as longas horas e as péssimas condições de trabalho. Depois de ouvir um discurso de um defensor dos direitos trabalhistas, a jovem é inspirada a convencer seus colegas de trabalho a lutar pela criação de um sindicato.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

Saiba mais: Veja quais são os temas mais cobrados no Enem

O que você achou deste artigo?

ALERTA DE VAGAS i-close
Tá na dúvida? Preencha suas preferências que a gente te ajuda a achar sua vaga ideal.
ALERTA DE VAGAS i-close
Descubra qual profissão mais se encaixa com você.

Não fique na dúvida sobre o seu futuro. Faça o Teste Vocacional do Quero Bolsa.

ALERTA DE VAGAS i-close
Nós podemos te ajudar Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

Aqui no Quero Bolsa você compare vagas com bolsa em mais de 1.000 faculdades

Preencha os campos abaixo para receber avisos de vagas disponíveis em nosso site de acordo com seus interesses.

ALERTA DE VAGAS i-close
Deixe seus contatos Mailbox 3aaacb172f1a1e1ba19b2e93f60f637592c84194967e63e952c08d3cb04fa7a8
ALERTA DE VAGAS i-close
Falta só mais um passo! Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

As nossas melhores vagas chegam de surpresa. Por isso fique ligado.

Com a sua confirmação enviaremos ofertas exclusivas diretamente no seu Whatsapp. Rápido, fácil, prático e na tela do seu celular.

CENTRAL DE AJUDA i-close
Como podemos te ajudar?

Gostaria de saber como o Quero Bolsa funciona e se o site é confiável.

Veja as perguntas frequentes

Quero receber vagas de acordo com meus interesses diretamente em meu e-mail e WhatsApp.

Tá na dúvida? Preencha suas preferências que a gente te ajuda a achar sua vaga ideal.
i-close

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2021 CNPJ: 10.542.212/0001-54