Sobre
Sobre
Como funciona
Como funciona o Quero Bolsa?
Ligue grátis
0800
0800 941 3000
Seg - Sex 8h-22h
Sábado 9h-13h
Aceitamos ligação de celular
Vestibular e Enem

Atualidades Enem: G20

por Giovana Murça em 09/12/20

Em novembro, pela primeira vez, a reunião da cúpula dos líderes do G20 ocorreu em formato virtual, devido à pandemia de Covid-19 - tema que foi o foco do encontro deste ano. Mas, você sabe o que é o G20 e qual a importância dele para o mundo?

Reprodução/Twitter/G20
G20 enem
Foto do encontro virtual da cúpula do G20 este ano, sediado na Arábia Saudita

O G20 ou G-20, que significa “Grupo dos 20”, é um fórum de cooperação econômica e financeira global que reúne as 19 melhores economias globais mais a União Europeia. De acordo com o site oficial do G20, esses países respondem por mais de 80% do PIB mundial, 75% do comércio global e 60% da população do planeta. 

Os membros do G20 são: Argentina, Austrália, Brasil, Canadá, China, França, Alemanha, Japão, Índia, Indonésia, Itália, México, Rússia, África do Sul, Arábia Saudita, Coreia do Sul, Turquia, Reino Unido, Estados Unidos, e a União Europeia.

Reprodução/Wikimedia Commons
G20 enem
Membros do G20

Por que o G20 foi criado e qual seu objetivo?

O G20, também chamado de G20 Financeiro, foi criado em 1999 com o intuito de buscar uma economia global mais sólida e estável após as crises financeiras da década de 1990.

Para isso, reuniu as oito maiores economias mundiais - o Grupo dos 8 ou G8 (o atual G7, após a saída da Rússia) - e outros 11 países de economias emergentes, além da União Europeia.

Segundo o professor de Geografia e pedagogo, Marcelo da Silva, do canal Geografia Irada, o objetivo do G20 é promover o fortalecimento da economia global, por meio de projetos e acordos entre as nações.

Reprodução/Wikimedia Commons
G20 enem
Reunião do G20 realizada em Washington, D.C., em 2008.

Para evitar novas crises mundiais e modernizar a economia, as metas do G20 buscam consolidar as ideias neoliberais, facilitando o comércio internacional, garantindo o livre mercado, flexibilizando as condições de mercado de trabalho e as privatizações.

Hoje, o objetivo do G20 se expandiu para além das questões econômicas e financeiras. Eles também discutem sobre temas socioeconômicos e ambientais, como crescimento sustentável, desigualdade econômica e social, combate ao desemprego e à pobreza, envelhecimento populacional, fontes de energia, entre outros.

Reprodução/Twitter/G20
G20 enem
Reunião virtual da cúpula do G20 em 2020, organizada pela Arábia Saudita

Em 2003, por iniciativa do Brasil, foi criado o G20 Comercial ou G20+. Atualmente composto por 23 países, o objetivo do G20 Comercial é reunir nações em desenvolvimento para discutir especificamente questões relacionadas à política agrícola.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

Como funciona o G20?

Desde a criação do G20, seus líderes se encontram todos os anos em dois tipos de reunião: a reunião de cúpula, que reúne os chefes de estado, e a reunião ministerial, que é composta por ministros da economia e os presidentes do Banco Central de cada país.

Para ser mais democrático, a presidência e o secretariado do G20 mudam anualmente, assim como sua agenda e atividades. O fórum segue um sistema político criado na Roma Antiga denominado troika, no qual são representados o atual país na presidência, seu antecessor e seu sucessor.

