Info Icon Help Icon Como funciona Ajuda
Whatsapp Icon 0800 123 2222
Envie mensagem ou ligue
Sociologia

Direitos Humanos

Natália Cruz
Publicado por Natália Cruz
Última atualização: 21/8/2018

Introdução

São considerados Direitos Humanos todos os direitos políticos, sociais, culturais e econômicos inerentes ao ser humano. Eles são uma série de direitos garantidos a todos indivíduos e que garantem uma vida com dignidade.

Qualquer humano, simplesmente pelo fato de ser humano, pode desfrutar sem distinção de cor, gênero, raça, religião, língua ou opinião política desse conjunto de direitos.

Os Direitos Humanos são garantidos legalmente pela Declaração Universal dos Direitos Humanos, escrita pela Organização das Nações Unidas (ONU) e apresentada ao mundo em 10 de Dezembro de 1948.

A declaração serve de base para reger juridicamente os direitos sociais, políticos, econômicos e culturais básicos e necessários para que todo ser humano tenha uma vida digna.

Cada país, no entanto, com base na Declaração Universal dos Direitos Humanos, pode incluir itens considerados essenciais em suas Constituições, chamados de Direitos Fundamentais.

Contexto de Criação das Declarações Modernas

As Declarações que garantem direitos individuais não surgiram com a Declaração Universal dos Direitos Humanos. A primeira declaração de direitos humanos é atribuída ao rei Ciro, da Pérsia e data de 539 a. C.

Em 1628, o Parlamento Inglês publicou as primeiras declarações que garantiam os direitos civis básicos dos cidadãos ingleses. Anos depois, em 1689, a Inglaterra apresentou a Declaração de Direitos, conhecida como Bill of Rights.

Em 1776, os Estados Unidos em sua recente independência, publicaram uma declaração de direitos que defende o direito à revolução, o direito à vida, à liberdade e a busca pela felicidade. As declarações estadunidenses serviram de base para a Declaração de Direitos do Homem e do Cidadão, escrita durante a Revolução Francesa de 1789.

Em 1948, após o fim da Segunda Guerra Mundial, a ONU, criada em 1945, publicou a Declaração Universal dos Direitos Humanos. As declarações escritas nos Estados Unidos e França, serviram de base para a Declaração Universal dos Direitos Humanos. A violência e desrespeito aos direitos humanos básicos em meio à guerra também serviram para elaboração da Declaração Universal.

As reuniões para a elaboração dos trinta artigos da Declaração Universal dos Direitos Humanos foram comandadas por Eleanor Roosevelt.

Entre os direitos inalienáveis apresentados estão a garantia de liberdade, justiça, paz mundial, o direito a não escravização, a igualdade de tratamento perante a lei, o direito à livre expressão, tanto política quanto religiosa, o direito ao lazer, trabalho livre e remunerado, à cultura, à participação política e de expressão de opiniões e pensamentos.

A declaração de 1948 foi a primeira a garantir a todos os cidadãos do mundo os direitos sociais, políticos, culturais e econômicos básicos. Até a publicação da Declaração Universal dos Direitos Humanos, as declarações eram regionais e serviam apenas para os habitantes dos países nos quais haviam sido publicadas.

Características dos Direitos Humanos

A Declaração de 1948 apresenta algumas características básicas e inerentes a todos os seres humanos e que devem ser, acima de tudo, garantidas e respeitadas. De acordo com a ONU:

  • Os direitos humanos são fundados sobre o respeito pela dignidade e o valor de cada pessoa;
  • Os direitos humanos são universais, o que quer dizer que são aplicados de forma igual e sem discriminação a todas as pessoas;
  • Os direitos humanos são inalienáveis, e ninguém pode ser privado de seus direitos humanos; eles podem ser limitados em situações específicas. Por exemplo, o direito à liberdade pode ser restringido se uma pessoa é considerada culpada de um crime diante de um tribunal e com o devido processo legal;
  • Os direitos humanos são indivisíveis, inter-relacionados e interdependentes, já que é insuficiente respeitar alguns direitos humanos e outros não. Na prática, a violação de um direito vai afetar o respeito por muitos outros;
  • Todos os direitos humanos devem, portanto, ser vistos como de igual importância, sendo igualmente essencial respeitar a dignidade e o valor de cada pessoa.

Exercícios

Exercício 1
(Quero Bolsa)

O desrespeito aos direitos do homem, seja em nosso país ou em outros lugares do mundo, é noticiado pelos meios de comunicação com certa frequência. O texto abaixo foi extraído da Declaração Universal dos Direitos Humanos, aprovada pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 1948:

“Todos os seres humanos nascem livres e iguais em dignidade e direitos. São dotados de razão e consciência e devem agir em relação uns aos outros com espírito de fraternidade (…)” (Artigo 1).

Entende-se que o documento da ONU recomenda a todos os países a:

Ilustração: Rapaz corpulento de camiseta, shorts e tênis acenando

Inscreva-se abaixo e receba novidades sobre o Enem, Sisu, Prouni e Fies:

Carregando...

Veja também

SOCIOLOGIA
Ação Social
Ação Social
SOCIOLOGIA
Antropologia
Antropologia
SOCIOLOGIA
Cidadania
Cidadania
SOCIOLOGIA
Constituição Federal de 1988
Constituição Federal de 1988
SOCIOLOGIA
Cultura
Cultura
SOCIOLOGIA
Declaração Universal dos Direitos Humanos
Declaração Universal dos Direitos Humanos
SOCIOLOGIA
Desigualdade Social
Desigualdade Social
SOCIOLOGIA
Estado de Bem Estar Social
Estado de Bem Estar Social
SOCIOLOGIA
Estado Democrático de Direito
Estado Democrático de Direito
SOCIOLOGIA
Estigma Social
Estigma Social
SOCIOLOGIA
Estruturalismo
Estruturalismo
SOCIOLOGIA
Exclusão Social
Exclusão Social
SOCIOLOGIA
Feminismo
Feminismo
SOCIOLOGIA
Funcionalismo
Funcionalismo
SOCIOLOGIA
Movimentos Sociais
Movimentos Sociais
SOCIOLOGIA
Neoliberalismo
Neoliberalismo
SOCIOLOGIA
Social-Democracia
Social-Democracia
SOCIOLOGIA
Sociedade
Sociedade