Fale com a gente

Como funciona
  1. Busque sua bolsa

    Escolha um curso e encontre a melhor opção pra você.


  2. Garanta sua bolsa

    Faça a sua adesão e siga os passos para o processo seletivo.


  3. Estude pagando menos

    Aí é só realizar a matrícula e mandar ver nos estudos.


Olá! Quer uma ajudinha para descobrir seu curso ou faculdade ideal?

Engenharia de Energia

Saiba tudo sobre o curso de Engenharia de Energia e comece a estudar com ajuda da Quero Bolsa

Ilustração de uma garota fazendo uma pesquisa do curso de Engenharia de Energia no notebook
Média Salarial: R$ 3.277,71
Duração: até 10 semestres
Bolsas: a partir de R$ 343,00
Ver bolsas de até 87%

Sobre o curso de Engenharia de Energia

A Engenharia de Energia é uma área da engenharia que se concentra em desenvolver e aplicar tecnologias que permitam o aproveitamento eficiente e a conservação de energia. Os engenheiros de energia trabalham para melhorar os sistemas de produção, distribuição e uso de energia, a fim de reduzir o impacto ambiental e aumentar a eficiência energética.

O curso de Engenharia de Energia forma o profissional responsável por estudar todos os aspectos ligados à energia, desde a geração até a utilização pelo consumidor final.

Ao término do curso, o engenheiro será responsável por analisar e desenvolver projetos ligados a fontes energéticas, renováveis ou não, e coordenar programas de contenção e uso consciente da energia elétrica.

No mercado de trabalho, o profissional de Engenharia de Energia pode atuar em empresas que geram, transmitem, distribuem e comercializam energia ou na indústria, principalmente as fornecedoras de equipamentos e peças da área.

Este curso é de ramo interdisciplinar dentro da Engenharia e pode ser considerado recente no Brasil, pois as faculdades começaram a oferecer a graduação apenas após os anos 2000.

O tipo de formação para o curso de Engenharia de Energia é: bacharelado .

Como é o curso de Engenharia de Energia?

Segundo as Diretrizes Curriculares Nacionais definidas pelo Ministério da Educação (MEC), todos os cursos de Engenharia devem ser compostos por núcleos de conteúdos básicos, profissionalizantes e específicos.

Dentre os conteúdos básicos, que devem ocupar pelo menos 30% da carga horária total, se destacam os seguintes tópicos na Engenharia de Energia:

  • Administração;

  • Ciências do Ambiente;

  • Ciência e Tecnologia dos Materiais;

  • Economia;

  • Eletricidade Aplicada;

  • Expressão Gráfica;

  • Fenômenos de Transporte;

  • Física;

  • Informática;

  • Matemática e Estatística;

  • Mecânica dos Sólidos;

  • Metodologia Científica e Tecnológica;

  • Química.

Já os conteúdos profissionalizantes são obrigatórios em pelo menos 15% da grade do curso de Engenharia de Energia. Alguns aplicados em comum pelas universidades são Termodinâmica, Topografia e Segurança no Trabalho.

A instituição de ensino é livre para propor os conteúdos específicos restantes, com extensões e aprofundamentos da parte profissionalizante. O aluno terá, por exemplo, disciplinas sobre energia solar, eólica, de biomassa e de combustíveis

O aluno deve produzir um trabalho de conclusão de curso (TCC) que demonstre o seu aprendizado durante a graduação para obter o grau de engenheiro de energia.

O curso é comumente disponibilizado na modalidade presencial, tendo em vista a necessidade do contato direto, por parte do aluno, com os equipamentos utilizados no setor. Entretanto, é possível encontrar a formação na modalidade EaD na Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos). Nesse caso, o estudante acompanha as aulas e realiza as atividades de forma on-line.

De acordo com consulta aos dados do e-MEC, atualmente, 18 instituições de ensino superior disponibilizam o curso de Engenharia de Energia. São elas:

Qual a grade curricular de Engenharia de Energia?

Grade Curricular é o conjunto de matérias que o aluno estudará durante o curso. Veja abaixo um exemplo de grade curricular para o curso de Engenharia de Energia em uma de nossas faculdades parceiras:

  • Algoritmos para Engenharia

  • Análise Exergética de Processos

  • Centros de Produção de Eletricidade

Ver a grade curricular

O que se aprende na faculdade de Engenharia de Energia?

