Sobre
Sobre
Como funciona
Como funciona o Quero Bolsa?
Ligue grátis
0800
0800 941 3000
Seg - Sex 8h-22h
Sábado 9h-13h
Aceitamos ligação de celular
Universidades

Volta às aulas: veja previsões de retorno presencial e início do ano letivo em universidades do Brasil

por Mathias Sallit em 22/01/21

Quando a pandemia começou a preocupar os brasileiros, um dos primeiros sinais que mostrou que a situação era séria foi o fechamento de escolas e universidades a partir da segunda quinzena de março de 2020. Mais de dez meses depois, a crise sanitária ainda segue assustando no país e a volta às aulas nas faculdades ainda é uma incógnita.

volta as aulas universidades brasil

Em levantamento realizado pela Revista Quero com instituições de Ensino Superior espalhadas por todo o Brasil, é possível constatar que as universidades ainda mantém a cautela necessária para que possam tomar decisões de reabrir os campi para a retomada das aulas presenciais.

A grande maioria das faculdades irá começar 2021 com aulas remotas ou híbridas, com algumas atividades práticas sendo realizadas presencialmente de forma controlada, enquanto as aulas teóricas seguem no formato virtual. Muitas iniciarão semestres letivos que ficaram atrasados devido à suspensão das aulas em 2020.

Como o cenário da pandemia no Brasil ainda é grave e incerto, as universidades não têm definições ou previsões para possíveis datas de retorno presencial. Aulas nos campi só estão programadas para casos específicos, de acordo com cada curso das instituições.

Para fazer este levantamento, a Revista Quero entrou em contato com pelo menos uma universidade de cada estado brasileiro, além do Distrito Federal. Todas que retornaram o contato estão com as respostas publicadas nesta matéria, que será atualizada caso novas instituições divulguem a situação ou tenham alterações no que está programado.

Volta às aulas 2021: veja as datas de início do ano letivo em cada estado

A lista está ordenada por estados, em ordem alfabética. Confira como será a volta às aulas em 2021 e a situação de definição de retorno presencial de algumas das principais universidades do Brasil.

Alagoas

Universidade Federal de Alagoas (Ufal)

A partir de 22 de fevereiro, a Ufal retoma seu calendário acadêmico referente aos semestres letivos 2020.1 e 2020.2. As aulas serão online e, segundo o reitor, ainda não há condições de retomar as aulas presenciais.

Amazonas

Universidade do Estado do Amazonas (UEA)

A UEA decidiu manter suspensas as atividades acadêmicas até o dia 2 de maio de 2021, devido ao atual cenário da pandemia no Estado e o risco de alto contágio de Covid-19. O início do semestre 2020.2 será no dia 03 de maio, mantendo as atividades digitais e eventualmente também por meio presencial, levando em consideração o cenário da pandemia que será novamente avaliado.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Bahia

Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS)

O semestre de 2020.1 se inicia no dia 15 de fevereiro, algumas atividades presenciais previstas ao longo do período.

Universidade Federal da Bahia (UFBA)

O ano letivo 2021 da UFBA começa no dia 22 de fevereiro. Não há previsão de retorno às aulas presenciais. Cada efetivação será avaliada em cada momento em que as atividades estejam programadas.

Ceará

Universidade Federal do Ceará (UFC)

O término do semestre letivo 2020.2 da UFC está previsto para 10 de abril, enquanto o calendário acadêmico de 2021 ainda está em fase de elaboração. A UFC segue com a possibilidade de três formatos de curso para a sequência do ano: presencial (de acordo com os planos de abertura estabelecidos pelo Governo do Estado), híbrido e remoto.

Universidade Estadual do Ceará (UECE)

A Uece está finalizando atualmente o semestre letivo 2020.1 de forma remota. O semestre letivo 2020.2 está previsto para começar em 5 de abril de 2021. Ainda não há calendário para 2021.1.

A universidade segue de forma remota até que o Governo do Estado do Ceará assine decreto liberando o ensino presencial.

Distrito Federal

Universidade de Brasília (UnB)

O semestre de 2020.2 começa em 1º de fevereiro e será realizado de forma 100% remota. A UnB segue se reunindo para atualizar os planos em possíveis novas etapas do plano de retomada das atividades na instituição, avaliando a evolução da pandemia no Distrito Federal e no Brasil.

