Envie mensagem ou ligue
Informações

Dentista

A profissão de dentista é ampla e conta com mais de 20 possibilidades de especialização

O que faz um dentista

O dentista é o profissional responsável pelo tratamento da saúde e estética bucal das pessoas. Ele tem conhecimento técnico sobre os dentes, gengiva, ossos da face, maxilar, mordida e demais áreas que envolvem a boca.

Estão presentes na rotina de um dentista: o processo de extração de dentes, restauração, limpeza, colocação de próteses, tratamento de cáries, instalação e manutenção do aparelho dentário, cirurgias e o tratamento de diversas doenças.

Para realizar alguma dessas ações, o dentista precisa receber o paciente e realizar um exame de observação visual na boca do paciente. A partir dessa etapa, ele saberá o que precisa fazer e pedir exames, como os de radiografia.

Sobre o mercado de trabalho

R$ 6485,17
estado com maior salário - Mato Grosso do Sul
2308
contratações no último ano (2018)
2546
demissões no último ano
-238
saldo de vagas criadas

Como se tornar um dentista

O primeiro passo para quem quer seguir a profissão de dentista é se matricular em um curso superior de Odontologia devidamente reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC). A graduação tem duração média de cinco anos, mas é interessante que o profissional não se restrinja somente a ela. É interessante também procurar cursos de formação específica e pós-graduações para obtenção de conhecimentos diferenciais e de destaque no mercado de trabalho.

Para atuar como especialista em uma das áreas da odontologia, o dentista precisará passar por um curso de formação específico. Ele possui cargas horárias mínimas que vão de 500 (saúde coletiva) a 3.000 horas (Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Faciais).

Para atuar profissionalmente, o dentista precisa ter um registro no Conselho Regional de Odontologia (CRO), conseguido após a conclusão do curso superior.

Para se tornar um dentista integrante da saúde pública e trabalhar em postos de saúde, hospitais e outros programas do governo, é necessário prestar um concurso público ou participar de um processo seletivo na área. Nos concursos, pode existir uma valorização em pontos extras na classificação de pessoas com mais experiência comprovada ou com cursos de pós-graduação realizados dentro da área odontológica.

Áreas de atuação

O Conselho Federal de Odontologia reconhece pelo menos 22 especialidades para o dentista. As principais são:

  • Ortodontia:  correção da posição dos dentes e ossos maxilares.
  • Endodontia: tratamento de lesões e doenças na polpa e raiz do dente.
  • Implantodontia: aplicação de implantes dentários e sua manutenção.
  • Prótese dentária: reconstrução de dentes parcialmente destruídos ou reposição de dentes ausentes.

Outras áreas muito procuradas são periodontia, odontopediatria, dentística, cirurgia e traumatologia buco-maxilo-facial, radiologia odontológica e imaginologia e saúde coletiva.