Info Icon Ajuda Help Icon Ajuda
Português

Pronomes Relativos

Caroline Fazio
Publicado por Caroline Fazio
Última atualização: 5/5/2019

Introdução

Introdução

Pronomes relativos são aqueles que retomam um substantivo (ou um pronome) anterior a eles, substituindo-o no início da oração seguinte. Eles também desempenham dupla função na estrutura da frase, tais como:

  • Substituir um termo antecedente (nome ou pronome);
  • Iniciar uma nova oração.

Vejamos um exemplo abaixo:

  • Gosto muito dos filmes de Tarantino.
  • Tarantino foi diretor e roteirista do filme Pulp Fiction.
  • Analisando os exemplos acima, observamos que a oração 2 repete o substantivo próprio (nome) “Tarantino”. Sabemos que existem recursos linguísticos que podem nos auxiliar na construção frasal, evitando repetições desnecessárias. Dessa maneira, podemos transformar as duas orações colocando-as em um só período:

    Gosto muito dos filmes de Tarantinoque foi diretor e roteirista do filme Pulp Fiction.

    Ao transformá-las em um período, o substantivo “Tarantino” é explícito somente na primeira oração, enquanto que na segunda ele foi substituído pela palavra que, que aqui é considerado um pronome relativo.

    Quadro de pronomes relativos

    Abaixo temos o quadro com todos os pronomes relativos, que têm uma função muito importante nas ligações e coesão entre partes da frase.


    VariáveisInvariáveis
    o/a qual; os/as quaisque
    cujo(s), cuja(s)quem
    quanto(s), quanta(s)onde/aonde

    Pronome relativo precedido de preposição

    Existem casos em que, ao usar o pronome relativo, é necessário introduzir uma preposição anteriormente. Esta é, geralmente, exigida por um verbo ou nome presente na oração iniciada pelo relativo. 

    Exemplificando:

    É este o sapato a que me refiro. → verbo  [referir-se a alguma coisa]

                              ↓   ↳pronome relativo

                        preposição 

    Só contamos a verdade às pessoas em quem temos plena confiança. → substantivo [quem confia, confia em alguém.]                  ↓       ↳pronome relativo

                                                        preposição

    Relativo que

    Este pronome pode ser usado para retomar palavra que denomina pessoa ou coisa, sendo substituível por o qual, a qual, os quais, as quais.

    Exemplo:

    O trabalho que eu fiz foi muito elogiado

                        ↳ = o qual

    Também pode ser empregado quando não há exigência de preposição, ou depois de preposições de uma única sílaba (a, com, de, em, por…)

    Exemplo:

    As roupas que usamos devem ser sempre confortáveis.

                        ⤷ preposição monossilábica (as roupas as quais usamos…)

    É necessário atentar-se para o uso dos relativos quando a preposição tiver mais de uma sílaba, como: perante, sobre, etc. Nestes casos, que deve ser substituído por a/o qual, as/os quais.

    Abaixo teremos um exemplo incorreto e outro correto do uso dos pronomes relativos nessa situação:

  • A fofoca segundo que ela havia ido embora era falsa. [Incorreta]
  •                                            ↳preposição com mais de uma sílaba 

  • A fofoca segundo a qual ela havia ido embora era falsa. [Correta]
  • O relativo que pode ter como termo retomado os pronomes demonstrativos o, a, os, as.

    Exemplos:

                                                                            ↱pronome relativo

    De todas as músicas, escolhi para tocar as que achei mais legais.

                               ↳pronome demonstrativo [ as = aquelas]

                                                                           ↱pronome relativo

    Quando está nervoso, ninguém entende o que fala.

                                                                      ↳pronome demonstrativo [ o= aquilo]

    Relativo quem

    Somente usado quando o termo que antecede nomeia uma pessoa ou um ser personificado. Atenção para o termo antecedente que pode não estar expresso na frase.

    Exemplos:

    Então foi ela a quem você fez o pedido de casamento?

    Quem casa, quer casa.

    Relativo cujo(s)cuja(s)

    Empregado entre dois substantivos, estabelecendo relação de posse.

    Exemplos: 

    empresa, cuja fachada foi destruída pelo fogo, será reformada em breve.

    • Empresa, cuja fachada = fachada da empresa → ideia de posse

    Relativos onde aonde

    Esses dois pronomes são usados para indicar lugar, porém, cada um tem seu uso específico.

    • Onde = “lugar em que”.

    Este relativo indica localização na qual se está ou se passa algum acontecimento. As frases que empregam esse relativos, têm verbos que indicam a ideia de permanência. 

    Exemplo: 

    Fui até a cidade onde minha avó nasceu.

    Onde o meu cachorro está?

    • Aonde = “lugar a que”.

    Este relativo indica movimento, e está relacionado a verbos que expressam esse tipo de ideia. Ao substituir na frase “aonde” por “para onde”, conseguimos saber se o uso desse pronome está correto na sentença.

    Exemplos:

    Conheço a cidade aonde você irá depois de amanhã.

    [Conheço a cidade para onde você irá depois de amanhã]

    Aonde você quer ir?

    [Para onde você quer ir?]

    Relativo quanto(s)quanta(s)

    Usados depois dos indefinidos: tudo, todo(s), toda(s), tanto(s) e tanta(s).

    Exemplos:

    Você estudará matemática tantas vezes quantas forem necessárias.

    Ele foi ao shopping e comprou tudo quanto é coisa!

    Referências

    Gramática: Aprender e praticar. Mauro Fereira


    Exercícios

    Exercício 1
    (FUVEST)

    Conheci que (1) Madalena era boa em demasia... A culpa foi desta vida agreste que (2) me deu uma alma agreste. Procuro recordar o que (3) dizíamos. Terá realmente piado a coruja? Será a mesma que (4) piava há dois anos? Esqueço que (5) eles me deixaram e que (6) esta casa está quase deserta.

    Nas frases acima o que aparece seis vezes; em três delas é pronome relativo. Quais?

    Ilustração: Rapaz corpulento de camiseta, short e tênis acenando

    Inscreva-se abaixo e receba novidades sobre o Enem, Sisu, Prouni e Fies:

    Carregando...