Centro Universitário do Distrito Federal (UDF)

Para início do semestre, a UDF seguirá com o Ensino Remoto Síncrono Emergencial para as aulas teóricas. Cursos da área da saúde seguem com atividades práticas presenciais. As respectivas datas de inícios das aulas de cada instituição do grupo, assim como a atualização do cenário da pandemia, serão divulgados em breve nos canais oficiais.

Espírito Santo

Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes)

O início do segundo semestre de 2020.2 está previsto para o dia 1º de fevereiro de 2021, por meio de ensino híbrido, aulas em ensino remoto com aulas presenciais. O término do semestre está previsto para o dia 15 de maio.

O início do primeiro semestre de 2021 está marcado para o dia 14 de junho. Ainda não há definição sobre a forma de ensino que será aplicada no semestre.

Maranhão

Universidade Ceuma

As aulas retornarão no dia 06/02 (cursos EAD) e 08/02 (cursos presenciais) no formato híbrido.

Mato Grosso do Sul

Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS)

O início do primeiro semestre de 2021 está marcado para o dia 14 de junho. Ainda não há definição sobre se as aulas serão mantidas no ensino híbrido.

Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (Uems)

O início do período letivo de 2021 está previsto para a segunda quinzena de março de 2021, com exceção do curso de Medicina, que não há data estabelecida devido às peculiaridades do curso. Não há prazo para retorno das aulas presenciais.

Mato Grosso

Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT)

O semestre letivo 2020.1, que ainda segue de modo flexibilizado, será retomado em todos os campi da UFMT a partir do dia 8 de fevereiro e vai até 22 de maio. Esse panorama deve respeitar o cenário de cada região onde há unidades da UFMT no estado do Mato Grosso.

Minas Gerais

PUC Minas

O ano letivo de 2021 começa em 3 de fevereiro para veteranos e em 8 de março para calouros. A retomada das aulas teóricas presenciais ainda não será possível para o início deste primeiro semestre de 2021, continuando no regime letivo remoto. A PUC Minas tem retomado atividades práticas de modo controlado em laboratórios e clínicas desde o final de outubro de 2020.

Centro Universitário Una

O ano letivo no Centro Universitário Una terá início no dia 22 de fevereiro de 2021. Ainda não há previsão de retorno às aulas presenciais. A retomada depende da decisão dos órgãos governamentais de cada cidade onde a Una está localizada.

Universidade Federal de Uberlândia (UFU)

As aulas na UFU iniciam no dia 1º de março de 2021 de forma remota. Foram definidos quatro períodos letivos visando a recuperação das aulas de 2020 e que sejam ministradas as aulas de 2021. O comitê responsável da UFU analisará ao longo do semestre a possibilidade de retorno presencial, conforme a situação da pandemia, mas ainda sem estimativa de datas.

Pará

Universidade Federal do Pará (UFPA)

O calendário acadêmico de 2021 da UFPA está dividido em três períodos letivos de 90 dias cada, totalizando 270 dias letivos. As atividades do primeiro período letivo se iniciam no dia 1º de março de 2021 e vão até o dia 17 de junho,. O segundo período letivo iniciará no dia 24 de junho e segue até o dia 07 de outubro de 2021. O terceiro e último período letivo terá início no dia 14 de dezembro de 2021, encerrando no dia 08 de fevereiro de 2022.

Em cada período letivo, as atividades podem ocorrer de modo remoto, híbrido ou presencial, observados os parâmetros e protocolos de biossegurança, conforme a condição epidemiológica vigente.

Universidade do Estado do Pará (Uepa)

O calendário 2021 ainda está em debate, visto que o ano letivo de 2020.2, que começou em novembro, se encerrará no próximo dia 23 de março. A Uepa adota desde 21 de setembro o modelo híbrido. Em alguns campi e em algumas disciplinas, principalmente as práticas, já estão tendo aulas presenciais.

Paraíba

Universidade Estadual da Paraíba (UEPB)

As aulas do semestre letivo 2020.2 terão início em 17 de fevereiro, e serão realizadas de forma remota, assim como foi o período 2020.1. Ainda sem previsão de retorno presencial, quando a situação da pandemia apresentar um cenário mais favorável, o conselho da UEPB avaliará a volta presencial.

