Sobre
Sobre
Como funciona
Como funciona o Quero Bolsa?
Ligue grátis
0800
0800 941 3000
Seg - Sex 8h-22h
Sábado 9h-13h
Aceitamos ligação de celular
banner image banner image
Cursos Técnicos

É preciso fazer prova para entrar em um curso técnico?

* Texto escrito pelo colaborador Lucas Bicudo

O curso técnico é para quem quer entrar no mercado de trabalho. Com menor duração, o certificado técnico pode fornecer a motivação necessária para o aluno reservar o tempo e a energia necessários para futuramente dar continuidade aos estudos por meio de uma graduação. E não, os cursos técnicos não são a mesma coisa que uma faculdade. Não é um atalho ou tampouco um substitui o outro. São formações complementares.

Saiba mais: 
+Qual a diferença entre curso técnico e uma faculdade?

pessoa fazendo prova

Saiba mais: 
+Quem pode fazer um curso técnico?

Tipos de curso técnico

O curso técnico pode ser feito junto com as três séries do ensino médio, depois do ensino médio, ou em paralelo. Com relação à integração com o ensino médio, os tipos de curso técnico são:

  • Curso técnico integrado

É um curso que combina o ensino médio com o ensino técnico em um só. Ou seja, além das matérias das três séries do ensino médio, o aluno também aprende uma profissão, com conhecimentos práticos relacionados a ela. O curso técnico dura três anos e, ao se formar nesse tipo de curso, o aluno recebe dois certificados: o certificado de conclusão do ensino médio e o diploma de técnico. 

  • Curso técnico externo

Externo, ou concomitante, significa junto com, em paralelo. Esse tipo de curso técnico, como o nome indica, é aquele em que o aluno faz o ensino médio em uma escola e o ensino técnico em outra, estudando nas duas em paralelo. 

Para poder fazer um curso técnico concomitante, é preciso estar matriculado na primeira série do ensino médio. Ou seja, o aluno faz duas matrículas em duas escolas diferentes. Ao se formar nos dois cursos, recebe os dois diplomas diferentes, um de cada escola: certificado de conclusão do ensino médio e diploma técnico. 

A duração desse tipo de curso vai depender do tempo em que o aluno leva para concluir as duas modalidades. O ensino médio normal dura três anos, já o curso técnico que é feito em paralelo costuma estar dividido em módulos, ou semestres, e normalmente dura entre um ano e meio e dois anos. 

  • Curso técnico profissionalizante

Nessa modalidade, o aluno precisa ter concluído todo o ensino médio. É um curso técnico que se faz depois de ter o certificado do ensino médio, com o objetivo de aprender uma profissão específica. Os cursos técnicos profissionalizantes, ou subsequentes, têm duração de até dois anos e são organizados em módulos. Ao concluir o curso, o aluno ganha o diploma de técnico de nível médio.

Saiba mais: 

+Existe curso técnico a distância?

Técnico ou tecnólogo: qual é a diferença?

A pessoa que conclui um curso técnico, em qualquer uma das modalidades, recebe o diploma de nível médio. Com esse diploma, o aluno pode ingressar imediatamente no mercado de trabalho, ou continuar seus estudos, seguindo para um curso de nível superior. 

Já os cursos de tecnólogo são cursos de nível superior. Quem se forma com o diploma de tecnólogo pode seguir seus estudos fazendo uma especialização de nível superior, uma pós-graduação ou mesmo fazer outro curso de nível superior - bacharelado ou licenciatura.

Saiba mais: 
+Quais cursos técnicos estão em alta?
+Saiba quais são os 5 cursos técnicos que mais empregam
+Os 10 melhores cursos técnicos em 2020

A prova dos cursos técnicos

A prova de um curso técnico é, quase sempre, no formato de múltipla escolha, e ela tem duas vertentes básicas. 

A primeira é voltada para os alunos que buscam um curso técnico integrado ao Ensino Médio. A outra é para o grupo que já terminou a Educação Básica e quer uma qualificação subsequente.

