Engenheiro clínico: tudo sobre a profissão

Profissional que faz o gerenciamento das tecnologias aplicadas na área da saúde em centros hospitalares

Além do gerenciamento e dos processos de instalação e funcionamento dos equipamentos tecnológicos, o engenheiro clínico também é responsável pelo treinamento dos técnicos e funcionários.

engenheiro clínico

Sobre a profissão

O engenheiro clínico é um profissional que possui responsabilidades de aperfeiçoamento de setores de centros clínicos e hospitalares. Este profissional possui aptidão de temas como os avanços tecnológicos aplicados na área da saúde e o cotidiano/a logística dos centros hospitalares. Portanto, o engenheiro clínico poderá atuar em situações para otimizar o fluxo assistencial, mas também poderá observar questões mais abrangentes e, consequentemente, agir em possibilidades de melhoria nas divisões ou setores de especialidades do hospital.  

Durante a sua especialização, o profissional terá conhecimento sobre instrumentos utilizados na área de biomedicina, disciplinas sobre anatomia e fisiologia, estudos sobre tecnologia aplicada na saúde e equipamentos de setores e especialidades da área médica.

O engenheiro clínico, que presta serviços exclusivamente para um hospital, observa possibilidades de melhorias para o seu local de trabalho. As melhorias podem ser o apontamento de novos materiais para alavancar o desempenho de algum setor. Por outro lado, a sugestão de modificações de equipamentos para economias e retenção de custos à instituição também é outra ação passível do engenheiro. 

Vale destacar que o engenheiro clínico também participa dos testes para efetivação dos equipamentos e posterior validação ao hospital. Além disso, o engenheiro clínico promove a exposição das possibilidades e ações dos aparelhos/equipamentos com a equipe técnica e manutenção do hospital. De acordo com o portal de recrutamento Glassdoor, o salário médio nacional de Engenheiro Clínico é de R$8.346,00 no Brasil. 

Se você quer se especializar nesta área e fazer sua faculdade com uma bolsa de estudo em Engenharia Clínica, veja as ofertas disponíveis na Quero Bolsa. Além disso, não deixe de conferir as bolsas de estudo em Engenharia Biomédica na QB.

Normalmente, o profissional desempenha funções em hospitais (públicos, privados ou instituições filantrópicas de saúde). O engenheiro clínico pode prestar consultoria aos centros médicos e atuar em apoio ao gestor hospitalar. Apesar de ser uma profissão recente e oriunda da Engenharia Biomédica, o profissional pode atuar como professor ou pesquisar em instituições de ensino. 

Por que ser um Engenheiro clínico?

Panorama em
O mercado não apresenta crescimento nos últimos anos

Não era isso que você esperava?

Mas espera...selecionamos outras profissões que apresentam crescimento.

    Engenheiro clínico

    Como se tornar um Engenheiro clínico?

    A Engenharia Clínica é uma área correlacionada com a Engenharia Biomédica. Portanto, para se tornar engenheiro clínico, uma das possibilidades é fazer uma pós-graduação em curso superior reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC). Vale destacar que há obrigatoriedade da realização do trabalho de conclusão de curso pelo estudante.

    Vale a pena estudar para ter essa profissão?

    Ser formado ou não... eis a questão? 🤔

    Qual cidade deseja trabalhar?

    Mais profissões da área de Engenharia e Produção

    Conheça mais profissões que combinam com você e compare as características dos cursos.