Centro Universitário de João Pessoa (Unipê)

Para início do semestre, a Unipê seguirá com o Ensino Remoto Síncrono Emergencial para as aulas teóricas. Cursos da área da saúde seguem com atividades práticas presenciais. As respectivas datas de inícios das aulas de cada instituição do grupo, assim como a atualização do cenário da pandemia, serão divulgados em breve nos canais oficiais.

Paraná

PUCPR

As aulas do 1° semestre de 2021 da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR) iniciam em 1º de março, com prioridade para realização das atividades práticas dos cursos de maneira prática ou remota, dependendo da exigência de presencialidade e respeitando os limites de 50% de lotação no campus.

Universidade Federal do Paraná (UFPR)

A UFPR ainda não concluiu o ano letivo de 2020, principalmente por conta das aulas práticas (de laboratório e de campo) que ficaram totalmente paralisadas. As aulas ministradas em “período especial” de forma remota em 2020  servirão para eliminar disciplinas do currículo dos alunos.

Sem retomada das aulas práticas, não há previsão início de ano letivo de 2021. As demais aulas não serão paralisadas e continuarão sendo ministradas no regime de período especial, como vem acontecendo nos últimos seis meses.

Universidade Estadual de Maringá (UEM)

O Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão da UEM ainda não discutiu o calendário acadêmico de 2021. Por conta da pandemia, o ano letivo de 2020 teve início só em agosto do ano passado, com ensino remoto emergencial, e segue até 29 de maio deste ano. A previsão é que o calendário de 2021 passe a ser discutido só em março ou abril.

Dependendo da situação da pandemia e de decretos governamentais, a universidade pode discutir sobre aulas presenciais, que já acontecem de forma controlada para alunos dos dois últimos anos dos cursos da área da saúde.

Universidade Positivo (UP)

Para início do semestre, a UP com o Ensino Remoto Síncrono Emergencial para as aulas teóricas. Cursos da área da saúde seguem com atividades práticas presenciais. As respectivas datas de inícios das aulas de cada instituição do grupo, assim como a atualização do cenário da pandemia, serão divulgados em breve nos canais oficiais.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Pernambuco

Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)

As aulas terão reinício no dia 25 de janeiro. As atividades acadêmicas da UFPE previstas para a retomada serão realizadas em formato híbrido, com atividades exclusivamente remotas ou remotas e/ou presenciais, desde que preservadas as condições de biossegurança.

Universidade de Pernambuco (UPE)

O primeiro semestre letivo de 2020 começará no dia 8 de fevereiro de 2021. As aulas referentes a 2020.1 seguirão até 22 de maio, totalizando 14 semanas de duração. O período correspondente a 2020.2 será de 14 de junho a 16 de setembro. Oficialmente, o primeiro semestre de 2021 começará no dia 13 de outubro. Os vestibulandos que ingressarem na UPE no próximo ano via Enem/Sisu terão que esperar até esta data para se tornarem universitários, mas a data pode ser alterada dependendo da pandemia.

A conclusão do ano letivo de 2020 da UPE obedecerá o sistema híbrido, com aulas presenciais e remotas, em virtude da pandemia de Covid-19.

Piauí

Universidade Federal do Piauí (UFPI)

A UFPI encerra no mês de janeiro o período 2020.1 da graduação, interrompido em março e retomado em novembro. O formato para o próximo período ainda não está definido, mas tende a adotar aulas remotas para todas as disciplinas teóricas e flexibilização (mesmo que limitada) em disciplinas práticas, com fragmentação de turmas para evitar aglomeração. A previsão de retorno é para o início de março, o que ainda depende de aprovação no Conselho Superior da Universidade.

Rio de Janeiro

Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

O calendário acadêmico de 2020 da UFRJ ainda está em vigor. O Conselho Universitário ainda não deliberou resolução acerca das datas para o ano letivo de 2021.

Ainda não há data prevista para retorno das aulas presenciais. Segundo a universidade, isso ocorrerá quando houver segurança para alunos, docentes e técnicos-administrativos.

PUC Rio

As aulas vão retornar de forma online no dia 1º de março. A PUC-Rio aguarda orientações das autoridades sanitárias para retomar as atividades presenciais a fim de garantir a saúde e a segurança de alunos, professores, funcionários e seus famliares.

