Fale com a gente

Como funciona
  1. Busque sua bolsa

    Escolha um curso e encontre a melhor opção pra você.


  2. Garanta sua bolsa

    Faça a sua adesão e siga os passos para o processo seletivo.


  3. Estude pagando menos

    Aí é só realizar a matrícula e mandar ver nos estudos.


Olá! Quer uma ajudinha para descobrir seu curso ou faculdade ideal?

Engenharia Florestal

Saiba tudo sobre o curso de Engenharia Florestal e comece a estudar com ajuda da Quero Bolsa

Ilustração de uma garota fazendo uma pesquisa do curso de Engenharia Florestal no notebook
Média Salarial: R$ 2.053,82
Duração: até 10 semestres
Bolsas: a partir de R$ 135,00
Ver bolsas de até 70%

Sobre o curso de Engenharia Florestal

O curso de Engenharia Florestal forma profissionais que promovem o manejo sustentável de florestas, tendo em mente a preservação e a exploração consciente. A estrutura curricular do programa abrange conhecimentos das ciências exatas, biológicas e sociais, aplicados à gestão ambiental, análise de impacto ambiental, tratamento de resíduos, controle de poluição, legislação ambiental, recursos hídricos, e tecnologias limpas.

Nos primeiros anos, os estudantes são expostos a uma formação básica em matemática, física, química e biologia, que fundamentam a compreensão dos processos naturais e das tecnologias associadas à engenharia florestal. Outras disciplinas incluem ecologia, ciências do solo e hidrologia.

À medida que avançam no curso, os alunos são expostos a matérias específicas que tratam do planejamento e gestão de recursos naturais, técnicas de avaliação e remediação de áreas contaminadas, sistemas de tratamento de água e efluentes, gestão de resíduos sólidos, e análise de risco ambiental.

A abordagem metodológica do curso enfatiza a experiência prática, por meio de laboratórios especializados, visitas técnicas a instalações industriais e de tratamento de resíduos, e estágios em empresas ou órgãos governamentais de meio ambiente.

Com duração média de cinco anos, o curso pode incluir, além das disciplinas obrigatórias, a realização de um trabalho de conclusão de curso, que geralmente envolve a elaboração de um projeto ou pesquisa aplicada na área ambiental.

Os formados em Engenharia Florestal podem trabalhar em empresas de consultoria ambiental, órgãos públicos de gestão ambiental, indústrias de diversos setores que buscam adequar suas operações às exigências ambientais, além de organizações não governamentais focadas em sustentabilidade.

Quantos anos dura o curso de Engenharia Florestal?

O curso de Engenharia Florestal, como bacharelado, tem duração de 5 anos. Durante esse período, os estudantes são guiados por um currículo que inclui disciplinas básicas, profissionais e específicas, além de atividades práticas como estágios e projetos de pesquisa.

Quais faculdades disponibilizam o curso de Engenharia Florestal?

De acordo com consulta aos dados do e-MEC, atualmente, 64 instituições de ensino superior disponibilizam o curso de Engenharia Florestal. Confira algumas delas:

Os tipos de formação para o curso de Engenharia Florestal são: bacharelado e pós-graduação .

Como é o curso de Engenharia Florestal?

Segundo as Diretrizes Curriculares Nacionais definidas pelo Ministério da Educação (MEC), o curso de Engenharia Florestal é formulado por meio de conteúdos básicos e profissionais.

O núcleo básico segue as diretrizes gerais de todas as Engenharias e ensina Biologia, Estatística, Expressão Gráfica, Física, Informática, Matemática, Metodologia Científica e Tecnológica, e Química.

Dentro dos conteúdos específicos da área, o aluno tem contato com as seguintes matérias:

  • Avaliação e Perícias Rurais;

  • Cartografia e Geoprocessamento;

  • Construções Rurais;

  • Comunicação e Extensão Rural;

  • Dendrometria e Inventário;

  • Economia e Mercado do Setor Florestal;

  • Ecossistemas Florestais;

  • Estrutura de Madeira;

  • Fitossanidade;

  • Gestão Empresarial e Marketing;

  • Gestão dos Recursos Naturais Renováveis;

  • Industrialização de Produtos Florestais;

  • Manejo de Bacias Hidrográficas;

  • Manejo Florestal;

  • Melhoramento Florestal;

  • Meteorologia e Climatologia;

  • Política e Legislação Florestal;

  • Proteção Florestal;

  • Recuperação de Ecossistemas Florestais Degradados;

  • Recursos Energéticos Florestais;

  • Silvicultura;

  • Sistemas Agrossilviculturais;

  • Solos e Nutrição de Plantas;

  • Técnicas e Análises Experimentais;

  • Tecnologia e Utilização dos Produtos Florestais.

O estágio supervisionado e o trabalho de conclusão de curso (TCC) são disciplinas obrigatórias para obtenção do diploma. O curso tem carga horária mínima de 3.600 horas, geralmente cumpridas em cinco anos.

Veja também: Quanto ganha um guarda florestal no site da Quero Bolsa.

Qual a grade curricular de Engenharia Florestal?

Grade Curricular é o conjunto de matérias que o aluno estudará durante o curso. Veja abaixo um exemplo de grade curricular para o curso de Engenharia Florestal em uma de nossas faculdades parceiras:

  • Anatomia da Madeira

  • Antropologia Rural

  • Arborização e Paisagismo

Ver a grade curricular

O que se aprende na faculdade de Engenharia Florestal?

