Sobre
Sobre
Como funciona
Como funciona o Quero Bolsa?
Ligue grátis
0800
0800 941 3000
Seg - Sex 8h-22h
Sábado 9h-13h
Aceitamos ligação de celular
banner image banner image
Universidades

Prouni no Mackenzie: como conseguir uma bolsa de estudo?

por Patrícia Leite em 24/01/20

A Universidade Presbiteriana Mackenzie (UPM) é considerada a melhor universidade privada do Estado de São Paulo, de acordo com o Ranking Universitário Folha (RUF) 2019. A instituição faz parte do Programa Universidade Para Todos (Prouni), que abrirá inscrições na próxima terça-feira (28). 

Leia também: Calendário do Prouni 2020

Se você clicou nesse texto, provavelmente deseja ingressar no Mackenzie com uma bolsa de estudos ou tem curiosidade em entender como funciona. Por esse motivo irei compartilhar como foi o meu processo para conseguir a bolsa e, quem sabe, ajudar você a conseguir a sua! ;)

Foto: Lívia Rosa
fachada da biblioteca central do mackenzie

Estou cursando o último semestre do curso de Jornalismo no Mackenzie como bolsista integral (100%) pelo Prouni. Mas, para chegar até aqui, muitas etapas foram percorridas. O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) foi a primeira.

Fiz a prova em 2015, mas ainda não me sentia preparada para entrar na faculdade e também tinha muitas dúvidas em relação a qual curso escolher. Por isso, fiz uma prova para um cursinho pré-vestibular do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), que é gratuito.

Leia também: Não me sinto preparado para entrar na faculdade. E agora?

Naquele momento, eu só tinha certeza de uma coisa: estudar no Mackenzie. Desde que eu entrei lá pela primeira vez para acompanhar minha irmã, que também estudava lá como bolsista, fiquei apaixonada pelo campus e por toda a estrutura que eles oferecem, com os laboratórios, equipamentos, bibliotecas e incentivo à pesquisa. Também admirava muito o sentimento de pertencimento que os alunos e funcionários tanto falavam lá dentro. E foi aí que eu decidi que, independente do curso que eu escolhesse, eu gostaria de estudar lá.

Leia mais: Dia do Mackenzista: saiba o que alunos, ex-alunos e professora mais gostam no Mackenzie

Mesmo sem a intenção de entrar na faculdade naquele momento, fiz a inscrição no Prouni em janeiro de 2016 para os cursos de Nutrição e Jornalismo, mas não passei. Algumas semanas antes do resultado, porém, eu fui aprovada no cursinho do ITA e decidi estudar para tentar novamente no ano seguinte. Acho que foi uma das melhores coisas que fiz.

Primeiro, porque sempre estudei em escolas públicas e, consequentemente, tinha muitas lacunas em temas que frequentemente caem nos principais vestibulares. Lá eu tinha contato com professores e materiais didáticos excelentes. Além disso, o cursinho foi fundamental para o meu amadurecimento acadêmico e para ter mais certeza sobre qual curso eu realmente queria fazer.

Os alunos tinham acesso a orientação vocacional com psicólogas e eu, que já tinha cogitado literalmente todos os cursos que existem (pesquisei todas as graduações que existiam e qual era a grade curricular de cada uma), decidi fazer. Adivinhe qual foi o resultado? Isso mesmo, Jornalismo! E a segunda opção, eram cursos de licenciatura, que anos mais tarde me tornariam uma professora. Não por acaso, hoje trabalho com jornalismo de educação <3

Como as inscrições para o Prouni abrem duas vezes ao ano, eu decidi me inscrever novamente em junho. Dessa vez, as minhas opções foram Jornalismo e Letras, respectivamente. E, mais uma vez, não passei em nenhuma das duas chamadas.

