Fale com a gente

Como funciona
  1. Busque sua bolsa

    Escolha um curso e encontre a melhor opção pra você.


  2. Garanta sua bolsa

    Faça a sua adesão e siga os passos para o processo seletivo.


  3. Estude pagando menos

    Aí é só realizar a matrícula e mandar ver nos estudos.


Olá! Quer uma ajudinha para descobrir seu curso ou faculdade ideal?

Arqueologia

Saiba tudo sobre o curso de Arqueologia e comece a estudar com ajuda da Quero Bolsa

Ilustração de uma garota fazendo uma pesquisa do curso de Arqueologia no notebook
Média Salarial: R$ 2.289,20
Duração: em média, 4 anos
Ver bolsas de até 87%

Sobre o curso de Arqueologia

A Arqueologia é o estudo dos indícios de civilizações e culturas passadas, investigando vestígios para compreender a história e organização desses povos antigos.

O curso de arqueologia é uma área de estudo fascinante que mergulha nas profundezas do passado humano, buscando compreender e interpretar vestígios materiais deixados por civilizações antigas e sociedades pré-históricas. Esta disciplina é multidisciplinar, combinando conhecimentos de história, antropologia, geografia, geologia, química e outras áreas afins.

Durante o curso de arqueologia, os estudantes exploram técnicas de escavação, análise de artefatos, datação por carbono, estudos de DNA antigo, fotogrametria, entre outras metodologias. Através dessas práticas, os arqueólogos buscam reconstruir modos de vida, sistemas de crenças, estruturas sociais e relações culturais de povos do passado.

Além das escavações e análises em campo, os estudantes também são expostos a aulas teóricas que abordam teorias arqueológicas, debates éticos e questões contemporâneas dentro da disciplina. Eles aprendem a interpretar e contextualizar os achados arqueológicos dentro de um quadro histórico mais amplo, contribuindo para a compreensão da evolução da humanidade.

O curso de arqueologia também enfatiza a importância da preservação do patrimônio cultural e da conscientização sobre a importância de proteger sítios arqueológicos e artefatos históricos. Os estudantes são instruídos sobre as práticas éticas e legais envolvidas na pesquisa arqueológica, garantindo que o trabalho seja conduzido de forma responsável e respeitosa em relação às comunidades locais e suas tradições.

Apesar de desafiador, o curso de arqueologia oferece aos estudantes a oportunidade de explorar o passado humano de maneira única e gratificante, permitindo-lhes contribuir para a construção do conhecimento histórico e cultural da humanidade. Ao longo da jornada acadêmica, os alunos desenvolvem habilidades analíticas, de pesquisa e de comunicação que podem ser aplicadas em uma variedade de carreiras dentro e fora do campo da arqueologia.

Veja bolsas de estudo para o curso de Arqueologia

Os tipos de formação para o curso de Arqueologia são: bacharelado e pós-graduação .

Como é o curso de Arqueologia?

Segundo as Diretrizes Curriculares Nacionais definidas pelo Ministério da Educação (MEC), a proposta do curso de Arqueologia deve preparar o aluno para, entre outros itens:

  • Identificar as fronteiras que demarcam o campo de conhecimento;

  • Gerar produtos a partir dos conhecimentos adquiridos e divulgá-los;

  • Elaborar, coordenar, executar e avaliar planos, programas e projetos;

  • Desenvolver atividades profissionais autônomas, de modo a orientar, dirigir, assessorar, prestar consultoria, realizar perícias e emitir laudos técnicos e pareceres;

  • Responder a demandas de informação produzidas pelas transformações que caracterizam o mundo contemporâneo.

A grade curricular pode incluir disciplinas como História da Sociedade Brasileira, Pré-história, Cartografia, Sociologia, Filosofia e Estatística.

O curso tem duração média de quatro anos e também pode ser encontrado com os nomes de Arqueologia e Conservação da Arte Rupestre ou Arqueologia e Preservação Patrimonial.

Qual a grade curricular de Arqueologia?

Grade Curricular é o conjunto de matérias que o aluno estudará durante o curso. Veja abaixo um exemplo de grade curricular para o curso de Arqueologia em uma de nossas faculdades parceiras:

  • Anatomia Humana

  • Antropologia Cultural

  • Análise Espacial

Ver a grade curricular

O que se aprende na faculdade de Arqueologia?

No curso de arqueologia, os estudantes mergulham em um vasto conjunto de conhecimentos multidisciplinares que abrangem diversos aspectos da história humana e da pesquisa científica. Ao longo do programa, os alunos aprendem uma variedade de habilidades e tópicos, incluindo:

Metodologias de Escavação: Os alunos aprendem técnicas de escavação arqueológica, incluindo como planejar e conduzir uma escavação de maneira sistemática e cuidadosa, garantindo a coleta precisa de dados e a preservação adequada dos sítios arqueológicos.

