Info Icon Ajuda Help Icon Ajuda
Biologia

Sistema Reprodutor Masculino

Aline Miranda
Publicado por Aline Miranda
Última atualização: 20/8/2018

Introdução

O Sistema Reprodutor Masculino tem como função principal a produção das células sexuais masculinas - gametas -, responsáveis pela reprodução. Essas células são chamadas de espermatozóides

Além disso, o pênis, órgão do Sistema Reprodutor Masculino, também é responsável pela deposição do esperma (ou sêmen) no interior da vagina da mulher, permitindo o encontro do espermatozóide com o ovócito.

O esperma é um fluido formado pelo líquido nutritivo produzido pelas glândulas sexuais acessórias juntamente com os espermatozóides.

Órgãos e estrutura

O Sistema Reprodutor Masculino é formado pelos testículos, ductos genitais, glândulas sexuais acessórias e pênis.

Testículos

São duas glândulas sexuais de forma oval. São protegidos externamente por uma bolsa de pele chamada escroto. Dentro de cada testículo, encontram-se numerosos tubos chamados túbulos seminíferos.

A partir da puberdade, esses túbulos produzem os espermatozóides. Cada espermatozóide tem uma cauda que garante sua mobilidade. Nos testículos, além da produção de espermatozóides, há a produção do hormônio sexual masculino, a testosterona

Ductos genitais

São tubos que têm a função de conduzir os espermatozóides até o exterior do Sistema Reprodutor Masculino. São ductos genitais o epidídimo, o ducto deferente e a uretra.

  • Epidídimo: localiza-se sobre cada testículo. É nele que os espermatozóides ficam armazenados e completam o seu desenvolvimento.
  • Ducto deferente: é um tubo com parede muscular que conduz os espermatozóides do epidídimo à uretra.
  • Uretra: conduz os espermatozóides até o meio externo. Ela tem início na bexiga urinária, liga-se aos ductos deferentes, percorre todo o pênis e se abre para o meio externo. É um tubo comum a dois sistemas: o Sistema Reprodutor Masculino e o Sistema Urinário. Entretanto, a expulsão dos espermatozóides e da urina nunca ocorre simultaneamente. 

Glândulas sexuais acessórias

São as glândulas seminais e a próstata. As glândulas seminais produzem um líquido viscoso. Esse líquido nutre os espermatozóides e facilita sua mobilidade. A próstata produz um líquido leitoso que tem a função de neutralizar a acidez da urina residual acumulada na uretra e das secreções vaginais, protegendo os espermatozóides.

Nas glândulas acessórias são produzidos o líquido seminal e o líquido prostático, que fazem parte do sêmen

Pênis

É um órgão de forma cilíndrica. Sua extremidade apresenta uma dilatação. Essa região é chamada de glande e é, geralmente, recoberta por uma pele, o prepúcio.

Durante a excitação sexual, o pênis aumenta de tamanho. Isso acontece pela entrada de grande quantidade de sangue no interior do órgão, que se torna rígido e ereto. A ereção possibilita ao pênis penetrar na vagina.

Durante o ato sexual, ou com o aumento de estímulos no pênis, o esperma é expelido do corpo. Esse processo recebe o nome de ejaculação. Em cada ejaculação são expelidos cerca de 3 ml de esperma.

Cada mililitro de esperma contém aproximadamente 100 milhões de espermatozóides, dos quais aproximadamente um terço deles pode morrer ao entrar em contato com a vagina e, normalmente, apenas um irá fecundar o óvulo.

A regulação hormonal

A produção dos gametas masculinos e do hormônio testosterona ocorre nos testículos, que se localizam dentro da bolsa escrotal.

espermatogênese tem início na puberdade, por volta dos 13 anos de idade, sob estímulo dos hormônios FSH e LH, e segue por toda a vida em situações normais.

A presença do cromossomo sexual masculino Y relaciona-se com a síntese de testosterona durante a vida embrionária e fetal. Esse hormônio é responsável pela diferenciação das estruturas do Sistema Reprodutor Masculino durante a gestação.

Nos últimos meses antes do nascimento, a testosterona estimula a “descida” dos testículos para a bolsa escrotal ou escroto. No interior dessa bolsa, a temperatura é ligeiramente menor do que a temperatura corporal, fato importante para a sobrevivência dos espermatozóides.

Ilustração: Rapaz corpulento de camiseta, short e tênis acenando

Inscreva-se abaixo e receba novidades sobre o Enem, Sisu, Prouni e Fies:

Carregando...

Veja também

BIOLOGIA
Baço
Baço
BIOLOGIA
Boca
Boca
BIOLOGIA
Cerebelo
Cerebelo
BIOLOGIA
Corpo Humano
Corpo Humano
BIOLOGIA
Encéfalo
Encéfalo
BIOLOGIA
Esôfago
Esôfago
BIOLOGIA
Estômago
Estômago
BIOLOGIA
Faringe
Faringe
BIOLOGIA
Fígado
Fígado
BIOLOGIA
Hemoglobina
Hemoglobina
BIOLOGIA
Hipófise
Hipófise
BIOLOGIA
Intestino Delgado
Intestino Delgado
BIOLOGIA
Intestino Grosso
Intestino Grosso
BIOLOGIA
Laringe
Laringe
BIOLOGIA
Leucócitos
Leucócitos
BIOLOGIA
Nariz
Nariz
BIOLOGIA
Neurônio
Neurônio
BIOLOGIA
Órgãos do Corpo
Órgãos do Corpo
BIOLOGIA
Ovários
Ovários
BIOLOGIA
Pâncreas
Pâncreas
BIOLOGIA
Pênis
Pênis
BIOLOGIA
Sistema Digestivo
Sistema Digestivo
BIOLOGIA
Sistema Endócrino
Sistema Endócrino
BIOLOGIA
Sistema Excretor
Sistema Excretor
BIOLOGIA
Sistema Imunológico
Sistema Imunológico
BIOLOGIA
Sistema Nervoso
Sistema Nervoso
BIOLOGIA
Sistema Nervoso Central
Sistema Nervoso Central
BIOLOGIA
Sistema Nervoso Periférico
Sistema Nervoso Periférico
BIOLOGIA
Sistema Nervoso Simpático
Sistema Nervoso Simpático
BIOLOGIA
Sistema Reprodutor
Sistema Reprodutor
BIOLOGIA
Sistema Reprodutor Feminino
Sistema Reprodutor Feminino
BIOLOGIA
Sistema Respiratório
Sistema Respiratório