Fale com a gente

Como funciona
  1. Busque sua bolsa

    Escolha um curso e encontre a melhor opção pra você.


  2. Garanta sua bolsa

    Faça a sua adesão e siga os passos para o processo seletivo.


  3. Estude pagando menos

    Aí é só realizar a matrícula e mandar ver nos estudos.


Olá! Quer uma ajudinha para descobrir seu curso ou faculdade ideal?

Neuropsicologia

Saiba tudo sobre o curso de Neuropsicologia e comece a estudar com ajuda da Quero Bolsa

Ilustração de uma garota fazendo uma pesquisa do curso de Neuropsicologia no notebook
Duração: 6 meses a 1 ano
Bolsas: a partir de R$ 33,00
Ver bolsas de até 87%

Sobre o curso de Neuropsicologia

O curso de neuropsicologia é uma especialização que se destaca no campo da psicologia, concentrando-se no estudo das relações entre o cérebro e o comportamento humano. Ao longo desse programa, os estudantes adquirem conhecimentos avançados em neurociência, psicologia e métodos de avaliação neuropsicológica. A seguir, destacam-se alguns aspectos essenciais desse curso:

Base Teórica e Científica: O curso proporciona uma sólida base teórica, explorando conceitos fundamentais da neurociência, anatomia cerebral, processos cognitivos e neurodesenvolvimento.

Avaliação Neuropsicológica: Uma parte crucial do curso é dedicada à aprendizagem de métodos de avaliação neuropsicológica. Isso inclui o entendimento e uso de diferentes testes e instrumentos para avaliar funções cognitivas, emocionais e comportamentais.

Intervenção e Reabilitação: Os alunos aprendem estratégias e técnicas de intervenção para lidar com questões neuropsicológicas. Isso pode envolver a criação de planos de reabilitação para indivíduos que enfrentam desafios decorrentes de lesões cerebrais, transtornos neurológicos ou condições neurodegenerativas.

Estágios Práticos e Supervisão: A prática clínica é enfatizada por meio de estágios supervisionados. Isso permite que os estudantes apliquem seus conhecimentos teóricos em contextos reais e desenvolvam habilidades práticas sob a orientação de profissionais experientes.

Neuroimagem e Tecnologia: O curso muitas vezes abrange o uso de tecnologias avançadas, como neuroimagem, para compreender melhor a relação entre atividade cerebral e comportamento. Isso inclui a familiaridade com técnicas como ressonância magnética funcional (fMRI) e eletroencefalograma (EEG).

Interdisciplinaridade: Dada a natureza interdisciplinar da neuropsicologia, os estudantes são incentivados a colaborar com profissionais de diversas áreas, como neurologistas, psiquiatras, fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais.

Pesquisa e Atualização Contínua: O curso geralmente incentiva a participação em atividades de pesquisa, permitindo que os estudantes contribuam para o avanço do conhecimento em neuropsicologia. A atualização contínua é crucial, dada a rápida evolução no campo.

Ética Profissional e Responsabilidade Social: O respeito aos princípios éticos na prática da neuropsicologia é enfatizado, assim como a responsabilidade social em fornecer serviços acessíveis e de qualidade.

Entre os principais distúrbios diagnosticados pelo profissional da área, destacam-se casos de:

  • Déficit de atenção;

  • Problemas de memória;

  • Dificuldade de raciocínio lógico;

  • Dislexia;

  • Dificuldades de aprendizagem;

  • TDAH;

  • Doenças de neurodesenvolvimento;

  • Hiperatividade.

Veja bolsas de estudo para o curso de Neuropsicologia

O tipo de formação para o curso de Neuropsicologia é: pós-graduação .

Como é o curso de Neuropsicologia?

O curso de Neuropsicologia é ofertado em nível de pós-graduação latu sensu (especialização e MBA), sendo destinado aos profissionais já formados em cursos correlatos, como Psicologia. Desse modo, o graduado poderá se especializar nas temáticas neurológicas aplicadas aos estudos psicológicos.

A especialização na área possui duração média que varia entre 6 meses a 2 anos, permitindo que o profissional realize sua formação em um período menor se comparado a um bacharelado, por exemplo. Além disso, o aluno pode optar por diferentes modalidades de estudo, como o presencial e a distância.

Na modalidade presencial, o estudante desenvolverá contato direto com a infraestrutura da instituição, tendo acesso aos laboratórios específicos do curso, além do acervo de livros. Já no EaD, o aluno realizará seus estudos de forma 100% online, contando com o apoio de materiais e videoaulas disponibilizadas de forma digital.

Assim como destacado anteriormente, a formação em Neuropsicologia é comumente ofertada em grau de pós-graduação lato sensu (especialização e MBA). Saiba, entretanto, que o curso também pode ser encontrado em nível de mestrado e doutorado. Nesse cenário, a formação contará com duração que varia entre 2 a 4 anos.

No site da Quero Bolsa, você poderá encontrar ofertas para o curso em nível de especialização e MBA. De acordo com consulta aos dados do e-MEC, atualmente, mais de 400 instituições de ensino superior possuem ofertas para a especialização em Neuropsicologia. Confira algumas das faculdades, universidades e centros universitários que integram a lista:

Qual a grade curricular de Neuropsicologia?

Grade Curricular é o conjunto de matérias que o aluno estudará durante o curso. Veja abaixo um exemplo de grade curricular para o curso de Neuropsicologia em uma de nossas faculdades parceiras:

    Ver a grade curricular

    O que se aprende na faculdade de Neuropsicologia?

    Durante a realização do curso de Neuropsicologia, o aluno desenvolverá estudos referentes às avaliações neuropsicológicas em diferentes cenários, além de compreender a fundo questões cognitivas. Entretanto, vale ressaltar que a grade curricular do curso varia de acordo com a instituição de ensino superior, o que implica em variações nas temáticas abordadas.

