logo
Lista de faculdades Lista de cursos Lista de profissões Revista Quero Central de ajuda

banner image banner image
Vestibular e Enem

Quem já fez faculdade pelo Prouni pode se inscrever no Sisu?

por Patrícia Carvalho em 25/02/21

No início deste mês, o Ministério da Educação (MEC) divulgou o edital do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) 2021 que, entre outras informações, apresenta detalhes sobre o período de inscrições, que será entre os dias 6 e 9 de abril.

A pouco mais de um mês do início das inscrições, é importante estar informado sobre quais são as regras para se candidatar a uma vaga no programa e esclarecer eventuais dúvidas que possam surgir.

Veja também:
+Edital Sisu 2021/1: datas, inscrições, resultado e lista de espera
+Calendário Sisu 2021 - Edital, Inscrições e Resultado

O Sisu é um programa do governo de acesso ao Ensino Superior por meio da nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), mas ele não é o único. O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e o Programa Universidade para Todos (Prouni) também são programas de ingresso à faculdade e cada um dos três possui requisitos específicos.

Algumas dessas regras esbarram entre si, como o fato de não ser possível participar de dois programas ao mesmo tempo sejam eles Prouni e Fies, Prouni e Sisu ou Sisu e Fies. Mas, afinal, e quem já se formou por um desses programas? Será que é possível concorrer a uma vaga em outro?

Quem já fez faculdade pelo Prouni pode se inscrever no Sisu?

Quem já fez faculdade pelo Prouni pode se inscrever no Sisu?

Sim. Quem já concluiu o curso de graduação por meio do Prouni pode se inscrever no Sisu normalmente, desde que tenham participado da última edição do Enem. No caso do Sisu 2021, é necessário ter feito o Enem 2020.

Aqueles que ainda estão cursando o Ensino Superior com uma bolsa do Prouni também podem se inscrever no Sisu mas, se aprovados, precisam escolher um dos dois programas.

Veja também: 
+Simulador de notas de corte do Enem: veja se vai dar para entrar na faculdade com Fies, Prouni ou Sisu
+Prouni: 30 universidades que mais ofereceram bolsas de estudo pelo programa

E quem já tem um diploma de graduação?

Quem já possui um diploma de graduação, mesmo sem ter sido bolsista do Prouni, pode se inscrever no Sisu

Diferente do Prouni, que é voltado para estudantes que não tenham diploma de nível superior, o Sisu permite que pessoas formadas possam ingressar em uma segunda graduação por meio do programa.

Veja também: Teste: o que você sabe sobre o Sisu

Quais são os pré-requisitos para participar do Sistema de Seleção Unificada?

Confira logo abaixo as principais regras do Sisu e descubra se você pode se inscrever:

  • Ter o Ensino Médio completo e não ter participado na condição de treineiro;
  • Ter participado da edição mais recente do Enem;
  • Não ter zerado na redação.

    As inscrições podem ser feitas na página do Sisu, por meio de uma conta gov.br. Caso não tenha, será preciso criá-la.

Veja também: 
+15 cursos mais procurados no Sisu
+Como ver a nota de corte do Sisu?

Como funciona o Sisu?

Ao acessar a página do Sisu para efetuar a inscrição, o candidato pode escolher até duas opções de curso. 

As vagas são distribuídas nos formatos de ampla concorrência e da Lei de Cotas, que é destinada para aqueles que cursaram o Ensino Médio integralmente em escola pública e para a população preta, parda e indígena. Algumas instituições de ensino reservam vagas como política de ação afirmativa ou acrescentam bônus na nota desses participantes.

O critério de seleção no Sisu pode variar de acordo com os cursos e instituições. Enquanto determinadas instituições selecionam candidatos a partir das maiores notas finais, outras atribuem pesos diferentes para áreas do conhecimento relacionadas ao curso escolhido pelo participante no momento de inscrição. Dessa forma, um curso de Letras, por exemplo, pode dar um peso maior para a redação e a nota em Linguagens. 

Além da nota por pesos, algumas instituições podem estabelecer nota média mínima ou nota mínima por área. A nota média mínima seria a exigência de uma nota mínima final da prova, ou seja, a média de toda as áreas do conhecimento da prova e da redação precisaria ser maior que 500 para concorrer a uma vaga de Engenharia.

 Já a nota mínima por área seria uma nota mínima em uma determinada área do conhecimento, como Ciências da Natureza ou Ciências Humanas. Nesse contexto, para se candidatar a uma vaga de Medicina a instituição poderia exigir a nota mínima de 450 em Ciências da Natureza.

Veja também: Diferença entre nota de corte e nota mínima do Sisu

Dessa forma, as seleções acontecem a partir das notas dos candidatos, levando em consideração o número de vagas disponíveis e a modalidade escolhida por cada candidato, como ampla concorrência ou cotas.

É válido ressaltar que aqueles que os candidatos não convocados na chamada regular ainda têm a possibilidade de participar da lista de espera. Portanto, é essencial ficar atento aos prazos.

Veja também: Como funciona o sistema de cotas do Sisu?

Saiba tudo sobre o Sisu

Quer ficar por dentro de todos os detalhes do Sisu e outros programas do governo como o Fies e o Prouni? O Quero Bolsa disponibiliza um guia completo e gratuito com todas as informações sobre os programas de acesso ao Ensino Superior. Para acessá-lo, clique no botão abaixo:

Guia de Programas do Governo

E se eu não passar no Sisu?

Caso você não passe no Sisu, tente manter a calma. De fato, é um programa concorrido, mas existem outras oportunidades como se inscrever novamente ou tentar participar dos outros programas do governo.

Veja também: 
+Não passei no Sisu? O que eu faço agora?
+Qual a diferença entre Prouni, Fies, Sisu e Quero Bolsa?

Se essa não for uma alternativa viável para você, existe a possibilidade de estudar outras formas de acesso à faculdade. Atualmente, algumas instituições oferecem bolsas de estudo parciais e integrais a partir do desempenho do Enem ou no vestibular próprio da faculdade e há, ainda, iniciativas privadas como o Quero Bolsa, que oferece bolsas de até 75% em instituições privadas de ensino parceiras. Para conhecer as bolsas disponíveis, basta clicar no botão abaixo.

Encontrar bolsas de estudo

O que achou do conteúdo? Tirou as suas dúvidas? Conte para a gente pelos comentários abaixo!

 


banner image banner image

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2022 CNPJ: 10.542.212/0001-54