logo
Lista de faculdades Lista de cursos Lista de profissões Revista Quero Central de ajuda

banner image banner image
Profissões

Descubra quanto ganha um concursado do TRE

por Camilla Freitas em 19/07/22

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) pertence ao Poder Judiciário e está presente em todos os estados brasileiros. Uma das atribuições do órgão é organizar todo o processo eleitoral, então são os membros do TRE as pessoas responsáveis pelo cadastramento dos eleitores, distribuição das urnas nas zonas eleitorais e apuração dos votos.

Os concursos públicos do TRE são procurados por pessoas que gostam da área, desejam ganhar bons salários e buscam por estabilidade profissional. Confira, a seguir, quanto ganha um concurso do TRE e quais são os requisitos para atuar no órgão.

Leia mais: + Concurso público: o que é e como funciona
+ Encontre bolsas de estudo de até 80%


Quem pode fazer o concurso do TRE?

O candidato precisa ler o edital do concurso para entender quais são as vagas disponíveis. Em algumas, a exigência é apenas o diploma de ensino médio ou de curso técnico, já em outras, o participante precisa ter nível superior completo.

Além disso, para tomar posse do cargo, o candidato precisa cumprir alguns requisitos, como:

  • Ter no mínimo 18 anos;

  • Ter nacionalidade brasileira;

  • Estar em dia com as obrigações eleitorais;

  • Estar em dia com os deveres do Serviço Militar, para os candidatos do sexo masculino;

  • Não estar incompatibilizado para nova investidura em cargo público federal;

  • Possuir os documentos comprobatórios de escolaridade;

  • Ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo/área/especialidade;

  • Não pertencer a diretório de partido político ou exercer qualquer atividade partidária;

  • Não haver sido condenado em sentença criminal com trânsito em julgado que comine pena impeditiva do exercício da função pública, nos últimos 5 (cinco) anos.

Cargos do Tribunal Regional Eleitoral (TRE)

Os cargos variam conforme o edital e a necessidade de cada TRE, mas para exemplificar, a Revista Quero listou os cargos disponíveis no último concurso do estado de São Paulo, de acordo com o nível de escolaridade. Confira:

Cargos TRE Ensino Médio/Técnico

  • Técnico Judiciário – Área Administrativa

  • Técnico Judiciário – Especialidade Artes Gráficas

  • Técnico Judiciário - Especialidade Enfermagem

  • Técnico Judiciário -  Especialidade Enfermagem

  • Técnico Judiciário – Especialidade Programação de Sistemas

  • Técnico Judiciário –  Especialidade Operação de Computadores

Cargos TRE Ensino Superior Completo

  • Analista Judiciário - Área Judiciária

Necessário diploma de graduação em Direito

  • Analista Judiciário - Área Administrativa

Necessário diploma de graduação em qualquer graduação, exceto licenciatura curta;

  • Analista Judiciário – Especialidade Análise de Sistemas

Necessário diploma de graduação na área de Tecnologia da Informação ou em qualquer área, mas neste caso é necessário ter pós-graduação em na área de Tecnologia da Informação;

  • Analista Judiciário - Especialidade Assistência Social

Diploma de Serviço Social e registro profissional no Conselho Regional da Categoria;

  • Analista Judiciário – Especialidade Contabilidade

Diploma em Ciências Contábeis e registro profissional no Conselho Regional da Categoria;

  • Analista Judiciário - Especialidade Medicina

Diploma de graduação em Medicina, acrescido de título de especialista em Clínica

Médica ou Residência Médica em Clínica Médica devidamente reconhecidos; registro profissional no Conselho Regional correspondente e 1 (um) ano de experiência profissional mínima comprovada em Clínica Médica.

  • Analista Judiciário –  Especialidade Psicologia

Diploma de graduação em Psicologia e registro profissional no Conselho Regional da Categoria.

Diploma de graduação em Comunicação Social com habilitação em Relações Públicas, ou curso superior de Relações Públicas, além de registro profissional no Conselho Regional da Categoria e experiência profissional mínima de 1 (um) ano como Relações Públicas após a conclusão do curso superior. 

É claro que a remuneração varia em cada cargo e quanto maior for a formação, maior será o salário. Mas esse é o assunto do próximo tópico.

Confira: + 8 técnicas de estudo para concursos
Quem faz tecnólogo pode prestar concurso público para nível superior?

