Fale com a gente

Como funciona
  1. Busque sua bolsa

    Escolha um curso e encontre a melhor opção pra você.


  2. Garanta sua bolsa

    Faça a sua adesão e siga os passos para o processo seletivo.


  3. Estude pagando menos

    Aí é só realizar a matrícula e mandar ver nos estudos.


Odontologia

Saiba tudo sobre o curso de Odontologia e comece a estudar com ajuda da Quero Bolsa

Média Salarial: R$ 4.437,43
Duração: em média, 5 anos
Bolsas: a partir de R$ 649,00
Ilustração de uma garota fazendo uma pesquisa do curso de Odontologia no notebook

Sobre o curso de Odontologia

A Odontologia é uma área da saúde focada na prevenção, diagnóstico e tratamento de condições que afetam dentes, boca, língua e estruturas relacionadas da face e pescoço.

O curso de Odontologia é um dos mais importantes e conhecidos na área da saúde. Ele abrange a prevenção, diagnóstico, tratamento e reabilitação dos problemas dentários e dos maxilares. O curso tem duração média de cinco anos (10 semestres), sendo que algumas universidades oferecem programas de graduação de seis anos (12 semestres).

Durante o curso, os alunos aprendem sobre diversos assuntos, como anatomia, histologia, bioquímica, patologia, fisiologia, terapia farmacológica, radiologia, odontologia restauradora, prótese e periodontia. Além disso, os alunos também aprendem sobre técnicas de diagnóstico, tratamento e prevenção de doenças orais, assim como sobre a prática de segurança e ética na odontologia.

A formação fornece aos alunos a oportunidade de praticar habilidades técnicas e práticas, bem como aprimorar suas habilidades de comunicação, trabalho em equipe e gestão. Além disso, o curso também aborda o gerenciamento de recursos financeiros, além de outros aspectos da gestão de consultórios odontológicos.

Ao concluir o curso de odontologia, os alunos estão aptos a exercer a profissão de dentista. Eles terão a oportunidade de trabalhar em hospitais, clínicas odontológicas, escolas, órgãos governamentais e em consultórios particulares.

Os profissionais também podem se especializar em campos específicos. Atualmente, 23 áreas da Odontologia são reconhecidas pelo Conselho Federal de Odontologia (CFO). Entre as principais especialidades, estão:

  • Acupuntura em Odontologia: Utiliza técnicas de acupuntura para alívio da dor e tratamento de condições orofaciais.
  • Cirurgia e Traumatologia Buco Maxilo Faciais: Trata cirurgicamente condições, traumas e deformidades da face, boca e maxilares.
  • Dentística: Especialidade focada na estética e restauração dental.
  • Disfunção Temporomandibular e Dor Orofacial: Trata problemas relacionados às articulações temporomandibulares e dores associadas na região orofacial.
  • Endodontia: Conhecida como tratamento de canal, trata da saúde da polpa dentária.
  • Estomatologia: Diagnostica e trata doenças da boca e suas estruturas associadas.
  • Harmonização Orofacial: Engloba procedimentos estéticos e funcionais na região orofacial.
  • Homeopatia: Aplica princípios homeopáticos no tratamento de condições odontológicas.
  • Implantodontia: Especializada na colocação de implantes dentários para reabilitação oral.
  • Odontogeriatria: Focada na saúde bucal de idosos.
  • Odontologia do Esporte: Previne e trata lesões bucais em atletas.
  • Odontologia do Trabalho: Relacionada à saúde bucal dos trabalhadores e à prevenção de acidentes ocupacionais.
  • Odontologia Legal: Atua na interface da Odontologia com o sistema legal, incluindo a identificação humana forense.
  • Odontologia para Pacientes com Necessidades Especiais: Cuida de pacientes que requerem atenção especial devido a condições sistêmicas, comportamentais ou emocionais.
  • Odontopediatria: Especializada na saúde bucal de crianças.
  • Ortodontia: Corrige o alinhamento dos dentes e maxilares.
  • Ortopedia Funcional dos Maxilares: Trata disfunções e o desenvolvimento dos maxilares.
  • Patologia Oral e Maxilo Facial: Estuda e trata doenças que afetam a cavidade oral e maxilares.
  • Periodontia: Trata as estruturas de suporte dos dentes, como gengivas e osso alveolar.
  • Prótese Buco Maxilo Facial: Desenvolve próteses para reabilitação de regiões afetadas da face e boca.
  • Prótese Dentária: Foca na restauração e substituição de dentes ausentes.
  • Radiologia Odontológica e Imaginologia: Usa imagens para diagnosticar doenças bucais e maxilofaciais.
  • Saúde Coletiva: Promove a saúde bucal em comunidades e populações por meio de políticas públicas e educação.