Análise de Artefatos: Eles são treinados na identificação, classificação e análise de artefatos arqueológicos, incluindo cerâmica, ferramentas de pedra, ossos, metais e outros materiais encontrados em escavações.

Datação e Cronologia: Os alunos aprendem sobre diferentes métodos de datação, incluindo datação por radiocarbono, datação por termoluminescência, dendrocronologia e outros métodos utilizados para determinar a idade de artefatos e sítios arqueológicos.

Teoria Arqueológica: Eles estudam as diferentes teorias e abordagens utilizadas na interpretação dos vestígios arqueológicos, incluindo teorias sobre evolução cultural, formação de estados, ecologia humana e outras perspectivas que ajudam a entender as sociedades do passado.

Conservação e Preservação: Os alunos aprendem sobre as técnicas e práticas de conservação e preservação de artefatos arqueológicos, bem como sobre os desafios éticos e legais relacionados à proteção do patrimônio cultural.

Geografia e Contexto Ambiental: Eles exploram a importância do contexto geográfico e ambiental na compreensão das sociedades antigas, incluindo como as mudanças climáticas e ambientais influenciaram o desenvolvimento humano ao longo do tempo.

Comunicação e Publicação: Os estudantes desenvolvem habilidades de comunicação escrita e oral, aprendendo a apresentar suas descobertas de maneira clara e acessível para o público em geral, além de entender o processo de publicação acadêmica.

Ética e Responsabilidade Social: Eles discutem questões éticas e responsabilidades sociais relacionadas à prática arqueológica, incluindo o envolvimento das comunidades locais, a repatriação de artefatos culturais e a proteção dos direitos dos povos indígenas.

Se você deseja descobrir se o curso de Arqueologia é a escolha certa para você, não deixe de conferir o Teste Vocacional da Quero Bolsa. É rápido, gratuito e pode te ajudar nessa importante escolha profissional.

Quanto custa uma faculdade de Arqueologia?

O valor do curso de Arqueologia pode variar muito de acordo com a instituição de ensino.

Procure o curso de Arqueologia ideal para você!

Escolha entre as mais de mil instituições parceiras do Quero Bolsa.

Veja como é simples começar a estudar

  1. Encontre seu curso
  2. Garanta sua bolsa
  3. Economize até se formar

Sobre a carreira de Arqueologia

O que faz o profissional de Arqueologia?

Um arqueólogo pode trabalhar em uma variedade de ambientes e contextos, explorando os vestígios do passado humano e contribuindo para a compreensão da história e da cultura. Alguns dos locais onde um arqueólogo pode encontrar oportunidades de trabalho incluem:

Pesquisa Acadêmica: Muitos arqueólogos optam por seguir carreiras acadêmicas, trabalhando em universidades e instituições de pesquisa onde podem conduzir estudos arqueológicos, realizar escavações, publicar artigos e ensinar estudantes.

Instituições Culturais: Museus, galerias de arte e centros culturais frequentemente empregam arqueólogos para ajudar na curadoria de coleções, desenvolver exposições, conduzir pesquisas e oferecer programas educacionais para o público.

Governo e Órgãos Reguladores: Agências governamentais, departamentos de patrimônio histórico e órgãos reguladores podem contratar arqueólogos para realizar levantamentos, avaliações de impacto ambiental e supervisionar projetos de conservação e preservação do patrimônio arqueológico.

Consultorias de Arqueologia: Empresas privadas e consultorias de arqueologia oferecem serviços de consultoria para projetos de construção, desenvolvimento urbano, mineração e exploração de recursos naturais, onde os arqueólogos realizam levantamentos e avaliações para garantir a proteção do patrimônio arqueológico durante esses processos.

Organizações sem Fins Lucrativos: Organizações sem fins lucrativos dedicadas à preservação do patrimônio cultural e à promoção da conscientização arqueológica podem oferecer oportunidades de emprego para arqueólogos, envolvendo-se em projetos de pesquisa e educação pública.

Turismo e Desenvolvimento Cultural: Setores relacionados ao turismo e desenvolvimento cultural também podem empregar arqueólogos, seja na criação de rotas turísticas relacionadas a sítios arqueológicos, na gestão de parques históricos ou na organização de eventos culturais.

Trabalho de Campo e Expedições: Além dos ambientes tradicionais de trabalho, os arqueólogos frequentemente participam de expedições e projetos de campo em todo o mundo, trabalhando em colaboração com equipes internacionais para descobrir e documentar sítios arqueológicos e culturais.