Quanto ganha um concurso do TRE?

Os salários de um concursado do TRE são atrativos e uma das vantagens de ser aprovado na seleção é a estabilidade. A remuneração varia de acordo com a região e também com o nível de escolaridade, então confira o edital para ver todas as informações detalhadas. 

Veja a remuneração dos últimos concursos em cada estado:

TRE de Alagoas

Remuneração Ensino Médio: R$ 4.052,96 

Remuneração Ensino Superior: R$ 6.611,39 

TRE do Amapá

Remuneração Ensino Médio: R$ 5.425,79

Remuneração Ensino Superior: R$ 8.863,84

TRE do Amazonas

Remuneração Ensino Médio: R$ 4.635,03 

Remuneração Ensino Superior: R$ 7.566,42 

TRE da Bahia

Remuneração Ensino Médio: R$ 6.167,99 

Remuneração Ensino Superior: R$ 10.119,93

TRE do Espírito Santo

Remuneração Ensino Médio: R$ 4.052,96 

Remuneração Ensino Superior: R$ 6.611,39

TRE de Mato Grosso

Remuneração Ensino Médio: R$ 5.365,92

Remuneração Ensino Superior: R$ 8.803,97

TRE de Minas Gerais

Remuneração Ensino Médio: R$  5.007,82

Remuneração Ensino Superior: R$ 6.611,39

TRE do Pará

Remuneração Ensino Médio: R$ 7.591,37 

Remuneração Ensino Superior: R$ 12.455,30 

TRE de Pernambuco

Remuneração Ensino Médio: R$ 6.071,97 

Remuneração Ensino Superior: R$ 9.962,39

TRE do Rio de Janeiro

Remuneração Ensino Médio: R$6.376,41

Remuneração Ensino Superior: R$10.461,90

TRE do Rio Grande do Norte

Remuneração Ensino Médio: R$ 4.052,96

Remuneração Ensino Superior: R$ 6.611,39

TRE de Rondônia

Remuneração Ensino Médio:

Remuneração Ensino Superior:

TRE de Roraima

Remuneração Ensino Médio: R$ 5.425,79

Remuneração Ensino Superior: R$ 8.863,84

TRE de Santa Catarina

Remuneração Ensino Superior: R$ 8.803,97

TRE de São Paulo

Remuneração Ensino Médio: R$ 5.934,15

Remuneração Ensino Superior: R$ 9.736,27

TRE de Sergipe

Remuneração Ensino Médio: r$ 5.425,79

Remuneração Ensino Superior: R$ 8.863,84

TRE do Tocantins

Remuneração Ensino Médio: R$ 6.376,41

Remuneração Ensino Superior: R$ 10.461,90

Onde estudar para trabalhar no TRE?

Como você viu, os cargos com salários mais altos exigem o curso superior em diversas áreas. Por isso, se o seu desejo é trabalhar na área, nada melhor do que fazer uma graduação ou pós, não é mesmo?

Na Quero Bolsa você encontra bolsas de estudo de até 80% e com formas de ingresso facilitadas. Os cursos estão disponíveis tanto na modalidade presencial quanto a distância e não é necessário comprovar renda.

Conheça algumas das universidades parceiras da plataforma e clique no botão laranja para conferir todas as ofertas.

Confira também: + Atualidades: como o tema eleições pode cair no Enem
Atualidades Enem: Direito ao voto
banner image banner image

Se por algum motivo você não utilizar a nossa bolsa de estudos, devolveremos o valor pago ao Quero Bolsa.

Você pode trocar por outro curso ou pedir reembolso em até 30 dias após pagar a pré-matrícula. Se você garantiu sua bolsa antes das matrículas começarem, o prazo é de 30 dias após o início das matrículas na faculdade.

Fique tranquilo: no Quero Bolsa, nós colocamos sua satisfação em primeiro lugar e vamos honrar nosso compromisso.

O Quero Bolsa foi eleito pela Revista Época como a melhor empresa brasileira para o consumidor na categoria Educação - Escolas e Cursos.

O reconhecimento do nosso trabalho através do prêmio Época ReclameAQUI é um reflexo do compromisso que temos em ajudar cada vez mais alunos a ingressar na faculdade.

Feito com pela Quero Educação

Quero Educação © 2011 - 2022 CNPJ: 10.542.212/0001-54