Envie mensagem ou ligue
Informações

Cardiologista

Os problemas do coração são a especialidade do médico cardiologista

O que faz um cardiologista

O cardiologista é o médico especializado no sistema circulatório humano e no coração. Ele estuda e faz o diagnóstico das doenças e anormalidades existentes no órgão responsável por bombear o sangue no corpo.

Ele atende pacientes em consultórios ou hospitais, solicita e realiza exames com o objetivo de encontrar alguma anomalia nas veias, artérias e no coração. O cardiologista interpreta exames como eletrocardiogramas, raio x de tórax, ecocardiogramas e exames de sangue com os níveis de colesterol, glicemia e outros indicadores.

Ao analisar o paciente, ele pode prescrever remédios e tratamentos. Está apto também a realizar cirurgias especializadas. As cardiopatias podem ser congênitas (desenvolvidas antes do nascimento) ou adquiridas ao longo da vida. Com um diagnóstico precoce, o cardiologista prolonga as chances de vida do paciente.

A cardiologia é uma das áreas mais estudadas da Medicina. O médico cardiologista está sempre atento a novas pesquisas, técnicas e tratamentos.

Sobre o mercado de trabalho

R$ 9587,33
estado com maior salário - Goiás
231
contratações no último ano (2018)
206
demissões no último ano
25
saldo de vagas criadas

Como se tornar um cardiologista

Para se tornar um cardiologista, é preciso ter concluído uma graduação em Medicina em uma faculdade devidamente reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). As faculdades têm, em média, seis anos de formação básica.

A partir dessa formação, o médico pode se especializar em cardiologia. São pelo menos mais dois anos de estudos intensos na área, com grande carga horária teórica e prática. É preciso também obter registro no Conselho Regional de Medicina (CRM).

Para quem deseja ser um cardiologista, é interessante observar a tradição e experiência da faculdade e institutos parceiros dela nessa área da Medicina. Programas de mestrado e doutorado na área são importantes para adquirir mais conhecimento na área e ter a oportunidade de realizar estudos científicos.

Áreas de atuação

O cardiologista está presente em hospitais, laboratórios, centros de pesquisa, postos de saúde e consultórios particulares.

O profissional de consultórios e postos de saúde é responsável por identificar precocemente nos clientes os problemas cardíacos, indicando seu tratamento. Eles realizam exames, prescrevem medicamentos e aconselham os pacientes a seguirem uma vida mais saudável. Nos hospitais e centros clínicos, o cardiologista faz operações, como angioplastia e inserção de marca-passo e pontes de safena. 

A realização de pesquisas na área cardíaca é essencial para identificar padrões de comportamento e diagnóstico na população em geral, além de encontrar novos tratamentos que facilitem a vida das pessoas.