Sobre
Sobre
Como funciona
Como funciona o Quero Bolsa?
Ligue grátis
0800
0800 941 3000
Seg - Sex 8h-22h
Sábado 9h-13h
Aceitamos ligação de celular
Dicas e Curiosidades

Eleições 2020: conheça as profissões dos prefeitos eleitos nas capitais do Brasil

por Mathias Sallit em 19/11/20

O primeiro turno das eleições municipais de 2020 aconteceu no último domingo (15) e já definiu os prefeitos de sete capitais brasileiras, que já elegeram o chefe do poder executivo para os próximos quatro anos.

Em outras 18 capitais do país, o pleito ainda não foi decidido e os candidatos às prefeituras municipais estão em campanha para o segundo turno, que será realizado no dia 29 de novembro, último domingo do mês. As únicas capitais que não votaram para prefeito foram Brasília (DF), que não tem prefeito, e Macapá, que suspendeu as eleições devido ao apagão que atinge o estado do Amapá.

Foto: Reprodução/Freepik
eleições 2020

Antes de entrarem na política, essas pessoas criaram o currículo atuando em carreiras de diversas áreas. A Revista Quero já mostrou quais foram as profissões mais comuns entre os candidatos a prefeito, vice-prefeito e vereador nas eleições municipais de todo o Brasil.

Veja também:
Agricultor, advogado, policial e pescador: as profissões mais comuns dos candidatos das eleições 2020

Agora, já com a situação definida em algumas cidades, você confere quais são as profissões dos prefeitos eleitos e dos candidatos que concorrem ao segundo turno em suas cidades. Diferente da lista de todos os candidatos, a predominância é por profissionais do Direito. Confira!

As profissões dos prefeitos eleitos nas eleições 2020

  • Belo Horizonte (MG): o prefeito reeleito Alexandre Kalil (PSD) é empresário e já foi dirigente esportivo antes de entrar na política. Kalil cursou a faculdade de Engenharia Civil, mas não concluiu a graduação.
  • Campo Grande (MS): também reeleito, Marquinhos Trad (PSD) é advogado formado em Direito pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).
  • Curitiba (PR): em seu terceiro mandato na prefeitura da capital paranaense (já havia ocupado o cargo na década de 90), Rafael Greca (DEM) é economista pela Fundação de Estudos Sociais do Paraná (FESP) e também é formado em Engenharia Civil, com especialização em Urbanismo, pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Além disso, é escritor, poeta, editor e historiador.
  • Florianópolis (SC): reeleito na capital catarinense, Gean Loureiro (DEM) é advogado e administrador. Formado em Direito pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), ele concluiu o curso de Administração na Universidade do Vale do Itajaí (Univali)
  • Natal (RN): Álvaro Dias (PSDB) é médico, formado no curso de Medicina da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).
  • Palmas (TO): Cinthia Ribeiro (PSDB), reeleita na capital do Tocantins, é formada em Fonoaudiologia pela Universidade Paulista (Unip), em Brasília, e empresária.
  • Salvador (BA): Bruno Reis (DEM) foi eleito prefeito da capital baiana e é advogado formado em Direito pela Universidade Católica de Salvador (UCSal)

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Profissões dos candidatos às capitais que estão em segundo turno:

Aracaju (SE):

O segundo turno na capital sergipana ficou entre o atual prefeito e médico cardiologista, Edvaldo Nogueira (PDT), e a delegada de polícia, Danielle Garcia (Cidadania). Ambos são formados pela Universidade Federal de Sergipe (UFS).

Belém (PA):

Em Belém, o segundo turno ficou entre o arquiteto Edmilson Rodrigues (PSOL), formado em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal do Pará (UFPA), e o Delegado Eguchi (Patriota), que usa o seu cargo de delegado da Polícia Federal no seu nome nas urnas.

Boa Vista (RR)

Na capital de Roraima, o segundo turno ficou entre Arthur Henrique (MDB), atual vice-prefeito que não concluiu sua graduação em Engenharia Civil na Universidade de São Paulo (USP), e Otacci Nascimento (Solidariedade), que trabalhou na juventude no ramo de embalagens e já foi vice-prefeito de Alto Alegre, no interior do estado.

Cuiabá (MT)

Em Cuiabá, a disputa do segundo turno é entre o atual prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), bacharel em Direito pelo Centro Universitário de Brasília (UniCEUB), e o arquiteto e apresentador de rádio Abílio Júnior (Podemos), que é vereador da cidade.

Fortaleza (CE)

Em Fortaleza, o segundo turno será entre o atual deputado estadual José Sarto Nogueira (PDT), formado em Medicina pela Universidade Federal do Ceará (UFC), e o Capitão Wagner (Pros), que usa na política o seu título de capitão da reserva da Polícia Militar do estado.

Goiânia (GO):

A disputa na capital de Goiás ficou entre o advogado formado na Universidade Evangélica (UniEvangélica), Maguito Vilela (MDB), e o empresário do ramo de alimentos e bebidas, Vanderlan Cardoso (PSD), atual senador federal.

João Pessoa (PB):

O empresário Cícero Lucena (Progressistas) e o radialista e apresentador de TV Nilvan Ferreira (MDB) são os candidatos que se enfrentam no segundo turno da capital paraibana.