Os profissionais graduados em Odontologia são denominados de odontologistas, ou, então, dentistas. Ambas as nomenclaturas podem ser empregadas e estão corretas.

A Odontologia é um ramo das ciências da saúde, focado no estudo, diagnóstico, prevenção e tratamento de doenças e condições da cavidade oral e estruturas associadas.

De acordo com os dados do Mapa do Ensino Superior 2023, divulgados pelo Semesp, o curso de Odontologia ocupa a 12ª entre as graduações com maior número de concluintes. Durante o período analisando, de 2017 a 2021, 95.727 novos alunos concluíram a formação na área.

Recentemente, o Ministério da Educação suspendeu a oferta de cursos na modalidade EaD para diferentes áreas, incluindo a Odontologia. A liberação da modalidade para os cursos da área tem encontrado resistência por parte dos conselhos federais e regionais, como o Conselho Federal de Odontologia (CFO). Para averiguar a situação, o MEC abriu uma consulta pública no mês de novembro referente à Portaria Normativa nº 11/2017, que trata da oferta de cursos de graduação à distância.

Os tipos de formação para o curso de Odontologia são: bacharelado e pós-graduação .

Como é a faculdade de Odontologia?

A faculdade de Odontologia traz disciplinas da área de Ciências Biológicas e da Saúde, como fisiologia, epidemiologia, bioética, microbiologia, imunologia, genética e farmacologia, entre outros.

As matérias profissionalizantes incluem radiologia, endodontia, periodontia, odontopediatria, ortodontia, anestesiologia e técnica radiográfica. O aluno começa a treinar restaurações e outros procedimentos em manequins odontológicos a partir do segundo ano. A partir do terceiro, pode atender pacientes na clínica da faculdade.

A duração média da graduação em Odontologia é de cinco anos, e o estudante deve realizar estágio que atinja no mínimo 20% da carga horária total do curso. O MEC também pede que os alunos entreguem um trabalho final sob orientação dos professores para concluir o curso.

De acordo com os dados do Censo da Educação Superior 2022, divulgados em outubro pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), o curso de Odontologia está entre as graduações presenciais com maior número de matriculados. A formação ocupa a sétima posição da lista, com 156.633 alunos para essa modalidade.

Ainda de acordo com os dados do Censo, o curso de Odontologia está entre as graduações com maior taxa de vagas ocupadas. Entre as instituições públicas, 86,5% das ofertas para a formação são preenchidas. Já entre as privadas, 49,3%.

Dica importante: Confira o Guia Completo sobre a Redação do Enem. Veja dicas incríveis para você arrasar e conseguir uma boa nota nesta parte importante da prova. Tenha acesso aos critérios de avaliação, dicas de especialistas e exemplos nota 1000! Tudo gratuito para você!

Qual a grade curricular de Odontologia?

Grade Curricular é o conjunto de matérias que o aluno estudará durante o curso. Veja abaixo um exemplo de grade curricular para o curso de Odontologia em uma de nossas faculdades parceiras:

  • Anatomia I

  • Anatomia II

  • Bioquímica I

Ver a grade curricular

O que se aprende na faculdade de Odontologia?

Durante o curso de Odontologia, o aluno aprende sobre a anatomia e fisiologia bucal, bem como técnicas de diagnóstico e tratamento que permitem ao profissional identificar e tratar problemas de saúde bucal, como cáries, doenças periodontais, lesões e outras situações relacionadas. Além disso, o aluno também aprende sobre técnicas preventivas, que incluem dieta saudável, hábitos de higiene bucal e educação para a saúde.

Outra área que é abordada durante o curso de Odontologia é a estética. Esta área tem como objetivo estudar e aplicar técnicas que permitam ao profissional melhorar o aspecto estético da boca do paciente, como a colocação de coroas, próteses dentárias, facetas e lentes de contato dentais. Além de todos os conhecimentos teóricos, os alunos também desenvolvem habilidades práticas.

Estas habilidades incluem a execução de tratamentos odontológicos, como limpeza, restauração, cirurgia, endodontia e prótese. Os alunos também aprendem sobre a administração de serviços odontológicos, como a gestão de consultórios, a elaboração de relatórios e a elaboração de campanhas de prevenção.

