Informações
Como funciona?
Encontre seu curso
Faça sua pré-matrícula online
Economize até o fim do curso!

Design de Interiores

Resumo do curso

Tipos de formação
Bacharelado, Tecnólogo, Pós-graduação e Técnico
Área de conhecimento
Ciências sociais aplicadas
Duração
de 2 a 4 anos
Estágio obrigatório?
Não

A classificação da área de conhecimento foi feita com base na Árvore do Conhecimento do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Sobre o curso de Design de Interiores

O curso de Design de Interiores forma profissionais capazes de planejar ambientes de acordo com padrões estéticos e de funcionalidade. O designer de interiores cria projetos para residências, espaços comerciais e corporativos, além de ambientes promocionais e cenográficos.

Ao final do curso, o aluno estará apto para projetar espaços, mobiliários e objetos, considerando tanto a estética quanto a funcionalidade e a harmonia do ambiente.

Para realizar seu trabalho de forma eficaz, otimizando espaços construídos e adequando espaços interiores de acordo com suas características, o estudante deverá adquirir conhecimentos teóricos e multidisciplinares, para contemplar aspectos socioculturais, psicológicos, econômicos e tecnológicos.

A graduação em Design de Interiores pode ser de nível bacharelado ou tecnológico. O bacharelado tem currículo bastante semelhante ao do curso de Arquitetura e Urbanismo, com grande parte da carga horária dedicada a atividades práticas, como desenvolvimento de projetos e técnicas de instalações e iluminação. Já o tecnológico tem foco em elaboração de projetos de interiores e pesquisas sobre tendências de moda.

Os tipos de formação para o curso de Design de Interiores são: bacharelado , tecnólogo , pós-graduação e técnico .

Como é a faculdade de Design de Interiores?

Segundo as Diretrizes Curriculares Nacionais definidas pelo Ministério da Educação (MEC), o curso de bacharelado em Design de Interiores segue as normas vigentes para o curso de Design, abordando conteúdos da área como um todo e específicos para a habilitação em Design de Interiores, de acordo com a grade curricular elaborada por cada instituição de ensino.

Com duração média de quatro anos, o bacharelado conta com elevada carga horária dedicada a atividades práticas, como projeto de ambientes, e também a técnicas específicas, como iluminação e desenho de móveis. Os cursos costumam exigir estágio e apresentação de monografia.

Já o curso tecnológico de Design de Interiores costuma ter duração de dois anos e tende a ser mais voltado à decoração. O aluno entra em contato com ferramentas digitais e técnicas da profissão desde o início.

Encontre a faculdade ideal para você aqui.

Qual a grade curricular de Design de Interiores?

Grade Curricular é o conjunto de matérias que o aluno estudará durante o curso. Veja abaixo um exemplo de grade curricular para o curso de Design de Interiores em uma de nossas faculdades parceiras:

Análise e Composição Visual
Composição Paisagística
Computação Gráfica Aplicada I

Ver mais sobre a grade curricular de Design de Interiores

O que se aprende na faculdade de Design de Interiores?

O conteúdo geral da área de Design deve contemplar os seguintes eixos de formação: Eixo de Conteúdos Básicos, Eixo de Conteúdos Específicos e Eixo de Conteúdos Teórico-Práticos.

O Eixo de Conteúdos Básicos consiste nas seguintes matérias:

  • História e Teorias do Design;

  • Métodos e Técnicas de Projetos;

  • Meios de representação, comunicação e informação;

  • Relações usuário/objeto/meio ambiente;

  • Produção e Mercado.

O Eixo de Conteúdos Específicos pode conter esses tópicos:

  • Produções artísticas;

  • Produção industrial;

  • Comunicação Visual;

  • Interface;

  • Modas e vestuários;

  • Interiores e paisagismos;

  • Design e outras produções artísticas.

Já o Eixo de Conteúdos Teórico-Práticos contempla a abordagem teórica e a prática profissional, estágio curricular supervisionado e atividades complementares específicas e compatíveis com o perfil desejado do formando.

Para os conteúdos específicos de Design de Interiores, tanto no curso tecnológico quanto no bacharelado, encontram-se as seguintes disciplinas, de acordo com avaliação do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep):

  • História do Design, da Arte e do Mobiliário;

  • Teoria da cor e da forma;

  • Percepção visual aplicada ao espaço;

  • Composição espacial;

  • Luminotécnica;

  • Conforto ambiental;

  • Ergonomia e desenho universal aplicada ao design de interiores;

  • Desenho técnico de projeto;

  • Desenho perspectivo;

  • Modelos tridimensionais;

  • Detalhamento de interiores e mobiliário;

  • Instalações efêmeras e cenografia;

  • Noções de instalações prediais e sistemas estruturais e construtivos das edificações;

  • Materiais aplicados;

  • Paisagismo em pequena escala;

  • Aspectos ambientais e a relação com o espaço construído;

  • Gestão de projetos de interiores;

  • Ética e relações profissionais;

  • Projeto de interiores residencial, comercial, institucional e de serviços;

  • Ferramentas digitais para representação de projetos de design de interiores.

Quanto custa uma faculdade de Design de Interiores?

O valor do curso de Design de Interiores pode variar bastante. É possível encontrar mensalidades a partir de R$ 106,00 entre as instituições parceiras do Quero Bolsa.

Procure o curso de Design de Interiores ideal para você!

Veja como é simples começar a estudar

  1. Encontre seu curso
  2. Garanta sua bolsa
  3. Economize até se formar
Mensalidades a partir de R$ 30,00 entre as 1.075 instituições parceiras do Quero Bolsa.

Tipo de modalidade

Qual a sua localização?

Prefere alguma faculdade?


Sobre a carreira de Design de Interiores

O que faz o profissional de Design de Interiores?

O designer de interiores atua na projeção e otimização de ambientes, de acordo com as necessidades do cliente, em espaços residenciais, comerciais e corporativos.

Assim como o arquiteto, esse profissional também considera padrões de estética e funcionalidade. Além disso, pode projetar móveis e ambientes de trabalho, montar instalações como estandes ou feiras de eventos e desenvolver projetos de sustentabilidade.

Com o Quero Bolsa, entrar na faculdade é muito mais fácil
Cadastre-se e receba alertas por e-mail e WhatsApp assim que chegarem novas vagas do seu interesse.
Busque sua vaga
Compare preços e escolha a vaga que cabe no seu bolso
Garanta sua vaga
Pague a taxa de serviço, chamada de pré-matrícula
Estude pagando menos
Aí é só fazer o processo seletivo e a matrícula na faculdade
É só preencher seus dados

Nota de corte para Design de Interiores

Sabia que, utilizando apenas o seu resultado do Enem, você pode entrar em diversos cursos de universidades federais, estaduais e privadas?

Para ajudar o estudante a entender as suas possibilidades, o Quero Bolsa desenvolveu o Simulador de Nota de Corte . O sistema reúne os dados das últimas provas e mostra o desempenho mínimo para conseguir uma vaga em um dos programas educacionais do governo.

No último ano, as notas de corte registradas para o curso de Design de Interiores foram:

Programa
Menor nota de corte
Maior nota de corte

Menor nota de corte

454

Fct

Maior nota de corte

626

Uam

Menor nota de corte

582

Unip

Maior nota de corte

638

Unip

Menor nota de corte

637

Ifal

Maior nota de corte

672

Ifsp

Está com dúvidas sobre Design de Interiores?

Os alunos e ex-alunos do curso estão prontos para tirar suas dúvidas. Acessar Perguntas e Respostas