    Confira, como exemplo, a grade curricular da formação em Neuropsicologia da Anhembi Morumbi:

    • Neuropsicologia das Funções Cognitivas

    • Avaliação e Estimulação Neuropsicológica Infantil

    • Avaliação e Reabilitação Neuropsicológica de Adolescentes

    • Avaliação e Reabilitação Neuropsicológica de Adultos

    • Avaliação e Reabilitação Neuropsicológica de Idosos

    • Neuropsico-farmacologia

    • Neuropsicologia e Terapia Cognitiva Comportamental

    • Neuropsicologia e Psiquiatria

    Além das disciplinas destacadas, a especialização na área pode contar com tarefas complementares, como o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), além de estágios obrigatórios.

    Caso você tenha dúvidas se essa área de conhecimento é a escolha certa para você, não deixe de conferir o Teste Vocacional da Quero Bolsa. É rápido, gratuito e pode te ajudar nessa importante escolha profissional.

    Quanto custa uma faculdade de Neuropsicologia?

    O curso de Neuropsicologia, no site da Quero Bolsa, pode ser encontrado com mensalidades a partir de R$ 54,93. Saiba, entretanto, que os valores podem variar de acordo com a modalidade e instituição de ensino superior.

    Se você deseja ingressar na especialização com descontos de até 80%, acesse o site da Quero Bolsa e confira as melhores ofertas para a formação.

    Procure o curso de Neuropsicologia ideal para você!

    Com mensalidades a partir de R$ 33,00 entre as 1.407 instituições parceiras do Quero Bolsa.

    Veja como é simples começar a estudar

    1. Encontre seu curso
    2. Garanta sua bolsa
    3. Economize até se formar

    Sobre a carreira de Neuropsicologia

    Onde o profissional de Neuropsicologia pode trabalhar?

    O neuropsicólogo pode atuar em hospitais, clínicas, centros médicos, entre outras possibilidades relacionadas. De acordo com os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), disponibilizados no site Salário.com, entre os principais setores responsáveis pela contratação do neuropsicólogo, destacam-se:

    • Atividades de psicologia e psicanálise;

    • Atividades de atendimento hospitalar;

    • Atividades de fisioterapia;

    • Atividades de apoio à gestão de saúde;

    • Planos de saúde;

    • Atividades de centros de assistência psicossocial.

    Ainda de acordo com os dados do CAGED, o salário do profissional da área é de, em média, R$ 3.231,11.

    Confira a remuneração do profissional em alguns dos principais estados do país, segundo os dados disponibilizados no site Salário.com:

    • São Paulo (SP): 2.971,45

    • Pernambuco (PE): 2.329,25

    • Rio Grande do Sul (RS): 1.861,48

    • Goiás (GO): 3.625,25

    • Santa Catarina (SC): 3.601,20

    Sino de ofertas
    Receba um alerta quando a vaga ideal chegar!

    Como ingressar na profissão de Neuropsicologia?

    Quais são as exigências do mercado de trabalho para o profissional de Neuropsicologia?

    Para atuar na área, o profissional deve possuir graduação em Psicologia, além de contar com o registro no Conselho Federal de Psicologia (CFP). Após isso, o especialista deve realizar a pós-graduação em Neuropsicologia, podendo, por fim, após a conclusão do curso, atuar como neuropsicólogo.

    O mercado de trabalho para neuropsicólogos apresenta algumas exigências específicas, refletindo a natureza especializada e complexa dessa área. Abaixo estão algumas das principais demandas e requisitos observados no campo:

    Educação e Formação: Diploma em Psicologia e pós-graduação em Neuropsicologia.

    Licenciamento e Certificação: Muitas regiões exigem que os neuropsicólogos obtenham licenciamento para praticar. Certificações específicas em Neuropsicologia podem ser solicitadas por alguns empregadores.

    Experiência Clínica: Experiência prática em avaliação neuropsicológica e intervenção é fundamental. Conhecimento sólido de diferentes instrumentos de avaliação neuropsicológica e habilidades para interpretar resultados.

    Habilidades de Comunicação: Boas habilidades de comunicação são cruciais para explicar resultados de avaliações de forma acessível aos pacientes e suas famílias. Colaboração eficaz com outros profissionais de saúde, como neurologistas e psiquiatras.

    Atualização Científica: Manter-se atualizado com as últimas pesquisas e avanços em Neuropsicologia é vital. Participação em conferências e workshops para aprimoramento contínuo.

    Empatia e Sensibilidade: Trabalhar com pacientes que podem enfrentar desafios neurológicos exige empatia e sensibilidade. Capacidade de adaptar abordagens de intervenção às necessidades individuais dos pacientes.

    Conhecimento Interdisciplinar: Colaboração eficaz com profissionais de diversas áreas, como fisioterapeutas, fonoaudiólogos e assistentes sociais. Compreensão de como as condições neuropsicológicas podem impactar diferentes aspectos da vida do paciente.

    Ética Profissional: Adesão estrita a padrões éticos e princípios profissionais. Manter a confidencialidade e respeitar a privacidade dos pacientes.

    Adaptação a Tecnologias: Familiaridade com ferramentas e tecnologias utilizadas na prática neuropsicológica, como softwares de análise de dados e neuroimagem.

    Balões de Conversa - Dúvidas sobre Neuropsicologia
    Está com dúvidas sobre Neuropsicologia? Os alunos e ex-alunos do curso estão prontos para tirar suas dúvidas. Ver perguntas e respostas

    Perguntas e Respostas - Neuropsicologia

    Tipo de Pergunta
    Recentes