Fale com a gente

Como funciona
  1. Busque sua bolsa

    Escolha um curso e encontre a melhor opção pra você.


  2. Garanta sua bolsa

    Faça a sua adesão e siga os passos para o processo seletivo.


  3. Estude pagando menos

    Aí é só realizar a matrícula e mandar ver nos estudos.


Olá! Quer uma ajudinha para descobrir seu curso ou faculdade ideal?

Comércio Exterior

Saiba tudo sobre o curso de Comércio Exterior e comece a estudar com ajuda da Quero Bolsa

Ilustração de uma garota fazendo uma pesquisa do curso de Comércio Exterior no notebook
Média Salarial: R$ 4.525,07
Duração: em média, 4 anos
Bolsas: a partir de R$ 56,00
Ver bolsas de até 90%

Sobre o curso de Comércio Exterior

Última atualização: 25/04/2024

Comércio Exterior é a área responsável por estudar e promover as transações comerciais entre países. Envolve importação, exportação e negociações internacionais, visando ampliar os mercados e gerar desenvolvimento econômico. Refere-se à troca de bens e serviços entre países, atravessando fronteiras internacionais. Essa atividade desempenha um papel significativo na economia global, contribuindo para o Produto Interno Bruto (PIB) de muitas nações.

A faculdade de Comércio Exterior é uma área de estudo voltada para a compreensão dos processos relacionados ao comércio internacional. Ela abrange disciplinas e habilidades demandadas em negociações comerciais.

A grade curricular do curso abrange disciplinas referentes à economia internacional, logística, cadeia de suprimentos, gestão de negócios internacionais, direito aduaneiro, marketing global, finanças internacionais e idiomas estrangeiros, como inglês, espanhol e mandarim.

Ao longo do curso, os alunos têm acesso a aulas teóricas e práticas, que incluem estudos de caso, simulações de negociações internacionais e atividades que estimulam a tomada de decisões estratégicas. Além disso, muitas faculdades de Comércio Exterior oferecem oportunidades de intercâmbio, estágios em empresas do ramo e parcerias com instituições internacionais.

Os profissionais formados em Comércio Exterior podem trabalhar em empresas importadoras e exportadoras, instituições financeiras internacionais, organizações governamentais relacionadas ao comércio exterior, órgãos de fiscalização aduaneira, consultorias de comércio internacional, entre outras áreas.

Os tipos de formação para o curso de Comércio Exterior são: bacharelado , tecnólogo , pós-graduação e técnico .

Como é o curso de Comércio Exterior?

O curso de Comércio Exterior é projetado para formar profissionais qualificados em operações de comércio internacional. Entre as disciplinas, destaca-se o estudo de Economia Internacional, que fornece uma compreensão das dinâmicas econômicas globais. A Legislação Aduaneira é outra área enfatizada, que aborda as leis que regulam a importação e exportação de bens e serviços.

Os estudantes também se aprofundam em Logística Internacional, aprendendo sobre o transporte, armazenamento e distribuição de mercadorias em escala global, e Negociação Internacional, que ensina as habilidades de comunicação e estratégias para negociar em diferentes culturas e mercados.

A metodologia do curso combina teoria e prática. As aulas teóricas são complementadas com estudos de caso, simulações de negociações internacionais, e projetos de operações de comércio exterior. Muitos cursos incluem a possibilidade de estágios em empresas que operam no comércio internacional.

Muitas instituições exigem, também, a produção de um Trabalho de Conclusão de Curso (TCC).

Quantos anos leva a faculdade de Comércio Exterior?

O tempo necessário para concluir um curso de Comércio Exterior pode variar dependendo do país, da instituição de ensino e do tipo de programa (bacharelado, tecnólogo, etc.). Geralmente, um curso de bacharelado em Comércio Exterior leva de 3 a 4 anos para ser concluído, semelhante a muitos outros cursos de graduação.

No entanto, programas mais curtos, como tecnólogos, podem ter uma duração mais curta, geralmente de 2 a 3 anos. Sempre é importante verificar os requisitos específicos do curso e da instituição que você está interessado em frequentar.

Qual a grade curricular de Comércio Exterior?

