Sobre
Sobre
Como funciona
Como funciona o Quero Bolsa?
Ligue grátis
0800
0800 941 3000
Seg - Sex 8h-22h
Sábado 9h-13h
Aceitamos ligação de celular
Ensino Básico

15 cantigas infantis fáceis e divertidas para brincar com as crianças

por Luiza Padovam Vieira em 02/07/20


Banda Osquindó em apresentação infantil com cantigas de rodas e brincadeiras populares.

As cantigas de roda são uma das brincadeiras mais populares e antigas da humanidade, e estão presentes em diversas culturas ao redor do mundo. São conhecidas por sua grande expressão folclórica e por suas letras alegres e divertidas. Porém, mais do que uma simples brincadeira, as cantigas infantis fazem parte do patrimônio cultural brasileiro e são uma forma de manter vivos os nossos ritmos tradicionais. 

Seja no pátio da escola, em casa ou no prédio com os amigos, a ciranda - como também é conhecida - é uma brincadeira para todos os momentos. Para brincar, é fácil. Basta dar as mãos, cantar, dançar e girar. 

Feita para a criança, as cantigas de roda possuem melodias simples, repetitivas e ritmadas, o que facilita a aprendizagem e a participação da garotada. 

Cantigas infantis como ferramenta de aprendizado

As cirandas possuem grande importância no processo de aprendizado das crianças. Por meio das letras e do ritmo, é possível despertar o interesse dos pequenos pela riqueza da língua portuguesa. 

 Além disso, outros aspectos cognitivos e sociais podem ser desenvolvidos com a ajuda das cantigas infantis, como:

  • A expressão corporal - através da descoberta de novos movimentos e gestos durante a brincadeira;

  • Desenvolvimento de habilidades de expressão e comunicação verbal;

  • Expansão do vocabulário;

  • Noções de ritmo - ao aprender as diferentes formas de cantar ou recitar as parlendas;

  • Criar relações entre a linguagem oral e escrita.


As cantigas de roda são uma ótima forma de introduzir as crianças às diversas culturas e tradições regionais existentes no Brasil. A brincadeira pode também ser trabalhada de outras formas através de atividades de ilustração, interpretação e produção de texto, e de encenação, por exemplo.


+ Primeira infância: cantar, brincar e ler

Cantigas de roda popular para as crianças

Como você pode ver, a ciranda tem papel importantíssimo na cultura brasileira e na educação infantil. Por isso, separamos 15 cantigas populares para você ensinar para a sua criança. Veja abaixo:

  1. Alecrim Dourado
    Alecrim, Alecrim dourado
    Que nasceu no campo
    Sem ser semeado
    Alecrim, Alecrim dourado
    Que nasceu no campo
    Sem ser semeado
    Foi meu amor
    Que me disse assim
    Que a flor do campo é o alecrim
    Foi meu amor
    Que me disse assim
    Que a flor do campo é o alecrim.

  2. Marinheiro Só
    Oi, marinheiro, marinheiro,
    Marinheiro só
    Quem te ensinou a navegar?
    Marinheiro só
    Foi o balanço do navio,
    Marinheiro só
    Foi o balanço do mar
    Marinheiro só.

  3. Borboletinha
    Borboletinha tá na cozinha
    Fazendo chocolate
    Para a madrinha
    Poti, poti
    Perna de pau
    Olho de vidro
    E nariz de pica-pau pau pau

  4. Pai Francisco
    Pai Francisco entrou na roda
    Tocando seu violão
    Da...ra...rão! Dão!
    Vem de lá seu delegado
    E Pai Francisco foi pra prisão.

    Como ele vem
    Todo requebrado
    Parece um boneco
    Desengonçado

  5. O Jipe do Padre
    O jipe do padre fez um furo no pneu
    O jipe do padre fez um furo no pneu
    O jipe do padre fez um furo no pneu
    Colemos com chiclete.

  6. A Barata Diz Que Tem
    A Barata diz que tem sete saias de filó
    É mentira da barata, ela tem é uma só
    Ah ra ra, iá ro ró, ela tem é uma só!

    A Barata diz que tem um sapato de veludo
    É mentira da Barata o pé dela é peludo
    Ah ra ra, lu ru ru, o pé dela é peludo!

    A Barata diz que tem uma cama de marfim
    É mentira da barata, ela tem é de capim
    Ah ra ra, rim rim rim, ela tem é de capim

    A Barata diz que tem um anel de formatura
    É mentira da barata, ela tem é casca dura
    Ah rara, iu ru ru, ela tem é casca dura.