Dica importante: Confira o Guia Completo sobre a Redação do Enem. Veja dicas incríveis para você arrasar e conseguir uma boa nota nesta parte importante da prova. Tenha acesso aos critérios de avaliação, dicas de especialistas e exemplos nota 1000! Tudo gratuito para você!

Onde o profissional de Arqueologia pode trabalhar?

O mercado de trabalho para arqueólogos é diversificado e dinâmico, apresentando uma série de exigências e desafios que os profissionais da área devem enfrentar para se destacarem e terem sucesso em suas carreiras. Algumas das exigências mais comuns incluem:

Formação Acadêmica: Um dos requisitos básicos para ingressar no mercado de trabalho como arqueólogo é possuir formação acadêmica em arqueologia ou em uma disciplina relacionada, como antropologia, história, geografia ou ciências sociais. Geralmente, é necessário ter pelo menos um bacharelado, mas muitos empregadores valorizam candidatos com mestrado ou doutorado em arqueologia.

Experiência em Campo: Experiência prática em escavações arqueológicas e trabalhos de campo é altamente valorizada no mercado de trabalho. Os arqueólogos precisam demonstrar habilidades em técnicas de escavação, análise de artefatos, registro de dados e trabalho em equipe durante expedições arqueológicas.

Conhecimento em Tecnologia e Métodos Científicos: O mercado de trabalho para arqueólogos está cada vez mais exigente em relação ao domínio de tecnologias e métodos científicos aplicados à pesquisa arqueológica. Isso inclui habilidades em fotogrametria, análise de dados geoespaciais, datação por radiocarbono, entre outros.

Habilidades de Comunicação e Escrita: A capacidade de comunicar de forma clara e eficaz é essencial para os arqueólogos, especialmente ao apresentar resultados de pesquisas, redigir relatórios técnicos, publicar artigos científicos e se envolver em atividades de divulgação para o público em geral.

Conhecimento em Legislação e Ética: Arqueólogos devem estar familiarizados com a legislação e regulamentações relacionadas à proteção do patrimônio cultural e histórico, bem como entender e aderir aos princípios éticos da prática arqueológica, incluindo o respeito às comunidades locais e povos indígenas.

Flexibilidade e Disponibilidade para Viagens: Muitas oportunidades de trabalho em arqueologia exigem que os profissionais estejam dispostos a viajar e passar períodos prolongados em expedições de campo, tanto em locais domésticos quanto internacionais.

Capacidade de Trabalhar em Equipe: A arqueologia é uma disciplina colaborativa, e os arqueólogos frequentemente trabalham em equipes multidisciplinares, incluindo outros arqueólogos, antropólogos, historiadores, geólogos e especialistas em outras áreas.

Quanto ganha um profissional de Arqueologia?

O salário médio de um Arqueólogo no Brasil é de R$ 2.289,20 . Os estados onde a profissão de Arqueólogo têm os melhores salários são CE, PI e RN.

Quer saber o salário das demais especialidades? Veja aqui

Ver salários dessa profissão
Sino de ofertas
Receba um alerta quando a vaga ideal chegar!

Como ingressar na profissão de Arqueologia?

Quais são as exigências do mercado de trabalho para o profissional de Arqueologia?

Para atuar profissionalmente, o arqueólogo deve ter frormação completa em curso de graduação, mestrado ou doutorado reconhecido pelo MEC.

A regulamentação da profissão ainda está em trâmite.

Quais são as principais competências pessoais do profissional de Arqueologia?

As principais características do profissional de Arqueologia, listadas pelo Ministério do Trabalho, são:

Capacidade de síntese;
Rigor científico;
Capacidade analítica;
Capacidade de formulação teórica;
Mediar conflitos;
Trabalhar em equipe;
Trabalhar em situações adversas;
Capacidade de observação, descrição e registro;
Sensibilidade na compreensão de valores e motivações.

Nota de corte para Arqueologia

Sabia que, utilizando apenas o seu resultado do Enem, você pode entrar em diversos cursos de universidades federais, estaduais e privadas?

Para ajudar o estudante a entender as suas possibilidades, o Quero Bolsa desenvolveu o Simulador de Nota de Corte . O sistema reúne os dados das últimas provas e mostra o desempenho mínimo para conseguir uma vaga em um dos programas educacionais do governo.

No último ano, as notas de corte registradas para o curso de Arqueologia foram:

Balões de Conversa - Dúvidas sobre Arqueologia
Está com dúvidas sobre Arqueologia? Os alunos e ex-alunos do curso estão prontos para tirar suas dúvidas. Ver perguntas e respostas

Perguntas e Respostas - Arqueologia

Tipo de Pergunta
Recentes