Grade Curricular é o conjunto de matérias que o aluno estudará durante o curso. Veja abaixo um exemplo de grade curricular para o curso de Comércio Exterior em uma de nossas faculdades parceiras:

  • Filosofia, Ética e Cidadania

  • Fundamentos das Ciências Sociais

  • Fundamentos de Comércio Exterior

Ver a grade curricular

O que se aprende na faculdade de Comércio Exterior?

Na faculdade de Comércio Exterior, os estudantes aprendem conceitos teóricos e práticos relacionados ao comércio internacional. O currículo abrange disciplinas como economia internacional, logística e cadeia de suprimentos, gestão de negócios internacionais, direito aduaneiro, marketing global, finanças internacionais e idiomas estrangeiros.

Ao longo do programa, os alunos compreendem as dinâmicas do comércio global, explorando os processos de importação e exportação, as políticas comerciais, as barreiras tarifárias e não tarifárias, as regulamentações aduaneiras e os acordos comerciais entre países. Além disso, são apresentados os principais conceitos e técnicas utilizados nas negociações internacionais, incluindo estratégias de precificação, análise de mercado e gestão de contratos.

No campo da logística e da cadeia de suprimentos, os estudantes aprendem sobre os modais de transporte, armazenagem, distribuição e gestão de estoques, entendendo a importância da eficiência e da redução de custos nesse contexto. Também são abordadas as questões relacionadas ao seguro de transporte, embalagens e documentação necessária para o fluxo de mercadorias.

A gestão de negócios internacionais é uma área enfatizada na formação dos alunos de Comércio Exterior. Nesse aspecto, eles são introduzidos aos conceitos de internacionalização de empresas, análise de viabilidade de mercados externos, estudo de concorrência global e estratégias de marketing adaptadas a diferentes culturas e mercados.

O estudo do direito aduaneiro também contribui para a compreensão das legislações e regulamentações relacionadas ao comércio internacional, como tarifas, procedimentos de desembaraço aduaneiro, regras de origem e tributação de importações e exportações.

Além disso, a faculdade de Comércio Exterior valoriza o aprendizado de idiomas estrangeiros, principalmente o inglês, espanhol e outros idiomas relevantes para o comércio global.

Segundo as Diretrizes Curriculares Nacionais definidas pelo Ministério da Educação (MEC), o curso de Comércio Exterior segue as normas gerais dos cursos tecnológicos e está dentro do eixo de Gestão e Negócios, com carga horária mínima de 1.600 horas.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) avalia o curso de Comércio Exterior considerando as seguintes disciplinas:

  • Logística Nacional e Internacional: transportes e seguros;

  • Termos de Comércio Internacional;

  • Sistema Harmonizado e Classificação Fiscal;

  • Legislação Aduaneira: regime comum e especial;

  • Marketing Internacional;

  • Sistemas de Informação de Comércio Exterior;

  • Processos e Procedimentos de Exportação e Importação: tratamento administrativo (sistemática e órgãos anuentes), documentação e despacho;

  • Negociação Internacional e Relações Multiculturais;

  • Práticas Cambiais e Financeiras Internacionais: modalidade de pagamentos, contratos e créditos documentários;

  • Economia Internacional;

  • Instituições e Acordos Internacionais (tratados, organismos e blocos);

  • Responsabilidade Social e Ambiental;

  • Processos de Gestão Administrativa: econômico, financeiro e humano;

  • Raciocínio Lógico Quantitativo;

  • Direito Internacional;

  • Formação de Preço e Custos no Comércio Exterior: tributos, impostos, taxas e benefícios fiscais.

Qual a diferença de Relações Internacionais e Comércio Exterior?

Relações Internacionais e Comércio Exterior são campos relacionados, mas têm focos distintos.

Relações Internacionais: Este campo se concentra no estudo das interações entre estados, organizações internacionais, empresas multinacionais e outras entidades globais. Ele abrange uma ampla gama de temas, como política internacional, direito internacional, economia internacional, segurança global, diplomacia e questões de desenvolvimento.

Os profissionais de Relações Internacionais geralmente trabalham em governos, organizações não governamentais (ONGs), organizações internacionais, consultorias de política e análise de risco político.