Eu não me importei muito com o resultado, porque a minha ideia inicial era entrar na faculdade no ano seguinte, e aquela foi só mais uma tentativa. Concentrei todos os meus esforços para prestar o Enem novamente e, muitas semanas depois do resultado do Prouni, uma amiga me alertou que era o último dia de inscrições para a lista de espera, que disponibiliza as vagas não preenchidas na primeira e segunda chamada.

Fiz a minha inscrição, mas não estava com grandes expectativas. A minha média estava cerca de 30 pontos abaixo da nota de corte da época - que era 650- e tinha consciência que entre um ponto e outro há centenas de concorrentes, imagine em 30!

Mas, para a minha surpresa, sete vagas foram abertas para a lista de espera e a lista rodou absurdamente - mais de 50 posições - por causa de candidatos que colocaram o meu curso como a segunda opção, ou simplesmente desistiram. E eu fui a sexta, de sete vagas. Por isso, se você não foi aprovado na primeira e segunda chamada não desanime! Ainda existe a possibilidade de ser aprovado na lista de espera.

O que fazer depois de ser selecionado pelo Prouni?

Depois de ser selecionado pelo Prouni, o próximo passo é comparecer à universidade. O Mackenzie possui um setor de bolsas de estudo que cuida especificamente do Prouni e de bolsas filantrópicas oferecidas pela universidade.

Eles divulgam os dias e horários em que o aluno deve comparecer para a avaliação socioeconômica. Caso o aluno não vá, eles consideram desistência e repassam a vaga. No meu caso, foram apenas dois dias para comprovar a renda.

O atendimento é feita por ordem de chegada. O aluno pega uma senha e aguarda ser chamado para a entrevista, na qual ele entrega todos os documentos exigidos para o atendente, que os analisa na mesma hora.

A lista de documentos exigida é bem longa. É preciso declarar todas as pessoas que moram com você e apresentar os documentos pessoais de cada uma, assim como a renda e gastos como financiamentos, se houver. É bem importante ir no primeiro dia, porque frequentemente eles solicitam documentos extras e, se você deixar para o último dia, pode não dar tempo de providenciá-los.

Leia também: Prouni: documentos necessários para matrícula

O atendente faz muitas perguntas, porque deseja compreender com precisão qual é a sua situação e qual é a sua real necessidade da bolsa. Por isso, quanto mais documentos você levar que comprovem a sua situação financeira - que não pode ser maior do que 1,5 mínimo e meio por pessoa -, maiores são as suas chances de ser aprovado. 

Uma semana depois de entregar os documentos que estavam pendentes, a lista dos aprovados foi publicada na página do setor de bolsas do Mackenzie e o meu nome estava lá. 

Voltei até o setor, onde me entregaram um termo de adesão da bolsa de estudos. Em seguida, fui até a Secretaria Geral do Mackenzie com o termo e o meu documento fazer a minha matrícula.

Consegui a minha bolsa de estudos. E agora?

Mesmo após ser aprovado, é preciso renovar a bolsa a cada semestre para garantir que as informações prestadas são verdadeiras e estão atualizadas. Normalmente, o edital de renovação é publicado na página de setor de bolsas nos meses de abril e outubro.

Entretanto, eles sempre notificam os alunos sobre a renovação na página inicial da área do aluno, no site da instituição, também conhecido como Terminal Informativo Acadêmico (TIA). 

É algo bem simples. O prounista deve acessar o site, baixar o termo de renovação, imprimir duas cópias e entregar uma delas assinada - a outra fica com o bolsista -, no setor de bolsas. 

Há algumas regras essenciais para que o aluno não perca a sua bolsa:

  • Manter a frequência de 75%;
  • Ser aprovado em, no mínimo, 75% das disciplinas do período letivo.

Ao longo do semestre, o bolsista também pode conferir a situação de sua bolsa na área do aluno.

Como é ser bolsista no Mackenzie?

O Mackenzie é uma universidade voltada para um público de classe média. Portanto, se você não pertence a essa classe econômica vai sentir um grande choque se for aprovado.