No curso de Engenharia Florestal, os estudantes aprendem o manejo sustentável e a conservação das florestas. As disciplinas combinam aspectos técnicos, científicos e gerenciais, preparando profissionais para atuar em frentes relacionadas ao meio ambiente.

Nas disciplinas iniciais, os alunos são introduzidos aos fundamentos das ciências biológicas e exatas, como biologia, química, matemática e estatística. A base é complementada por estudos em ecologia, botânica e zoologia. À medida que o curso avança, os estudantes exploram temas específicos, como silvicultura, que trata do cultivo e manejo de florestas para a produção de madeira e outros produtos florestais; manejo florestal, que aborda técnicas para a utilização sustentável e conservação de florestas; e inventário florestal.

A tecnologia da madeira é outra área de estudo enfatizado, na qual os alunos aprendem os métodos de processamento e utilização da madeira como material de construção, combustível e matéria-prima para a indústria de celulose e papel. Além disso, disciplinas relacionadas à política e legislação ambiental preparam os futuros engenheiros florestais para navegar no cenário regulatório.

O curso de Engenharia Florestal também dá ênfase à prática profissional, por meio de estágios, visitas técnicas e projetos de extensão, permitindo que os estudantes apliquem os conhecimentos adquiridos em situações reais.

Veja também: Tudo sobre o curso de Ciências da Natureza no site da Quero Bolsa.

Quanto custa uma faculdade de Engenharia Florestal?

No site da Quero Bolsa, você encontra oportunidades de bolsa de estudo para cursos de pós-graduação em Engenharia Florestal. O curso é disponibilizado na modalidade a distância (EaD) e possui duração de oito meses aos estudantes. Além disso, um curso recorrente na graduação e da mesma área de conhecimento (meio-ambiente) é a formação em Papel e Celulose.

Procure o curso de Engenharia Florestal ideal para você!

Com mensalidades a partir de R$ 135,00 entre as 1.407 instituições parceiras do Quero Bolsa.

Veja como é simples começar a estudar

  1. Encontre seu curso
  2. Garanta sua bolsa
  3. Economize até se formar

Sobre a carreira de Engenharia Florestal

O que faz o profissional de Engenharia Florestal?

O engenheiro florestal planeja, coordena e executa atividades da silvicultura e do uso e recuperação de recursos naturais renováveis e ambientais.

Ele está presente no setor florestal e na cadeia produtiva dos madeiráveis e não-madeiráveis e também fiscaliza essas atividades.

Promove a extensão rural, por meio da orientação aos produtores nos vários aspectos das atividades e elabora documentação técnica e científica. Pode prestar assistência e consultoria técnicas.

Onde o profissional de Engenharia Florestal pode trabalhar?

O profissional da Engenharia Florestal trabalha em atividades da exploração e manejo florestal, em empresas públicas e privadas e em cooperativas de produtores.

Alguns profissionais atuam como empregados com carteira, outros são prestadores de serviços ou podem ser também servidores públicos. O engenheiro florestal trabalha em equipe e a céu aberto.

O engenheiro florestal também poderá trabalhar com a atribuição de aulas em instituições de ensino e ciência/processos de invocação em instituições de pesquisa. O trabalho com análises possui vastas áreas de atuação (mudas e sementes, impactos ambientais e viveiros, por exemplo).

No setor público, o profissional também poderá atuar com auditoria fiscal, empresas de fiscalização, monitoramento do meio-ambiente e iniciativas que promovam a produção sustentável. Por fim, a atuação como educador ambiental também pode ser desempenhada pelo graduado em Engenharia Florestal.

De acordo com os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), o salário do engenheiro florestal é de, em média, R$ 10.297,78.

Quanto ganha um profissional de Engenharia Florestal?

O salário médio de um Engenheiro florestal no Brasil é de R$ 2.053,82 . Os estados onde a profissão de Engenheiro florestal têm os melhores salários são DF, CE e AL.

Quer saber o salário das demais especialidades? Veja aqui

Ver salários dessa profissão
Sino de ofertas
Receba um alerta quando a vaga ideal chegar!

Como ingressar na profissão de Engenharia Florestal?

Quais são as exigências do mercado de trabalho para o profissional de Engenharia Florestal?

Além de curso superior na área reconhecido pelo MEC, o engenheiro florestal deve contar com o registro profissional obtido com o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea).

Há vários profissionais da Engenharia Florestal com cursos de especialização, mestrado e doutorado, evidenciando a importância de estudo contínuo.

Quais são as principais competências pessoais do profissional de Engenharia Florestal?

As principais características do profissional de Engenharia Florestal, listadas pelo Ministério do Trabalho, são:

Discernimento;
Criatividade;
Raciocínio lógico;
Espírito empreendedor;
Adaptabilidade.

Nota de corte para Engenharia Florestal

Sabia que, utilizando apenas o seu resultado do Enem, você pode entrar em diversos cursos de universidades federais, estaduais e privadas?

Para ajudar o estudante a entender as suas possibilidades, o Quero Bolsa desenvolveu o Simulador de Nota de Corte . O sistema reúne os dados das últimas provas e mostra o desempenho mínimo para conseguir uma vaga em um dos programas educacionais do governo.

No último ano, as notas de corte registradas para o curso de Engenharia Florestal foram:

Balões de Conversa - Dúvidas sobre Engenharia Florestal
Está com dúvidas sobre Engenharia Florestal? Os alunos e ex-alunos do curso estão prontos para tirar suas dúvidas. Ver perguntas e respostas

Perguntas e Respostas - Engenharia Florestal

Tipo de Pergunta
Recentes