O [curso de Odontologia]https://querobolsa.com.br/cursos-e-faculdades/odontologia/bolsas?l=graduacao é extremamente importante para que os profissionais possam oferecer um serviço de qualidade, pois o conhecimento adquirido não só permitirá que o profissional ofereça tratamentos eficientes, mas também que ele possa educar seus pacientes sobre os cuidados necessários para manter a saúde bucal.

Veja também: A grade curricular do curso superior de Odontologia, no site da Quero Bolsa.

Quanto custa uma faculdade de Odontologia?

O valor da mensalidade do curso de Odontologia pode variar bastante dependendo da instituição de ensino. Mas, para quem procura por valores mais baixos, existe a chance de conseguir uma bolsa de estudos.

A Quero Bolsa, site que oferece descontos nas mensalidades de cursos de todo o Brasil, possibilita essa oportunidade. Na plataforma digital, há cursos de Odontologia em diversas instituições com mensalidades a partir de R$ 595,00.

Veja também: A página de Ortodontista, uma das mais de 400 páginas do Guia de Profissões da Quero Bolsa.

Procure o curso de Odontologia ideal para você!

Com mensalidades a partir de R$ 649,00 entre as 1.353 instituições parceiras do Quero Bolsa.

Veja como é simples começar a estudar

  1. Encontre seu curso
  2. Garanta sua bolsa
  3. Economize até se formar

Sobre a carreira de Odontologia

O que faz o profissional de Odontologia?

O cirurgião-dentista atende pacientes e executa procedimentos odontológicos. Ele também realiza diagnóstico e prognóstico e aplica medidas de promoção e prevenção de saúde.

O profissional de Odontologia interage com profissionais de outras áreas e também pode desenvolver ações de ensino e pesquisas na área odontológica.

Em diferentes níveis de complexidade, desenvolve atividades junto a crianças, adultos e idosos, com ou sem necessidades especiais.

Onde o profissional de Odontologia pode trabalhar?

O dentista é um profissional da área da saúde, responsável pela prevenção, diagnóstico e tratamento das doenças bucais. É ele quem realiza a limpeza, a restauração de dentes danificados, a extração de dentes e a colocação de próteses.

Este profissional trabalha principalmente em um consultório odontológico, onde ele oferece serviços particulares ou em clínicas públicas. Além disso, também pode trabalhar em hospitais, clínicas de saúde bucal, na indústria farmacêutica, na indústria de cosméticos, em empresas de consultoria, em centros de pesquisa e desenvolvimento, e em outras áreas relacionadas à saúde.

Ele também pode atuar em outras áreas da saúde, como na educação médica, na educação em saúde bucal, na divulgação de informações sobre saúde bucal, em programas de prevenção de doenças bucais e na administração de clínicas odontológicas.

O dentista também pode atuar como professor em faculdades e universidades, onde pode lecionar sobre as áreas relacionadas à odontologia. Além disso, também pode oferecer serviços de consultoria, assessoria e palestras sobre saúde bucal. Portanto, o dentista pode atuar em diversos locais, desde consultórios odontológicos, clínicas públicas e privadas, hospitais, escolas, até empresas de consultoria. Ele é um profissional de saúde fundamental para prevenção, diagnóstico e tratamento de problemas bucais.

O profissional formado na área pode desempenhar as suas funções em diferentes segmentos. Atualmente, o CFO reconhece 23 especialidades da Odontologia. São elas:

  • Acupuntura;
  • Cirurgia e Traumatologia Buco Maxilo Faciais;
  • Dentistica;
  • Disfuncao Temporomandibular e Dor Orofacial;
  • Endodontia;
  • Estomatologia;
  • Harmonizacao Orofacial;
  • Homeopatia;
  • Implantodontia;
  • Odontogeriatria;
  • Odontologia do Esporte;
  • Odontologia do Trabalho;
  • Odontologia Legal;
  • Odontologia para Pacientes Com Necessidades Especiais;
  • Odontopediatria;
  • Ortodontia;
  • Ortopedia Funcional dos Maxilares;
  • Patologia Oral e Maxilo Facial;
  • Periodontia;
  • Protese Buco Maxilo Facial;
  • Prótese Dentaria;
  • Radiologia Odontologica e Imaginologia;
  • Saúde Coletiva.

Cada especialidade possui suas características. A dentística, por exemplo, se dedica ao estudo e tratamento das doenças que afetam a estética e a função dos dentes, tais como cáries, fraturas dentárias, manchas e desgastes. A área também inclui procedimentos estéticos, como clareamento dental, restaurações com resina composta, facetas de porcelana e coroas dentárias.