Comércio Exterior: Este campo está mais focado nas transações comerciais entre países. Envolve a importação e exportação de bens e serviços, bem como questões relacionadas à logística internacional, transporte, finanças internacionais, tarifas, regulamentações comerciais, acordos comerciais e estratégias de negociação internacional.

Os profissionais de Comércio Exterior geralmente trabalham em empresas privadas envolvidas no comércio internacional, agências governamentais de comércio exterior, empresas de logística internacional e consultorias de comércio internacional.

Quanto custa uma faculdade de Comércio Exterior?

Veja descontos de até 89% em ofertas para o curso de Comércio Exterior. As mensalidades com bolsas de estudo variam entre R$29,90 e R$2.022,30, em instituições parceiras na Quero Bolsa.

Caso você tenha dúvidas se esse curso é a escolha certa para você, não deixe de conferir o Teste Vocacional da Quero Bolsa. É rápido, gratuito e pode te ajudar nessa importante escolha profissional.

Procure o curso de Comércio Exterior ideal para você!

Com mensalidades a partir de R$ 56,00 entre as 1.445 instituições parceiras do Quero Bolsa.

Veja como é simples começar a estudar

  1. Encontre seu curso
  2. Garanta sua bolsa
  3. Economize até se formar

Sobre a carreira de Comércio Exterior

O que faz o profissional de Comércio Exterior?

O analista de Comércio Exterior realiza operações de comércio internacional para importação e exportação de produtos e serviços. Além disso, processa operações de importação e traça planos de exportação.

Esse profissional também analisa o mercado internacional, participa da promoção de produtos ou serviços em feiras e outros eventos, prestando orientação técnica aos visitantes ou participantes e orienta o desembaraço aduaneiro.

Onde o profissional de Comércio Exterior pode trabalhar?

Um profissional de Comércio Exterior trabalha de forma estratégica e multidisciplinar, lidando com diversas atividades relacionadas às transações comerciais internacionais. Sua atuação envolve desde o planejamento e prospecção de mercados externos até a efetivação e gestão das operações de importação e exportação.

O profissional de Comércio Exterior deve ter uma visão global do mercado, buscando identificar oportunidades de negócios e analisando o potencial de diferentes países e regiões. Isso envolve a realização de estudos de viabilidade, análise de riscos e o desenvolvimento de estratégias de internacionalização para empresas.

Na prática, o profissional de Comércio Exterior realiza pesquisas de mercado, buscando entender as demandas e preferências dos consumidores estrangeiros. Ele também realiza análises de concorrência, avaliando os concorrentes internacionais e identificando as vantagens competitivas da empresa que representa.

Além disso, o profissional de Comércio Exterior é responsável por realizar negociações comerciais internacionais, tanto na venda de produtos e serviços para o exterior quanto na aquisição de insumos e produtos de outros países. Ele deve dominar técnicas de negociação, conhecer as legislações e regulamentações aduaneiras e estar atualizado sobre acordos comerciais e políticas tarifárias.

A logística é outro aspecto fundamental do trabalho do profissional de Comércio Exterior. Ele coordena o transporte, armazenamento e distribuição de mercadorias, assegurando que os prazos sejam cumpridos e que a integridade dos produtos seja preservada. Para isso, é necessário entender os diferentes modais de transporte, contratar transportadoras e lidar com documentos e procedimentos aduaneiros.

O profissional de Comércio Exterior também atua na área financeira, realizando operações de câmbio, lidando com pagamentos internacionais, calculando custos de importação e exportação e gerenciando os riscos cambiais. É importante ter conhecimentos sobre finanças internacionais e utilizar ferramentas adequadas para mitigar os riscos financeiros das operações.

Além disso, o profissional de Comércio Exterior deve ter habilidades de comunicação e negociação, pois ele interage com parceiros comerciais de diferentes países e culturas. É essencial ser fluente em idiomas estrangeiros, especialmente o inglês, que é amplamente utilizado nas transações comerciais internacionais.

Caso você tenha dúvidas sobre a curso de Comércio Exterior ou profissões nesta área, faça o seu questionamento na Comunidade Quero. A Comunidade Quero é um ambiente para troca de conhecimento, onde você pode tirar suas dúvidas e ajudar outros integrantes da Comunidade com as dúvidas sobre o curso.

Quanto ganha um profissional de Comércio Exterior?