As disciplinas básicas do curso de Engenharia de Energia são:

  • Matemática;
  • Informática Aplicada;
  • Física;
  • Economia;
  • Química.

Na segunda parte do curso entram as matérias específicas do curso de Engenharia de Energia, entre elas estão:

-Potenciais hidráulicos; -Energia solar, térmica, nuclear e eólica; -Sistemas e Modelagem; -Iluminação/Climatização; -Levantamento de Potencial Energético; -Gestão Energética e Ambiental; -Termodinâmica; -Controle e Automação de Processo.

Se você deseja ingressar no curso por meio de sua nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), aplicada nos principais programas de acesso ao ensino superior, acesse o simulador da Quero Bolsa e confira a nota de corte para Engenharia de Energia.

Quanto custa uma faculdade de Engenharia de Energia?

No site da Quero Bolsa, o curso de Engenharia de Energia pode ser encontrado com mensalidades a partir de R$ 741,75. Os valores variam de acordo com a instituição e modalidade de ensino.

Se você deseja ingressar na formação, acesse o site da Quero Bolsa e encontre descontos de até 80% para a faculdade de Engenharia de Energia.

Procure o curso de Engenharia de Energia ideal para você!

Com mensalidades a partir de R$ 343,00 entre as 1.403 instituições parceiras do Quero Bolsa.

Veja como é simples começar a estudar

  1. Encontre seu curso
  2. Garanta sua bolsa
  3. Economize até se formar

Sobre a carreira de Engenharia de Energia

O que faz o profissional de Engenharia de Energia?

O engenheiro de energia supervisiona, faz estudos, conduz obras e projetos e demais atividades da engenharia na geração e conversão de energia.

Ele também opera equipamentos, dispositivos e componentes do setor, conduz a gestão em recursos energéticos, promove a eficiência energética e o desenvolvimento e aplicação de tecnologias relativas aos processos de transformação, de conversão e de armazenamento de energia.

Onde o profissional de Engenharia de Energia pode trabalhar?

O profissional tem como mercado de trabalho as indústrias de geração, transmissão, conversão, distribuição, conservação e armazenamento de energia. Sua atuação também depende do enfoque proposto pelo curso de graduação escolhido.

O engenheiro de energia está presente em grandes empresas consumidoras que precisam lidar com a energia internamente e pode escolher entrar no setor das energias alternativas, elétrica ou de combustão.

De acordo com os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), o salário do engenheiro de energia é de, em média, R$ 12.407,17.

Quanto ganha um profissional de Engenharia de Energia?

O salário médio de um Engenheiro de energia no Brasil é de R$ 3.277,71 . Os estados onde a profissão de Engenheiro de energia têm os melhores salários são AM, RJ e DF.

Quer saber o salário das demais especialidades? Veja aqui

Ver salários dessa profissão
Sino de ofertas
Receba um alerta quando a vaga ideal chegar!

Como ingressar na profissão de Engenharia de Energia?

Quais são as exigências do mercado de trabalho para o profissional de Engenharia de Energia?

Além da graduação como bacharel em um curso superior devidamente reconhecido pelo MEC, é obrigatório que o profissional se registre profissionalmente no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea).

Os profissionais de Engenharia de Energia também precisam estar atentos para as atualizações do setor e cursos de especialização e aprimoramento.

Quais são as principais competências pessoais do profissional de Engenharia de Energia?

As principais características do profissional de Engenharia de Energia, listadas pelo Ministério do Trabalho, são:

Criatividade;
Proatividade;
Trabalhar em equipe;
Raciocínio lógico;
Raciocínio analítico;
Capacidade de síntese;
Visão espacial.

Nota de corte para Engenharia de Energia

Sabia que, utilizando apenas o seu resultado do Enem, você pode entrar em diversos cursos de universidades federais, estaduais e privadas?

Para ajudar o estudante a entender as suas possibilidades, o Quero Bolsa desenvolveu o Simulador de Nota de Corte . O sistema reúne os dados das últimas provas e mostra o desempenho mínimo para conseguir uma vaga em um dos programas educacionais do governo.

No último ano, as notas de corte registradas para o curso de Engenharia de Energia foram:

Balões de Conversa - Dúvidas sobre Engenharia de Energia
Está com dúvidas sobre Engenharia de Energia? Os alunos e ex-alunos do curso estão prontos para tirar suas dúvidas. Ver perguntas e respostas

Perguntas e Respostas - Engenharia de Energia

Tipo de Pergunta
Recentes