  7. Um, Dois, Feijão com Arroz
    Um, dois
    Feijão com arroz

    Três, quatro
    Feijão no prato

    Cinco, seis
    Falar inglês

    Nove, dez
    Comer pastéis

  8. Macaco Foi à Feira
    O macaco foi à feira, não teve o que comprar
    Comprou uma cadeira pra comadre se sentar
    A comadre se sentou, a cadeira esborrachou
    Coitada da comadre, foi parar no corredor!

  9. Eu Entrei na Roda
    Ai, eu entrei na roda
    Ai, eu não sei como se dança
    Ai, eu entrei na "rodadança"
    Ai, eu não sei dançar

    Sete e sete são catorze, com mais sete, vinte um
    Tenho sete namorados mais só posso casar com um

    Namorei um garotinho do colégio militar
    O diabo do garoto, só queria me beijar

    Todo mundo se admira da macaca fazer renda
    Eu já vi uma perua ser caixeira de uma venda.

  10. A Canoa Virou
    A canoa virou
    Por deixá-la virar,
    Foi por causa da Maria,
    Que não soube remar

    Siriri pra lá,
    Siriri pra cá,
    Maria é velha,
    E quer casar

    Se eu fosse um peixinho  ?
    E soubesse nadar
    Eu tirava a Maria
    Lá do fundo do mar

  11. O Trem Maluco
    O trem maluco
    Quando sai de Pernambuco
    Vai fazendo vuco, vuco
    Até chegar no Ceará

    Rebola pai, mãe, filha
    Eu também sou da família
    Também quero rebolar

    O trem maluco
    Quando sai de Pernambuco
    Vai fazendo vuco, vuco
    Até chegar no Ceará

    Rebola bola
    Você diz que dá, que dá
    Você diz que dá na bola
    Na bola você não dá.

  12. O Cravo Brigou Com a Rosa
    O cravo brigou com a rosa
    Debaixo de uma sacada
    A cravo saiu ferido
    E a rosa, despedaçada

    O cravo ficou doente
    E a rosa foi visitar
    O cravo teve um desmaio
    E a rosa pôs-se a chorar

    O cravo tem vinte anos
    A rosa tem vinte e um
    A diferença que existe
    É que a rosa tem mais um

    A rosa fez serenata
    E o cravo foi espiar
    E as flores fizeram festa
    Porque eles vão se casar

  13. O Sapo Não Lava o Pé
    O sapo não lava o pé
    Não lava porque não quer
    Ele mora lá na lagoa
    Não lava o pé
    Porque não quer

    O sapo não lava o pé
    Não lava porque não quer
    Ele mora lá na lagoa
    Não lava o pé
    Porque não quer
    Mas que chulé

    A sapa na lava pá
    Na lava parqua na quar
    Ala mara lá na lagua
    Na lava pá parqua na quar
    Mas qua chalá

    E sepe ne leve pé
    Ne leve perque ne quer
    Ele mere le ne legue
    Ne leve pé perque ne quer
    Mes que chelé

    I sipi ni livi pí
    Ni livi pirqui ni quir
    Ili miri li ni ligui 
    Ni livi pí pirqui ni quir
    Mis qui chilí

    O sopo no lovo pó
    No lovo porquo no quor
    Olo moro lo no loguo
    No lovo pó porquo no quor
    Mos quo choló

    U supu nu luvu pú
    Nu luvu purquu nu quur
    Ulu muru lu nu luguu 
    Nu luvu pú purquu nu quur
    Mus quu chulú.

  14. Fui no Itororó
    Fui no Itororó beber água não achei
    Achei linda morena
    Que no Itororó deixei

    Aproveita minha gente
    Que uma noite não é nada
    Se não dormir agora
    Dormirá de madrugada

    Oh! Dona Maria,
    Oh! Mariazinha, entra nesta roda
    Ou ficarás sozinha!

  15. Capelinha de Melão
    Capelinha de Melão é de São João
    É de cravo é de rosa é de manjericão
    São João tava dormindo
    Não me ouve não!
    Acordai, acordai, acordai, João!

    Gostou das cantiga infantis? Aproveite e brinque muito com a criançada!


    Leia também: 
    + 3 personagens do folclore brasileiro que você provavelmente nunca ouvir falar
    + Conheça 5 podcasts de história infantil para ouvir com as crianças





O que você achou deste artigo?

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2020 CNPJ: 10.542.212/0001-54