O salário médio de um Analista de Comércio Exterior no Brasil é de R$ 4.525,07 . Os estados onde a profissão de Analista de Comércio Exterior têm os melhores salários são .

Quer saber o salário das demais especialidades? Veja aqui

Ver salários dessa profissão
Sino de ofertas
Receba um alerta quando a vaga ideal chegar!

Como ingressar na profissão de Comércio Exterior?

Quais são as exigências do mercado de trabalho para o profissional de Comércio Exterior?

O exercício das funções de analista em Comércio Exterior requer diploma em curso superior da área reconhecido pelo MEC, ou em Administração com especialização em Comércio Exterior.

É necessário também registro no Conselho Regional de Administração (CRA). O desempenho pleno das atividades costuma ocorrer após quatro ou cinco anos de experiência profissional.

O mercado de trabalho para o profissional de Comércio Exterior apresenta algumas exigências específicas, considerando a natureza global das transações comerciais e a necessidade de profissionais capacitados para lidar com os desafios desse ambiente dinâmico. Algumas das principais exigências são:

Formação acadêmica: A maioria das empresas e organizações que atuam no comércio exterior busca profissionais com formação superior em Comércio Exterior, Relações Internacionais, Administração ou áreas correlatas. A graduação proporciona os conhecimentos teóricos e práticos necessários para compreender as nuances do mercado global.

Domínio de idiomas: O profissional de Comércio Exterior precisa ter fluência em, pelo menos, um idioma estrangeiro, sendo o inglês o mais exigido. Além disso, conhecimentos em outros idiomas relevantes para os mercados de atuação, como espanhol, francês, alemão, mandarim, podem ser diferenciais importantes.

Conhecimentos técnicos: É fundamental ter conhecimentos sólidos sobre as práticas de importação e exportação, logística internacional, legislação aduaneira, negociações internacionais, finanças internacionais e gestão de negócios internacionais. Esses conhecimentos permitem ao profissional compreender e lidar com as complexidades do mercado global.

Visão estratégica e habilidades analíticas: O profissional de Comércio Exterior precisa ter uma visão estratégica do mercado, identificando oportunidades, avaliando riscos e desenvolvendo planos de ação adequados. Habilidades analíticas são essenciais para interpretar dados de mercado, identificar tendências e tomar decisões embasadas.

Adaptabilidade e flexibilidade: O mercado de Comércio Exterior é altamente dinâmico e sujeito a mudanças constantes. Os profissionais devem ser capazes de se adaptar rapidamente a novos cenários, lidar com diferentes culturas, compreender as particularidades de cada mercado e se manter atualizados sobre regulamentações e políticas comerciais em constante evolução.

Habilidades de comunicação e negociação: A comunicação eficaz é fundamental no comércio internacional. O profissional precisa ser capaz de se comunicar claramente, tanto por escrito quanto verbalmente, com parceiros comerciais de diferentes nacionalidades. Habilidades de negociação são cruciais para obter acordos vantajosos e resolver conflitos.

Quais são as principais competências pessoais do profissional de Comércio Exterior?

As principais características do profissional de Comércio Exterior, listadas pelo Ministério do Trabalho, são:

Comunicação em língua estrangeira;
Conhecimento de globalização;
Atualização constante;
Comprometimento;
Dinamismo;
Capacidade de negociação;
Capacidade de ação;
Flexibilidade.

Nota de corte para Comércio Exterior

Sabia que, utilizando apenas o seu resultado do Enem, você pode entrar em diversos cursos de universidades federais, estaduais e privadas?

Para ajudar o estudante a entender as suas possibilidades, o Quero Bolsa desenvolveu o Simulador de Nota de Corte . O sistema reúne os dados das últimas provas e mostra o desempenho mínimo para conseguir uma vaga em um dos programas educacionais do governo.

No último ano, as notas de corte registradas para o curso de Comércio Exterior foram:

Balões de Conversa - Dúvidas sobre Comércio Exterior
Está com dúvidas sobre Comércio Exterior? Os alunos e ex-alunos do curso estão prontos para tirar suas dúvidas. Ver perguntas e respostas

Perguntas e Respostas - Comércio Exterior

Tipo de Pergunta
Recentes