logo
Lista de faculdades Lista de cursos Lista de profissões Revista Quero Central de ajuda

banner image banner image
Vestibular e Enem

É possível cursar Medicina pelo Fies?

por Camilla Freitas em 31/01/22

O curso de Medicina é uma das graduações com o maior número de alunos matriculados, segundo o último Censo da Educação Superior. Por isso, quando o assunto é vestibular, os candidatos se esforçam muito para alcançar uma pontuação alta e conquistar a tão sonhada aprovação. 

No Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), os estudantes podem ingressar em Medicina em uma universidade pública pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu) ou em uma instituição privada pelo Programa Universidade para Todos (Prouni) e pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

O Fies está disponível para diversos cursos de graduação, inclusive para Medicina. A seguir, você confere todas as informações sobre o programa e fica por dentro de tudo que precisa para concorrer uma vaga no programa.

Leia também: + Medicina: conheça os detalhes dessa formação
+ Encontre bolsas de estudo de até 80% para graduação

fies medicina

O que é o FIES?

O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) foi criado em 1999 pelo Ministério da Educação (MEC) em substituição ao programa Crédito Educativo. O objetivo do governo é facilitar a entrada de alunos de baixa renda ao ensino superior. 

Com o Fies é possível ingressar em uma universidade privada reconhecida pelo MEC e financiar os seus estudos. Desde 2018, o programa oferece três modalidades de financiamento, que são divididas de acordo com a região do país e também com a renda familiar bruta per capita do estudante. Além disso, uma das modalidades possui taxa de juros zero. Veja a seguir:

Modalidade I: atende todos os estudantes do Brasil que possuam renda per capita mensal familiar de até três salários mínimos. Nesta modalidade não há cobrança de taxa de juros. Desde 2018, os ingressantes por esta modalidade terão, no mínimo, 50% do valor total do seu curso financiado e pode conseguir até 100% de financiamento, dependendo da sua necessidade;

Modalidade II: é destinada para alunos das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, com renda per capita mensal familiar de até cinco salários mínimos. Neste caso, as taxas de juros são variáveis, segundo a instituição financeira responsável pelo financiamento.

Modalidade III: é direcionada para estudantes de todo o Brasil, com renda per capita mensal familiar de até cinco salários mínimos. Neste caso, as taxas de juros também são variáveis, segundo a instituição financeira responsável pelo financiamento.

Fies 2022: confira o calendário do programa

Como conseguir o FIES para Medicina?

Para ingressar em uma faculdade privada de Medicina e financiar os seus estudos por meio do Fies, o estudante precisa se encaixar em uma das modalidades de financiamento citadas acima. Além disso, precisa ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). 

De acordo com as regras do programa, os candidatos ao Fies precisam ter obtido no mínimo 450 pontos na prova do Enem e ter nota superior a zero na redação. Mas é claro que isso é o mínimo exigido para fazer a inscrição. Para ser aprovado, a nota varia de acordo com o curso e a universidade escolhida.

Por isso, veja a seguir qual a nota você precisa tirar para ser aprovado no Fies em Medicina.

Quantos pontos precisa para passar em Medicina no FIES?

Por ser um curso concorrido, os estudantes que desejam cursar Medicina se dedicam muito e ficam sempre na expectativa para alcançar uma boa nota e ser aprovado logo de cara, já que as notas de corte são elevadas para essa graduação.

Para te ajudar, a Revista Quero fez uma lista com as cinco menores e as cinco maiores notas de corte do Fies 2021 para você ter uma ideia de quanto precisa para ingressar no curso ainda este ano. Confira a seguir:

5 menores notas de corte Fies Medicina

  • 666,14

  • 672,26

  • 674,28

  • 680,48

  • 681,22


5 maiores notas de corte Fies Medicina

  • 773,32

  • 762,26

  • 760,82

  • 760,24

  • 758,58

Veja também: O que é nota de corte?

Quais faculdades ofertam Medicina no Fies?

Agora que você já sabe quais são as maiores e as menores notas de corte para o curso de Medicina, conheça algumas universidades privadas que ofertam essa graduação e que participam do Fies:

Qual é a diferença entre Medicina e Enfermagem?

Quanto é a parcela do Fies para o curso de Medicina?

O valor das mensalidades variam de acordo com o curso, a universidade escolhida e também com a modalidade de financiamento que você se encaixa. Ou seja, você recebe descontos variados e pode conseguir até 100% de financiamento.

Mas é importante lembrar que o Fies é um programa de financiamento e não de bolsas de estudo. Por isso, ao final, você precisa pagar o valor financiado. O pagamento ocorre em três fases: 

Utilização: em que o estudante paga, durante a graduação, uma pequena parcela referente aos juros do financiamento;

Amortização: é o momento em que o aluno vai quitar a dívida. O valor pode ser dividido em um período equivalente a até 3 vezes a duração do curso.

Para te ajudar, a Quero Bolsa disponibilizou uma ferramenta para você simular o seu financiamento e saber quanto você vai pagar em cada uma dessas fases do programa.

Saiba mais no botão abaixo:

Simulador de financiamento

Veja mais: Fies: MEC abrirá 110 mil vagas de financiamento em 2022

Simulador de nota de corte

Se você deseja simular qual a nota de corte necessária para entrar no curso de seu interesse pelo Fies, acesse o simulador de notas de corte da Quero Bolsa. Lá é possível ver em quais universidades você terá mais chances de ingressar neste ano e em qual programa será possível utilizar a sua nota.

Clique no botão abaixo e faça a simulação!

Simulador de notas de corte

Mostrando cursos em Veja mais vagas

  • Mensalidades a partir de

    R$ 270,00
    Ver Bolsas

  • {course} {university}

    Mensalidades a partir de R$ 2400/mês

Veja mais cursos

Tags relacionadas:

banner image banner image

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2022 CNPJ: 10.542.212/0001-54