Caso você tenha dúvidas sobre o curso de Odontologia ou profissões nesta área, faça o seu questionamento na Comunidade Quero. A Comunidade Quero é um ambiente para troca de conhecimento, onde você pode tirar suas dúvidas e ajudar outros integrantes da Comunidade com as dúvidas sobre o curso.

Veja também: O Guia de Profissões da Quero Bolsa! São mais de 350 páginas sobre as diversas possibilidades profissionais do mercado de trabalho. Sobre a área, você poderá conferir detalhes sobre as profissões de: dentista, médico, cirurgião e outras profissões.

Referente ao mercado profissional, é valido ressaltar a tramitação de projetos de lei que dissertam a respeito da atuação dos profissionais graduados em Odontologia. O Projeto de Lei N° 518, de 2021, por exemplo, propõe a criação de um Programa de Incentivo ao Exercício Profissional de Recém-Formados de Graduação da Área da Saúde no Âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS). O objetivo desse projeto é facilitar o acesso dos profissionais recém-formados ao mercado de trabalho, além de atender as demandas em localidades defasadas.

Quanto ganha um profissional de Odontologia?

O salário médio de um Dentista no Brasil é de R$ 4.437,43 . Os estados onde a profissão de Dentista têm os melhores salários são MS, MA e RJ.

Quer saber o salário das demais especialidades? Veja aqui

Ver salários dessa profissão
Sino de ofertas
Receba um alerta quando a vaga ideal chegar!

Como ingressar na profissão de Odontologia

Quais são as exigências do mercado de trabalho para o profissional de Odontologia?

Para se destacar nesse mercado, é necessário possuir algumas exigências específicas. O primeiro requisito é a graduação em Odontologia, que deve ser concluída em um curso superior reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC). O cirurgião-dentista também precisa estar regularmente inscrito no Conselho Regional de Odontologia (CRO) do estado que atua.

O CRO, juntamente com o Conselho Federal de Odontologia (CFO), mediam a atuação dos profissionais de odontologia de todo o país, formulando conceitos e debatendo a efetividade de medidas relacionadas à área. Nacionalmente, o CFO também realiza eventos e congressos, com a participação dos profissionais que integram a entidade.

Nesse curso, o estudante adquire conhecimentos sobre saúde bucal, anatomia, diagnóstico e tratamento de doenças da cavidade bucal. Além disso, é importante que o profissional possua habilidades específicas, como conhecimento de técnicas de prevenção, cirurgia, prótese, radiologia, estética dentária e endodontia.

É importante que o dentista tenha experiência no setor odontológico e conheça as últimas tendências da área. Além disso, vale destacar a importância de que o profissional tenha boas habilidades interpessoais e seja capaz de lidar com os pacientes com paciência e compreensão.

Por último, é fundamental que o dentista mantenha-se atualizado com os avanços tecnológicos e procedimentos médicos. Por fim, é importante que o dentista desenvolva uma boa imagem de marca e se mantenha em contato com outros profissionais da área para aproveitar oportunidades que possam surgir.

Caso você tenha dúvidas se esta profissão é a escolha certa para você, não deixe de conferir o Teste Vocacional da Quero Bolsa. É rápido, gratuito e pode te ajudar nesta importante escolha profissional.

Quais são as principais competências pessoais do profissional de Odontologia?

As principais características do profissional de Odontologia, listadas pelo Ministério do Trabalho, são:

Capacidade de trabalhar em equipe;
Capacidade motora fina e habilidade manual;
Empatia;
Percepção visual;
Receptividade;
Capacidade de contornar situações adversas;
Paciência e segurança;
Senso estético;
Criatividade;
Sensibilidade;
Organização;
Capacidade de inovação;
Saber ouvir;
Efetuar atendimento humanizado.

Nota de corte para Odontologia

Sabia que, utilizando apenas o seu resultado do Enem, você pode entrar em diversos cursos de universidades federais, estaduais e privadas?

Para ajudar o estudante a entender as suas possibilidades, o Quero Bolsa desenvolveu o Simulador de Nota de Corte . O sistema reúne os dados das últimas provas e mostra o desempenho mínimo para conseguir uma vaga em um dos programas educacionais do governo.

No último ano, as notas de corte registradas para o curso de Odontologia foram:

Balões de Conversa - Dúvidas sobre Odontologia
Está com dúvidas sobre Odontologia? Os alunos e ex-alunos do curso estão prontos para tirar suas dúvidas. Ver perguntas e respostas

Perguntas e Respostas - Odontologia

Tipo de Pergunta
Recentes