Informações
WhatsApp
Iniciar um atendimento
E-mail
contato@querobolsa.com.br
Telefone
Ligue para 0800 940 0840
Segunda a sexta das 09h às 19h
Como funciona?
Encontre seu curso
Faça sua pré-matrícula online
Economize até o fim do curso!

Fisioterapeuta: tudo sobre a profissão

Aquele que previne e trata lesões e dores crônicas

Áreas desportiva e da saúde da família estão em ascensão; envelhecimento da população e problemas como dores crônicas e lesões tendem a aumentar oportunidades no mercado

fisioterapeuta

Sobre a profissão

O fisioterapeuta estuda, diagnostica, previne e trata os distúrbios cinético-funcionais do corpo humano, ou seja, as alterações de órgãos e sistemas humanos que prejudicam a sua biomecânica, como os movimentos.

Assim sendo, o fisioterapeuta é o profissional da área da saúde que irá executar métodos e técnicas médicas e fisioterápicas, a fim de restaurar a capacidade física do paciente, devolvendo-lhe os movimentos e sensações perdidos. Entre os procedimentos, o fisioterapeuta pode recomendar ao paciente atividades como massagem, ginástica e o uso de equipamentos especiais.

Normalmente, o fisioterapeuta atende pacientes com problemas físicos resultantes de acidentes, falhas na postura e até malformação genética. Costuma atender pacientes como idosos, crianças, gestantes, atletas, pessoas com deficiência ou que sofreram alguma lesão ou têm dores crônicas no corpo.

A atuação do fisioterapeuta está baseada no tratamento e prevenção de doenças e lesões que podem acontecer por problemas de postura e acidentes. O trabalho dele utiliza técnicas e exercícios para restaurar a capacidade física do paciente. O salário médio de um fisioterapeuta é de R$2.389,21, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) de 2018, do Ministério do Trabalho. O Distrito Federal é o estado com maior salário do profissional, com uma remuneração de R$3.020,04.

O fisioterapeuta costuma trabalhar em hospitais, clínicas, centros de reabilitação, clubes desportivos e centros de saúde, onde irá exercer atendimento aos pacientes, mas também pode atuar na indústria e empresas, com a prevenção de acidentes, medicina preventiva e ginástica laboral. É comum que o profissional também atue de forma autônoma, em clínicas particulares.

Com o aumento da expectativa de vida, o atendimento a idosos tem crescido, uma vez que o avanço da idade pode acarretar problemas de saúde. O profissional pode se especializar nesse ou em outros segmentos de público. A Fisioterapia Desportiva, por exemplo, é uma área em alta na profissão.

Além da especialização por público, o fisioterapeuta também pode se aperfeiçoar em técnicas e terapias específicas, como a neurofuncional, respiratória, cardiofuncional, acupuntura e métodos holísticos, terapia assistida por animais e tantas outras.

Por que ser um Fisioterapeuta?

Panorama em
O mercado não apresenta crescimento nos últimos anos

Não era isso que você esperava?

Mas espera...selecionamos outras profissões que apresentam crescimento.

    Fisioterapeuta

    Como se tornar um Fisioterapeuta?

    A pessoa que deseja se tornar fisioterapeuta deve possuir pleno entendimento das estruturas e funções do corpo humano, bem como de técnicas e métodos que influenciam sua capacidade física. Para isso, são necessários anos de estudo e especialização.

    Para exercer a profissão, é necessário que o fisioterapeuta curse a faculdade de Fisioterapia, com diploma reconhecido pelo MEC, em que a grade curricular baseia-se em Ciências Biológicas, Ciências da Saúde, Anatomia, Bioquímica, Biofísica, Biomecânica, Neurociência e Cinesia, além de conteúdos de Ciências Sociais.

    O fisioterapeuta também deve ter registro no Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional (Crefito).

    Vale a pena estudar para ter essa profissão?

    Ser formado ou não... eis a questão? 🤔

    Qual cidade deseja trabalhar?

    Mais profissões da área de Saúde e Bem Estar

    Conheça mais profissões que combinam com você e compare as características dos cursos.