Universidade Federal Fluminense (UFF)

O semestre de 2020.2 terá início em 1º de fevereiro de 2021. Os Calendários Escolar e Administrativo referentes ao ano letivo de 2021 serão deliberados em breve pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão da UFF.

A UFF realizar um planejamento gradual e seguro para poder retornar paulatinamente as atividades presenciais, mas ainda sem datas devido à atual situação da pandemia.

Universidade Veiga de Almeida (UVA)

As aulas na Universidade Veiga de Almeida (UVA) terão início no dia 18 de fevereiro para alunos veteranos e 15 de março para calouros, no formato remoto e virtualizado, com aulas ao vivo e online.

Sem previsão de datas, a UVA vem acompanhando as determinações governamentais para garantir uma retomada das aulas presenciais tão logo seja possível, desde que haja segurança e não ocorra perda de conteúdo ou qualidade.

Rio Grande do Norte

Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN)

As aulas iniciarão no dia 8 de fevereiro, de forma remota. Ainda não há previsão para o retorno das aulas presenciais na Universidade.

Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN)

O ano letivo de 2021 iniciará em 7 de junho.

Devido à pandemia da covid-19, a UFRN vem desenvolvendo o calendário acadêmico no formato remoto, com a oferta de componentes práticos de forma presencial, desde que aprovados pelas instâncias universitárias competentes e asseguradas de biossegurança. O retorno de todas as atividades presenciais ocorrerá conforme o cenário da pandemia.

Rio Grande do Sul

PUCRS

O início do ano letivo da graduação está previsto para 3 de março.

Quanto às aulas presenciais, a PUCRS segue os decretos dos governos municipal, estadual e federal e há um comitê responsável por analisar as medidas da Universidade frente à pandemia, inclusive, a possibilidade de retorno às aulas presenciais. No momento, não há previsão.

Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)

A UFRGS inicia em 25 de janeiro o semestre 2020.2, na modalidade Ensino Remoto Emergencial. O semestre letivo 2020.2 se estende até 29 de maio.

Universidade de Caxias do Sul (UCS)

O Calendário Acadêmico marca o início do ano letivo de 2021 para 1º de março. A UCS planeja a retomada das aulas presenciais a partir de 1º de março. Esse retorno é uma projeção, já que está condicionado ao modelo de distanciamento controlado do Rio Grande do Sul e depende dos decretos públicos e da situação da pandemia na região.

Centro Universitário CesucaCentro Universitário da Serra Gaúcha (FSG)

Para início do semestre, a Cesuca e a FSG seguirão com o Ensino Remoto Síncrono Emergencial para as aulas teóricas. Cursos da área da saúde seguem com atividades práticas presenciais. As respectivas datas de inícios das aulas de cada instituição do grupo, assim como a atualização do cenário da pandemia, serão divulgados em breve nos canais oficiais.

Rondônia

Universidade Federal de Rondônia (Unir)

As aulas referentes ao primeiro semestre de 2020 retornam de forma remota a partir de 8 de fevereiro. Ainda não há uma data para o início do ano letivo de 2021. Até que haja segurança sanitária para os alunos, servidores e colaboradores, não há previsão para volta às atividades presenciais na Unir.

Santa Catarina

Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)

Em 1º fevereiro a UFSC inicia o segundo semestre de 2020, ainda a distância. O segundo período letivo semestral de graduação deste ano terá 16 semanas, começando no dia 1º de fevereiro de 2021 e se estendendo até 22 de maio.

São Paulo

Universidade de São Paulo (USP)

O início do primeiro semestre de 2021 está previsto para abril, mas ainda sem previsão de retorno presencial.

Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP)

O ano letivo na PUC-SP terá início em 1º de março de 2021. Não há, até o momento, previsão sobre o retorno das atividades presenciais.

Universidade Presbiteriana Mackenzie

O semestre letivo 2021.1 inicia em 1º de fevereiro para os alunos calouros e em 8 de fevereiro para os veteranos.

Os componentes prático-laboratoriais dos cursos de graduação serão ministrados de forma remota, durante o mês de fevereiro de 2021, assim como os componentes teóricos. A partir de março de 2021, com base na evolução dos indicadores de aplacamento da pandemia e nas autorizações governamentais vigentes, será avaliada a possibilidade do retorno gradual das aulas dos componentes prático-laboratoriais.