Reprodução/Wikimedia Commons
G20 enem
Reunião do G20 de 2019, sediada no Japão

Atualmente, os países que compõem a troika são a Arábia Saudita, que organizou a primeira reunião virtual do G20 neste ano, o Japão, que presidiu em 2019, e a Itália, que assumirá a presidência em 2021. O Brasil já foi presidente do grupo em 2008 e será novamente em 2024, quando sediará o encontro da cúpula do G20.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

Críticas e desafios do G20

Ainda hoje, o G20 é alvo de diversas críticas. A principal delas é a pouca influência das ações do G20 no mercado financeiro mundial. Muitos especialistas acreditam que os efeitos das medidas tomadas pelo G20 são pequenos e de curto prazo e que as reuniões apenas cumprem protocolos.

O G20 também é alvo de diversas críticas de movimentos antiglobalistas e ativistas ambientais, que consideram os países do grupo responsáveis por guerras, pobreza, fome e crises climáticas no mundo. É comum acontecerem manifestações contrárias a cada encontro do G20. 

Reprodução/Twitter
G20 enem
Protesto contra o G20 na Alemanha, em 2017

Outro desafio do G20 é integrar seus países-membros sem ferir a soberania nacional de cada país. Principalmente agora, com a tendência nacionalista, marcadas pela saída do Reino Unido do Brexit e o protecionismo dos Estados Unidos comandado por Donald Trump, por exemplo.

Veja: Brexit: Tudo o que você precisa saber para o Enem

Além disso, muito se questiona sobre os motivos do G7 ainda existir, já que o G20 representa as maiores economias do mundo. Mas, a ampliação da importância do G20 ainda enfrenta resistência de algumas nações desenvolvidas que não concordam com a influência dos países em desenvolvimento no cenário mundial.

Reprodução/Twitter
G20 enem
Ativistas ambientais vestidos com fantasias de Pikachu protestam contra o G20 durante reunião do grupo no Japão, em 2019

Como pode cair no Enem?

Os grupos econômicos, como o G20, o G7 e o BRICS já foram tema de questões no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e podem aparecer novamente. “É um tema sempre pertinente, ainda mais na situação atual de crises econômicas”, enfatiza Marcelo.

Reprodução/Inep
G20 enem
Questão do Enem 2010 sobre grupos econômicos

O professor destaca o tema sustentabilidade como uma das pautas mais importantes do G20 e que, portanto, pode ser cobrada na prova. Para se garantir no assunto, Marcelo indica que os candidatos fiquem por dentro dos conceitos mais gerais do G20 e saiba relacioná-lo a outros fóruns econômicos, como o G4 e o G7.

Leia também:
Brexit e blocos econômicos: como podem cair no Enem
Atualidades Enem: Guerra Comercial entre EUA x China

O que você achou deste artigo?

ALERTA DE VAGAS i-close
Tá na dúvida? Preencha suas preferências que a gente te ajuda a achar sua vaga ideal.
ALERTA DE VAGAS i-close
Descubra qual profissão mais se encaixa com você.

Não fique na dúvida sobre o seu futuro. Faça o Teste Vocacional do Quero Bolsa.

ALERTA DE VAGAS i-close
Nós podemos te ajudar Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

Aqui no Quero Bolsa você compare vagas com bolsa em mais de 1.000 faculdades

Preencha os campos abaixo para receber avisos de vagas disponíveis em nosso site de acordo com seus interesses.

ALERTA DE VAGAS i-close
Deixe seus contatos Mailbox 3aaacb172f1a1e1ba19b2e93f60f637592c84194967e63e952c08d3cb04fa7a8
ALERTA DE VAGAS i-close
Falta só mais um passo! Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

As nossas melhores vagas chegam de surpresa. Por isso fique ligado.

Com a sua confirmação enviaremos ofertas exclusivas diretamente no seu Whatsapp. Rápido, fácil, prático e na tela do seu celular.

CENTRAL DE AJUDA i-close
Como podemos te ajudar?

Gostaria de saber como o Quero Bolsa funciona e se o site é confiável.

Veja as perguntas frequentes

Quero receber vagas de acordo com meus interesses diretamente em meu e-mail e WhatsApp.

Tá na dúvida? Preencha suas preferências que a gente te ajuda a achar sua vaga ideal.
i-close

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2021 CNPJ: 10.542.212/0001-54