No entanto, ao longo de todo esse tempo que estudo lá, nunca sofri ou presenciei qualquer tipo de preconceito com alunos bolsistas. É claro que isso pode variar de acordo com cada curso, mas no prédio de comunicação onde estudo ser bolsista é algo bem comum. Na minha sala, por exemplo, mais de 20% dos alunos são bolsistas. 

Ser bolsista não é um motivo de vergonha, muito pelo contrário. Na minha sala os alunos que mais se destacam são justamente os bolsistas. 

Muitas pessoas também podem pensar que por se tratar de uma universidade privada, os gastos são bem altos. O que também não foi o meu caso e provavelmente não é o caso da grande maioria, porque o Mackenzie possui toda uma estrutura de suporte ao aluno.

Os gastos universitários normalmente envolvem xerox ou livros, com exceção de cursos como o de Arquitetura e Urbanismo, que realmente podem ter gastos maiores com materiais.

Porém, dificilmente os professores indicam livros que não fazem parte do acervo das nove bibliotecas do campus de São Paulo. Além disso, existe uma sala de impressão em dois prédios, na qual cada aluno pode imprimir até 300 folhas por semestre. Tudo o que ele precisa fazer é levar as folhas de sulfite e um pen drive com os arquivos a serem impressos.

Leia também: Bibliotecas do Mackenzie no campus Higienópolis

Em relação a alimentação, de fato, os restaurantes do campus costumam ser mais caros. No entanto, é possível se alimentar muito bem em padarias e lanchonetes no quarteirão da instituição por um preço bem acessível. Se você estiver no campus Higienópolis, o Soho’s é uma ótima opção. 

Leia também: Onde comer no Mackenzie?

É importante ressaltar, ainda, que o Mackenzie oferece bolsa auxílio para os alunos por meio de programas de mentoria, que é disponibilizado todo semestre, e de iniciação científica, oferecido anualmente. Para os prounistas, também existe a possibilidade de solicitar o auxílio permanência. 

Leia mais: As maiores e menores notas de corte do Prouni para ingressar no Mackenzie

Tags relacionadas:

banner image banner image

O que você achou deste artigo?

ALERTA DE VAGAS i-close
Quer ficar sabendo das melhores vagas antes de todo mundo?
ALERTA DE VAGAS i-close
Sabia que dependendo do seu período é melhor começar de novo?Thinking face f5c039d3e92b0c131b3780cdbc1ee3d7966cc05cafc35064b70df0e0e049c24d

Caso você ainda esteja no primeiro ou segundo período da faculdade, você pode economizar começando o curso novamente com bolsa de estudo.

ALERTA DE VAGAS i-close
Nós podemos te ajudar Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

Aqui no Quero Bolsa você encontra as melhores vagas em diversos turnos, até mesmo ensino a distância.

Preencha os campos abaixo para receber avisos de vagas disponíveis em nosso site de acordo com seus interesses.

ALERTA DE VAGAS i-close
Deixe seus contatos Mailbox 3aaacb172f1a1e1ba19b2e93f60f637592c84194967e63e952c08d3cb04fa7a8
ALERTA DE VAGAS i-close
Falta só mais um passo! Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

As nossas melhores vagas chegam de surpresa. Por isso fique ligado.

Com a sua confirmação enviaremos ofertas exclusivas diretamente no seu Whatsapp. Rápido, fácil, prático e na tela do seu celular.

CENTRAL DE AJUDA i-close
Como podemos te ajudar?

Gostaria de saber como o Quero Bolsa funciona e se o site é confiável.

Veja as perguntas frequentes

Quero receber vagas de acordo com meus interesses diretamente em meu e-mail e WhatsApp.

Quer ficar sabendo das melhores vagas antes de todo mundo?
i-close

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2020 CNPJ: 10.542.212/0001-54