Sobre
Sobre
Como funciona
Como funciona o Quero Bolsa?
Ligue grátis
0800
0800 941 3000
Seg - Sex 8h-22h
Sábado 9h-13h
Aceitamos ligação de celular
banner image banner image
Cursos Técnicos

Qual a diferença entre curso técnico e uma faculdade?

* Texto escrito pelo colaborador Lucas Bicudo

O curso técnico difere de uma faculdade em vários aspectos. Mas você sabe qual opção é melhor para seus objetivos profissionais? Basicamente, as principais diferenças entre graduação e curso técnico são com relação à duração e ao foco profissional.

A graduação (nível superior) tem duração média de quatro a cinco anos e oferece a maior quantidade de conhecimento teórico e prático entre os dois. Já os cursos técnicos (nível médio) duram de dois meses a três anos, oferecendo uma formação rápida e focada em áreas profissionais específicas.

Qual a diferença entre curso técnico e uma faculdade?

Vamos entender melhor cada uma das possibilidades.

O que é um curso técnico?

A principal característica de um curso técnico é que ele capacita profissionais para o mercado de trabalho. Por conta disso, desde o início, as disciplinas práticas são predominantes na matriz curricular.

Nessa categoria de ensino, existem três categorias de cursos: técnico integrado, técnico externo e técnico profissionalizante. As duas primeiras são feitas por quem ainda não concluiu o ensino médio, e a terceira destina-se aos que já terminaram a educação básica.

A formação técnica faz parte de um nível de ensino intermediário entre o médio e o superior. E o diploma recebido ao término do curso é caracterizado como técnico de nível médio.

Cursos técnicos e tecnólogos são diferentes? Não se confunda!

Curso técnico e tecnólogo são coisas bem diferentes. Tecnólogo é o profissional formado em uma graduação tecnológica. Ele tem um diploma de Ensino Superior. Já o curso técnico não é de Nível Superior e não dá diploma de faculdade, mas dá direito a um certificado de conclusão do curso técnico de Nível Médio.

Oferecem conhecimento bastante específico sobre o assunto do curso e geralmente são focados em aspectos práticos. Por terem curta duração, podem ser uma solução rápida para entrada no mercado de trabalho, mas a formação na área nem sempre é tão ampla. 

Vantagens de fazer um curso técnico

Entre diversas vantagens, decidimos destacar essas principais:

  • É possível realizá-lo a partir dos 16 anos;

  • Tem curta duração (de dois meses até, no máximo, três anos);

  • Possui menor custo de formação;

  • Possui disciplinas direcionadas para o mercado;

  • Enfatiza o contato com a prática desde o início do curso;

  • Facilita a entrada imediata no ambiente profissional;

  • É uma forma de experimentar a área de atuação.

Além de tudo, é importante destacar que a empregabilidade é alta. Afinal, o mercado precisa de mais profissionais qualificados na realização de atividades operacionais específicas.

O que é uma graduação?

A graduação é um curso de nível superior, que só pode ser realizada após a conclusão do ensino médio. O enfoque é a capacitação profissional, em graus reflexivos e críticos.

Existem atualmente três possibilidades de graduação: a tecnológica, a licenciatura e o bacharelado. A primeira dura em média dois e três anos, e as últimas cerca de quatro a cinco anos.

Após a conclusão de um curso de graduação, o aluno pode direcionar-se tanto para o mercado de trabalho quanto para o ambiente da pesquisa. Além disso, ele pode fazer programas de pós-graduação (lato ou strictu sensu).

Para entrar em um curso de graduação é preciso ter concluído o Ensino Médio. Então, o candidato precisará participar do processo seletivo da instituição - o vestibular -, que pode ser substituído pela apresentação da nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em algumas instituições.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Vantagens de fazer uma graduação

Assim como fizemos com os cursos técnicos, separamos algumas das principais vantagens da graduação:

  • Aprofundamento de conhecimentos teóricos;

  • Aumento da rede de contatos profissionais;

  • Alta qualificação para atuação profissional;

  • Melhores remunerações após a conclusão do curso;

  • Várias opções de emprego e em cargos distintos;

  • Possibilidade de continuar estudando de forma mais especializada.

Sem dúvida, a principal vantagem de ser aluno de uma graduação é o quanto será possível ampliar seus conhecimentos, bem como suas experiências pessoais e profissionais ao longo dos anos de formação.

Para não ficar mais dúvidas: o que são os tecnólogos?

Os cursos de graduação tecnológica são mais voltados para as demandas do mercado de trabalho e têm duração mais curta, de dois a três anos. 

As opções de cursos abrangem as seguintes áreas: apoio escolar; gestão e negócios; hospitalidade e lazer; informação e comunicação; produção cultural e design; produção alimentícia; controle e processos industriais; produção industrial; infraestrutura; ambiente e saúde; recursos naturais; militar; e segurança.

Assim como a graduação tradicional, de um bacharelado ou de uma licenciatura, a graduação tecnológica também forma alunos qualificados a cursarem, posteriormente, pós-graduação e MBA. No entanto, alguns concursos públicos de nível superior restringem a participação a bacharéis e licenciados. Vale dar uma olhada antes de se inscrever.

As graduações tecnológicas são igualmente reconhecidas pelo MEC, tanto na modalidade presencial quanto a distância (EaD).

Para entrar em um curso tecnólogo é preciso ter concluído o Ensino Médio e participar do processo seletivo da instituição, que pode ser substituído pela apresentação da nota do Enem em algumas instituições, como foi dito anteriormente.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Curso técnico ou uma faculdade? Qual escolher?

Nem todas as pessoas sabem o que querem fazer da vida logo de cara. Após o Ensino Médio, entrar numa faculdade é um compromisso razoavelmente grande, que muitas vezes quem está nessa fase se compromete simplesmente pela pressão de dar continuidade aos estudos, sem ter o embasamento de fato daquilo que quer exercer como carreira. 

Essa é uma das explicações para os grandes índices de abandono durante os cursos universitários. Cursos técnicos são uma ótima solução para dar esse primeiro passo, sem se comprometer tanto, e entender quais de fato são suas valências e como funciona o mercado de trabalho. Inclusive, você pode começá-los durante o Ensino Médio.

Antes de qualquer coisa, você deve entender qual é o seu perfil de profissional. Após analisar o seu perfil e identificar quais áreas têm potencial de compatibilidade com ele, é o momento de definir aonde você quer chegar. Isto é, onde você se vê daqui a alguns anos. 

Por exemplo, sua meta é ser um especialista na sua profissão ou ser promovido e ocupar posições de gerência e coordenação na companhia? É lecionar para universitários e desenvolver projetos no ambiente acadêmico ou fazer pesquisas e ser produtor de conteúdo científico?

Ao encontrar uma resposta para o que deseja para o seu futuro profissional, acredite: escolher o formato do curso será uma decisão muito mais simples.

Leia mais:
Os 10 melhores cursos técnicos em 2020
Curso técnico EaD: tudo o que você precisa saber (e mais um pouco)

Como fazer um curso técnico?

Para encontrar um curso técnico e dar o primeiro passo rumo à profissão dos seus sonhos, acesse o Quero Bolsa e procure pela área que mais combina com você. Aproveite também as bolsas de estudo de até 80% de desconto durante todo o curso, que estão disponíveis na plataforma.

Bolsas para cursos técnicos

Basta decidir o curso e a escola, fazer a matrícula e começar os estudos! Para decidir onde estudar, confira algumas opções de escolas a seguir:

banner image banner image

O que você achou deste artigo?

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2020 CNPJ: 10.542.212/0001-54