Na seleção do técnico integrado, os assuntos cobrados são aqueles vistos ao longo de todo o Ensino Fundamental II. Isso inclui Português, Matemática, Ciências e por aí vai. No último caso, as disciplinas abordadas envolvem assuntos específicos do curso em questão. 

Os conteúdos mais cobrados nas provas de cursos técnicos

Para a seleção de qualquer curso técnico, seja ele subsequente ou integrado, sempre aparecem questões de Português. Em geral, os assuntos mais cobrados são: interpretação de textos, figuras de linguagem, acentuação e classes gramaticais.

Quem for fazer questões de Matemática deve ficar atento aos gráficos e às tabelas, pois são assuntos frequentemente exigidos. Também não se esqueça de estudar porcentagem, regra de três, equações e geometria.

Na área de Conhecimentos Gerais vale a pena prestar atenção aos conteúdos que envolvem a história do Brasil, as grandes guerras, o relevo, a globalização e a industrialização.

Por fim, no que está relacionado às Ciências é importante estudar cadeia alimentar, biologia celular, átomos, tabela periódica, velocidade e Leis de Newton.

Esses são os assuntos que quase sempre caem nas seleções, porém sempre confira o conteúdo programático do edital que estiver fazendo. Assim você observa todos os tópicos que serão cobrados na prova.

Agora você já entende melhor como funcionam as seleções para esse nível acadêmico. O próximo passo é seu. Prepare-se para a avaliação e seja aprovado.

Saiba mais:
+Quanto custa um curso técnico?

Como se preparar para uma prova de curso técnico

1. Faça um cronograma de estudos

As provas de qualquer seleção acadêmica envolvem vários conteúdos - e você precisa ser organizado para estudar todos eles. Por isso, crie uma tabela em que apareçam todos os dias da semana e defina as matérias a serem aprendidas em cada um deles.

2. Faça exercícios

Estudar vai muito além de apenas ler os conteúdos. Para cada assunto realmente se fixar em sua mente é necessário prática - e os exercícios são a melhor maneira de fazer isso. Sendo assim, diariamente reserve um tempo apenas para fazer questões.

3. Revise provas de anos anteriores

Uma das melhores formas de saber o que esperar de uma seleção é observando as provas antigas. Com os cursos técnicos não é diferente. Por isso, semanalmente tente resolver as questões de alguma prova e observe seu rendimento. A partir daí dê ênfase àqueles assuntos em que estiver com mais dificuldade.

Por que optar por cursos técnicos?

Apesar da curta duração, o ensino técnico inclui uma variedade de experiências práticas, sem deixar de lado o conhecimento teórico. Essa capacidade de simular o que ocorre na rotina de trabalho permite que o profissional esteja mais preparado para desenvolver sua carreira dentro de uma organização.

Esse tipo de certificação fornece não apenas o “quê” e o “como”, mas também o “porquê” das coisas. É este “porquê” que ajuda o aluno a ter informações imprescindíveis sobre o raciocínio por trás da atuação profissional.

A modalidade pode ser a chave para abrir novas perspectivas de emprego, promoções ou novos empreendimentos de carreira. 

Saiba mais: 
+5 motivos convincentes para fazer um curso técnico
+Quanto ganha um profissional com curso técnico?

Onde encontrar cursos técnicos?

Veja a seguir uma lista com algumas instituições de ensino que oferecem cursos técnicos em diferentes áreas:

 Como conseguir bolsa de estudo em um curso técnico?

O Quero Bolsa, em parceria com instituições de ensino, oferece descontos de até 80% nas mensalidades de cursos técnicos, durante toda a formação. 

Para garantir a sua, basta clicar no botão abaixo, selecionar o curso, a instituição e a cidade do seu interesse, selecionar a vaga que tenha a ver com você e efetuar sua pré-matrícula.

Bolsas para cursos técnicos

banner image banner image

O que você achou deste artigo?

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2020 CNPJ: 10.542.212/0001-54