Universidade Cruzeiro do Sul (Unicsul),  Universidade Cidade de São Paulo (Unicid)Universidade de Franca (Unifran)Centro Universitário Nossa Senhora do Patrocínio (Ceunsp),   Faculdade São Sebastião (FASS),  Centro Universitário Módulo e  Centro Universitário Braz Cubas

Para início do semestre, as universidades do grupo Cruzeiro do Sul Educacional seguirão com o Ensino Remoto Síncrono Emergencial para as aulas teóricas. Cursos da área da saúde seguem com atividades práticas presenciais. As respectivas datas de inícios das aulas de cada instituição do grupo, assim como a atualização do cenário da pandemia, serão divulgados em breve nos canais oficiais.

Universidade Paulista (Unip)

Não há definições. O assunto está sendo tratado em pauta, mas o retorno está atrelado à aprovações de autoridades sanitárias​.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Sergipe

Universidade Tiradentes (Unit)

As aulas do semestre 2021.1 da Unit Sergipe iniciarão no dia 2 de fevereiro para veteranos e calouros de Medicina e 9 de fevereiro para calouros dos demais cursos.

Caso o MEC permita a continuidade das aulas remotas, serão mantidas todas as disciplinas teóricas ao vivo, bem como as disciplinas práticas que podem ser virtualizadas. Internatos, estágios e práticas laboratoriais que não podem ser virtualizados acontecerão presencialmente, seguindo os preceitos estabelecidos pelos órgãos reguladores do Estado de Sergipe.

Caso o cenário pandêmico venha a se agravar e as aulas presenciais sejam proibidas, a oferta das disciplinas teóricas ao vivo será mantida, bem como as disciplinas práticas que podem ser virtualizadas. Já os internatos, estágios e práticas laboratoriais serão cursados em uma oferta especial, tão logo possível, cumprindo sempre as deliberações governamentais. 

Caso as autoridades governamentais permitam o retorno integral das atividades presenciais e o MEC não homologue a permissão para continuidade das aulas remotas, estaremos prontos para realizar a oferta das disciplinas como no período pré-pandemia.

Universidade Federal de Sergipe (UFS)

Em 2021, o ano letivo se iniciou no dia 18 de janeiro. As atividades presenciais seguem suspensas ao menos até o dia 28 de fevereiro, quando nova avaliação será realizada pelos responsáveis da UFS.

Veja mais:  À espera de condições sanitárias, universidades começam a planejar volta às aulas presenciais

Sua universidade não está na lista? Este post será atualizado com novas informações de faculdades assim que forem obtidas!

O que você achou deste artigo?

ALERTA DE VAGAS i-close
Quer ficar sabendo das melhores vagas antes de todo mundo?
ALERTA DE VAGAS i-close
Sabia que dependendo do seu período é melhor começar de novo?Thinking face f5c039d3e92b0c131b3780cdbc1ee3d7966cc05cafc35064b70df0e0e049c24d

Caso você ainda esteja no primeiro ou segundo período da faculdade, você pode economizar começando o curso novamente com bolsa de estudo.

ALERTA DE VAGAS i-close
Nós podemos te ajudar Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

Aqui no Quero Bolsa você encontra as melhores vagas em diversos turnos, até mesmo ensino a distância.

Preencha os campos abaixo para receber avisos de vagas disponíveis em nosso site de acordo com seus interesses.

ALERTA DE VAGAS i-close
Deixe seus contatos Mailbox 3aaacb172f1a1e1ba19b2e93f60f637592c84194967e63e952c08d3cb04fa7a8
ALERTA DE VAGAS i-close
Falta só mais um passo! Raised hands 93ba2838e7c9b110e7b370ddadc1892902fe94722a836c919cb013fa7ced527d

As nossas melhores vagas chegam de surpresa. Por isso fique ligado.

Com a sua confirmação enviaremos ofertas exclusivas diretamente no seu Whatsapp. Rápido, fácil, prático e na tela do seu celular.

CENTRAL DE AJUDA i-close
Como podemos te ajudar?

Gostaria de saber como o Quero Bolsa funciona e se o site é confiável.

Veja as perguntas frequentes

Quero receber vagas de acordo com meus interesses diretamente em meu e-mail e WhatsApp.

Quer ficar sabendo das melhores vagas antes de todo mundo?
i-close

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2021 CNPJ: 10.542.212/0001-54