Maceió (AL):

Em Maceió, a disputa é entre dois advogados que se destacaram na carreira pública em Alagoas: Alfredo Gaspar de Mendonça (MDB) e João Henrique Caldas (PSB), o JHC, atual deputado federal.

Manaus (AM):

Assim como em Maceió, a capital do Amazonas também terá uma disputa entre dois profissionais do Direito: Amazonino Mendes (Podemos), formado na Universidade Federal do Amazonas (Ufam), e David Almeida (Avante), bacharel pelo Centro Universitário Luterano de Manaus (Ulbra).

Porto Alegre (RS):

A prefeitura da capital gaúcha vai ficar entre a jornalista e deputada federal Manuela D'ávila (PCdoB), formada em Jornalismo pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS) e o advogado Sebastião Melo (MDB), atual deputado estadual.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Porto Velho (RO):

Assim como em Porto Alegre, em Porto Velho a disputa é entre um profissional do Direito e uma do Jornalismo. Hildon Chaves (PSDB) foi advogado e promotor de justiça, enquanto Cristiane Lopes (PP) exerce a carreira de jornalista há 15 anos e é vereadora na capital de Rondônia.

Recife (PE):

Na capital pernambucana, a disputa é entre a advogada Marília Arraes (PT) e o engenheiro civil João Campos (PSB), ambos formados pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).

Rio Branco (AC):

No Acre, a prefeitura está entre a pedagoga Socorro Neri (PSB), formada em Pedagogia pela Universidade Federal do Acre (UFAC), e o professor de Matemática Tião Bocalom (PP), que também é formado em Ciências Físicas e Biológicas. 

Rio de Janeiro (RJ):

No Rio, o atual prefeito Marcelo Crivella (Republicanos), formado em Engenharia Civil pela pela Universidade Santa Úrsula (USU) e bispo licenciado da igreja, tenta reeleição conta o advogado Eduardo Paes (DEM), formado em Direito pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC Rio) e ex-prefeito da cidade.

São Luís (MA):

Na capital maranhense, mais uma disputa entre advogados: Eduardo Braide (Podemos), formado pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA), e Duarte Júnior (Republicanos), formado pelo Instituto Brasiliense de Direito Público (IDP). 

São Paulo (SP):

Foto: Reprodução/Catraca Livre
covas boulos eleições 2020
Prefeitura de São Paulo está entre Bruno Covas (PSDB) e Guilherme Boulos (PSOL)

Atual prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB) é formado em Direito pela Universidade de São Paulo (USP) e em Ciências Econômicas pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP).

O outro candidato no segundo turno é Guilherme Boulos (PSOL), professor e bacharel em Filosofia pela USP, escritor e mestre em psiquiatria pela Faculdade de Medicina da USP.

Teresina (PI):

Na capital do Piauí, o médico Dr. Pessoa (MDB), formado na Faculdade de Medicina de Teresópolis (Unifeso), disputa a prefeitura com o economista e pedagogo Kleber Montezuma (PSDB), graduado pela Universidade Federal do Piauí (UFPI).

Vitória (ES):

Na capital do Espírito Santo, a disputa também vai ficar entre profissionais da legislação:  o advogado João Coser (PT), formado na UniCEUB, em Brasília, concorre à prefeitura contra o Delegado Pazolini (Republicanos), delegado da polícia.

Veja mais:
Qual é o salário de um político brasileiro?
Conheça as 10 profissões mais procuradas no mundo atualmente, segundo o LinkedIn


*Fontes: G1, Câmara dos Deputados e Municipais, assembleias legislativas e portais dos partidos.

O que você achou deste artigo?

ALERTA DE VAGAS i-close
Você sabia que o Quero Bolsa te ajuda a realizar o sonho de concluir uma graduação?
ALERTA DE VAGAS i-close
O que é o Quero Bolsa?Thinking face f5c039d3e92b0c131b3780cdbc1ee3d7966cc05cafc35064b70df0e0e049c24d

O Quero Bolsa é o site que te ajuda a entrar na faculdade! Reunimos todas as informações para você fazer a melhor escolha e garantir uma vaga na faculdade.

Tá esperando o que pra conseguir a sua?

ALERTA DE VAGAS i-close
Veja como é simples! Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

Preencha os campos abaixo com suas preferências e receba avisos de vagas disponíveis no Quero Bolsa.

Preencha os campos abaixo para receber avisos de vagas disponíveis em nosso site de acordo com seus interesses.

ALERTA DE VAGAS i-close
Deixe seus contatos Mailbox 3aaacb172f1a1e1ba19b2e93f60f637592c84194967e63e952c08d3cb04fa7a8
ALERTA DE VAGAS i-close
Falta só mais um passo! Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

As nossas melhores vagas chegam de surpresa. Por isso fique ligado.

Com a sua confirmação enviaremos ofertas exclusivas diretamente no seu Whatsapp. Rápido, fácil, prático e na tela do seu celular.

CENTRAL DE AJUDA i-close
Como podemos te ajudar?

Gostaria de saber como o Quero Bolsa funciona e se o site é confiável.

Veja as perguntas frequentes

Quero receber vagas de acordo com meus interesses diretamente em meu e-mail e WhatsApp.

Você sabia que o Quero Bolsa te ajuda a realizar o sonho de concluir uma graduação?
i-close

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2020 CNPJ: 10.542.212/0001-54